Arte com Papel

garrafas de vidro pintada artesanalmente

Tudo Sobre Como Pintar Vidro

Tudo Sobre Como Pintar Vidro
5 (100%) 1 vote

 

Existem alguns materiais que tornam-se bons amigos de todo mundo que faz artesanato, não é mesmo? Eles são opções que possibilitam criações diversificadas, resistentes e bonitas! 

Alguns destes materiais são frutos do reaproveitamento de embalagens dos produtos que compramos no supermercado e utilizamos cotidianamente. Ótimos exemplos destes materiais são os potes de vidro, caixas de papelão e garrafas PET.

No caso dos potes de vidro, eles podem ser reciclados e transformados nos objetos decorativos mais diversos possíveis! Mas, para reciclá-los, geralmente é preciso pintá-los!

tacas pintadas

E não são só os vidros recicláveis que são perfeitos para fazer seus artesanatos. Existem vários outros tipos de vidros que podem ser transformados em elementos decorativos através da pintura (artigo sobre fabricação de vidro). 

Sendo assim, pode surgir a dúvida de qual a melhor forma de pintar garrafas e potes de vidro? Existem tintas que são mais apropriadas? Quais são os processos necessários? E as respostas de todas estas perguntas daremos neste post! 

Então, não deixe de ler as informações que trouxemos para você aqui! Hoje você vai aprender tudo sobre como pintar vidro! Acompanhe!

Como Preparar o Vidro Para a Pintura?

O primeiro passo para fazer a pintura no vidro é prepará-lo para a pintura. Este processo envolve algumas etapas que são fundamentais para que a pintura fique impecável! 

Se você estiver reaproveitando alguma embalagem de produto como garrafas ou potes de vidro, para começar é necessário retirar os rótulos do vidro. Na sequência, lave bem o pote ou garrafa utilizando água e detergente. Se você quiser um resultado mais eficiente, conte também com a ajuda de uma esponja.

Após lavar bem o vidro, você já pode partir para a próxima etapa que consiste em passar um paninho com álcool. Este processo serve para retirar qualquer resíduo que ainda possa estar na superfície do pote ou garrafa. Depois de passar o pano com álcool, aguarde o vidro secar.

Preparando o Local Para Fazer a Pintura

Enquanto o vidro seca, você pode partir para a preparação do local em que a pintura será feita. Dessa forma, evitará que a tinta respingue e manche seu piso, móveis ou objetos! 

mesa revestida com jornal para evitar melar ao pintar a peça de vidro

Para proteger o piso e tudo que houver dentro do local em que você realizará a pintura, você pode utilizar plásticos, jornais, papéis kraft e até mesmo pedaços de papelão.

O importante é cobrir tudo que você não quer que fique com respingos de tinta! Assim, com o local preparado para a pintura começar, você já pode separar os materiais e partir para a parte prática! 

Aplicando o Primer

Agora vamos aprender como pintar o vidro e quais materiais utilizar para fazer a pintura. Para começar será necessário aplicar uma camada de primer. Ele é uma base acrílica que serve para aumentar a durabilidade da pintura. 

O primer pode ser a base de óleo, látex ou água e deve ser aplicado com um pincel sempre no mesmo sentido, podendo ser na horizontal ou na vertical. Aplique-o sobre a superfície de forma uniforme, depois, aguarde a secagem completa para passar a tinta. A secagem pode durar cerca de 4 horas. 

Depois da secagem completa você já pode partir para a pintura do vidro com tinta. A escolha da tinta depende de sua preferência, pois, existem muitas opções disponíveis que funcionam bem para este tipo de material. Saiba mais a seguir!

Opções de Materiais Para a Pintura

As opções de tintas que você pode escolher são a tinta PVA, a tinta spray, a tinta vitral, a tinta acrílica esmaltada, a tinta lousa, a tinta acrílica comum, entre outras. Você encontrará no mercado alguns tipos de tintas especiais para a pintura em vidro como a tinta à base de solventes especiais para vidro. 

tinta verde, laranja e azul para pintar vidros

Então, primeiro defina qual o resultado desejado antes de escolher sua tinta. Você quer uma pintura brilhante ou fosca? Deseja que ela seja translúcida? Quer uma superfície de lousa? As respostas para estas perguntas podem ajudar bastante no processo de decisão! 

Em relação aos pincéis, também existe uma ampla gama de alternativas! Se você quiser um resultado sem marcas de pincelada tão aparentes, a opção ideal é o pincel feito com pelos naturais. Caso esta não seja uma de suas preocupações, pode utilizar o pincel com pelos sintéticos, sem medo.

diferentes tipos de pinceis

Eles também são bastante diversificados em relação ao tamanho e formato. Você pode optar entre os pincéis redondos, achatados ou lisos. Já a escolha do tamanho precisa estar adequada com o que você deseja. 

Por exemplo, se sua vontade for criar detalhes, utilize pincéis finos e pequenos. Já para a pintura da superfície escolha pincéis maiores, pois eles facilitam bastante! 

Você também tem a opção de usar rolos de esponja para a pintura. Eles são boas alternativas para quem não deseja marcas de pincéis nas superfícies! 

Outra dica maravilhosa de material para utilizar é o verniz em spray! Ele é ótimo para fazer um lindo acabamento e, ainda, ajuda na preservação e conservação da pintura!

 

Fonte imagens:

  1. coursehorse.com/nyc/classes/art/painting/byob-painting/wine-glass-painting
  2. br.pinterest.com/pin/138626494760279320/?lp=true
  3. http://aplaