Arte com Papel

encadernação artesanal

Encadernação Artesanal: 12 Técnicas

Nesse artigo você vai conhecer diferentes e curiosas técnicas de encadernação artesanal desenvolvidas ao redor do mundo. Muitas dessas técnicas sobreviveram até hoje devido a dedicação de muitos estudiosos que não queriam que todo esse conhecimento vira-se cinzas. Foram passadas dos mestres para os aprendizes, que por sua vez se tornam aptos a passar esse conhecimento adiante.

Técnicas de Encadernação Artesanal

Existem dezenas de técnicas de encadernação artesanal e cada uma tem particularidades que refletem a região geográfica e o período histórico onde o estilo foi desenvolvido. Por isso, neste artigo vamos mostrar esas técnicas artesanais um por um. Então vamos em frente…

1 – Encadernação Artesanal de Livros

Neste vídeo mostramos como fazer encadernação artesanal de livros. Esse tipo de livro é perfeito para notas o um livro de receitas.

2 – Encadernação Copta

Encadernação copta

Coptic (Inglês) = Copta (Português)

Uma das características mais marcantes da Encadernação Copta é a costura trançada que fica visível na lombada. Essa é uma técnica funcional e também decorativa. Essa técnica tem algumas variações entre elas a Copta Etíope que é construída com 2 ou mais agulhas.

Copta é uma das técnica em nosso curso exclusivo de Encadernação Artesanal.

3 – Encadernação Diamante

Encadernação diamante

A característica mais marcante desse estilo é o desenho que a costura forma na lombada que lembra o simbolo diamante da carta de baralho.

4 – Encadernação Leporello ou Sanfona

Encadernação leporello, encadernação sanfona

O curioso da Encadernação Leporello é a não utilização de linha ou fios para encadernar e o que mais marca esse estilo são as uniões entre as folhas que causam a ilusão de serem formados por uma única folha muito comprida.

Nessa técnica é comum utilizar fitas para decorar e fechar o caderno.

Veja Aqui nosso artigo sobre as Materiais e ferramentas para encadernação artesanal

5 – Encadernação Artesanal – Longstitch

Encadernação longstitch

Crédito foto: http://craftyady.blogspot.com.br/

Uma das principais características da Encadernação Longstitch é a costura longitudinal que fica aparente na lombada. Existem algumas variações da Longstitich tradicional como a Buttonhole.

Nessa técnica, a costura é iniciada no miolo e fica à mostra. Essa costura vai em direção às extremidades da peça. Não possui a necessidade de uso de cola e o resultado é muito bonito.

Geralmente mais utilizada em álbuns de fotografias.

6 – Encadernação Belga ou Criss Cross

Encadernação belga

Crédito foto: http://backdoorbooks.blogspot.com.br/

Nessa costura é feita a união da capa, contracapa, lombada e miolo. É bastante elegante e um pouco diferente das que somos mais acostumados a ver.

A característica mais marcante da encadernação Belga ou Criss Cross é que a capa, contra capa e lombada podem ser feitas separadamente, mas quando unidas dão a ilusão de que foram feitas juntas. Por essa característica podem ser utilizados outros materiais na capa como madeira, acrílico etc.  

7 – Encadernação Bradel

Encadernação bradel

Crédito foto: https://www.etsy.com

Encadernação Bradel lembra o longstitch, porém nesse tipo de costura o miolo não fica aparente, só vemos o bloco de costura sobre a lombada.

A característica mais marcante desse estilo de encadernação artesenal é o desenho cruzado formado pelas linhas que fixam os conjuntos de folhas e a capa.

8 – Encadernação Artesanal –  Porta CD/DVD

Neste vídeo mostramos como fazer encadernação artesanal, criando uma linda Porta CD/DVD.

Se você gostou desse artigo e quer aprender mais sobre Encadernação Artesanal, de uma olhada em nosso curso online.

Nosso curso de Encadernação Artesanal é o único curso feito para transformar iniciantes em profissionais sem sair de casa. Clique embaixo para saber mais.

178 thoughts on “Encadernação Artesanal: 12 Técnicas”

    • Oi Therus, essa é uma pergunta dificil de responder pq o tempo vai depender da comprexidade da peça (quantidade de folhas, acabamento, tipo de capa etc). Das tecnicas citadas a diamante e em alguns estilos de japonesas, a costura costuma ser mais rapido de fazer.

      Reply
  1. tem como adquirir curso de todos e alem da encadernação a cartonagem tambem, estou querendo ter uam renda extra e costei muito dessas tecnicas, se puderem me ajudar por favor

    Reply
  2. Todos lindos. Não tem como escolher pq parecem combinar exatamente com o estilo e modelo de cada capa. Não conhecia essa arte. Achei belíssima!

    Reply
  3. Oi Lucas, obrigada por compartilhar tantos conhecimentos.. Todas chamam atenção, mas adorei as técnicas de criss-cross e romanesque..
    Abraços..

    Reply
  4. Oi Lucas! Primeiramente, parabéns pelo seu trabalho. Adorei todas as técnicas, cada uma mais interessante e bonita que a outra. Mas, a técnica Skewer chamou muito a minha atenção pelo colorido e pelas possibilidades criativas desta técnica.

    Reply
  5. Muito dificil escolher entre uma delas, todas são realmente lindas, mas minha preferencia é pela Longstitch…Obrigada Lucas por suas dicas e esclarecimentos…
    Abraços…

    Reply
  6. Gostei mais da de número 11 – Springback. Estou preparando o aniversário de 1 aninho do meu filho mais novo e gostaria de fazer um caderno onde os convidados deixarão um recadinho para ele. O fato de, com essa técnica, o caderno poder ficar totalmente aberto sobre a mesa me interessou… Acho que esse tipo de costura facilitará bastante o processo de escrita no caderno…

    Reply
    • Oi Cássia,

      Obrigado por compartilhar a sua opinião. Realmente as encadernações japonesas tem todo um charme especial.

      Abraços!

      Reply
  7. Mais um comentário meu… Achei super interessante o link que vc colocou sobre o livro Girdle, muito legal, adorei, saber mais sobre a história do livro. Obrigada.

    Reply
    • Oi Angela,

      Pode escrever quantos comentários quiser 😀
      Fico feliz em saber que você gostou do artigo e do material complementar.

      Obrigado pelo(s) comentário(s)

      Abraços!

      Reply
  8. Gosto muito da costura belga secreta… esta eu uso muito em dos-à-dos. A japonesa tem umas 2 ou 3 que não sei fazer, e tb gosto muito.

    Reply
  9. Eu gosto muito da Romanesque, mas não sei fazer muito bem, a que eu faço e gosto é da Japonesa.
    Mas se Deus quiser vou aprender a fazer todas pois amo encadernação.

    Reply
  10. Olá! Gostei da forma que a “Springback” deixa o livro ou caderno: aberto sem fechar!Muito interessante, parabéns pelas informações!

    Reply
  11. Adorei todos Lucas, como não poderia deixar de ser! Achei as fotos e informações muito bem apresentados, claros e objetivos. Obrigada e um abraço!

    Reply
    • Obrigado Elvidia! Fico feliz que tenha gostado.
      Meu objetivo é publicar conteúdo de qualidade.
      Obrigado também pelo comentário!

      Abraços!

      Reply
  12. Olá Lucas, todas são lindas mas as que mais gostei foram as:
    04 Longstitch
    05 Japonesa
    09 Romanesque….
    parabéns pelo lindo trabalho…

    Reply
  13. Boa noite Lucas, obrigada por enviar-me este artigo. Tive um interesse maior pela japonesa (5), Leporello (8), Springback (11) e Limp (12)

    Reply
  14. OI sou Elaine gostei muito de todas as tecnicas mas as minhas preferidas foram as de numero 12 e numero 02 porque usou o couro , o tecido e o metal quederam uma suavidade nos livros e praticidade ao manuseio!!! muita criatividade , parabéns !!!!

    Reply
  15. Boa Tarde Lucas, amei todas as técnicas e principalmente as mini aulas que voce deu, muito obrigado… mas dentre as 12 eu gostei da de nº 11 gostaria de aprender essa. bjs.

    Reply
  16. Oi Lucas, Adorei a Costura Japonesa, leve, colorida… lindaa!!
    A Belga é bem diferente, clean e esta última, a Limp, tem uma apresentação belissima!!

    Reply
  17. Achei todas lindas, especialmente as técnicas 03(copta), 04(Longstitch), 05(japonesa), 07 (diamante) e 09 (romanesca). Adorei a variação da japonesa. Para mim que sou iniciante qual técnica você indicaria? Quero muito mergulhar no mundo da encadernação artesanal.

    Reply
    • Oi Lílian,

      Essa é uma pergunta difícil de responder porque cada uma tem variações que podem fazer com que
      elas se tornem mais difíceis ou fáceis de fazer, mas entre
      essas que você comentou eu indico a Longstitch ou Japonesa para começar. Depois você
      pode passar pra Diamante, Romanesca e Copta

      Abraços e sucesso!

      Reply
  18. Eu gosto da costura Japonesa, acho que ela deixa a encadernação firme, pois costura tudo com uma única lombar.

    As outras são lindas, mas não acho práticas, elas ficam soltas.

    Reply
    • Oi Alana,

      Fico feliz em saber que você gostou e que vai experimentar.
      Sempre que desejar pode me escrever suas dúvidas, ok?

      Abraços!

      Reply
    • A escolha é difícil. Eu fico na sequencia: Triple Chain, Belga Secreta, Japonesa. Limp, 7, 6, 4, 3 e o resto.
      Muito obrigada, Vou barbarizar. Já tenho um monte de material para a confecção dos cadernos.
      Paz e luz. Abraços carinhosos.

      Reply
  19. Sou grata pelo compartilhar de informações sobre a belíssima arte da encadernação artesanal. Gostei de todas, especialmente da última n. 12 Limp.

    Reply
  20. Se eu tivesse que escolher técnicas para aprender, eu escolheria com certeza a 11 e a 12. Já andei lendo sobre a última e me questiono se realmente é necessária aquela estrutura de madeira (onde a corda fica suspensa enquanto a costura é feita) – adoraria ver um tutorial que apresentasse uma alternativa para sua confecção.

    Reply
    • Oi Sarah,

      O nome da estrutura de madeira é “sewing frame” aqui é conhecida como “tear de encadernação” ou “costurador de fólios”. O que a maioria das pessoas fazem é improvisar porque ela é realmente difícil de encontra por aqui. Dá pra encadernar sem ela, mas é bem mais trabalhoso pra deixar com o mesmo nível de qualidade.

      Forte Abraço!

      Reply
      • Bom saber! Você saberia indicar alguém que faça esse tear e outras ferramentas aqui no Brasil? Eu vi um americano que vende, porém não gostaria de ter que importar (ainda mais pelo valor que está o dólar) …
        Um abraço!

      • uhmm. Conhecer eu conheço, mas ultimamente ele anda tanto na correria que dificilmente teria tempo.
        Mas você pode fazer o seguinte, pesquisa 3 imagens de tear de encadernação na internet, depois imprime
        e conversa com um marceneiro, assim ele te diz qual deles ele consegue fazer rápido e a um preço acessível.

        Em relação as ferramentas tem algumas que mesmo em Dólar compensa comprar porque por aqui são muito mais caras, mas
        grande parte delas você consegue fazer.

        Fico feliz em poder ajudar. =)

        Abraços!

  21. Todas são lindas… mas adorei a 4 tem beleza e charme minha preferida…. gostei também da 5 com desenhos diferenciados….gostei da 7 tem beleza a praticidade…Parabéns pelo lindo trabaho… Um abraço.

    Reply

Leave a Comment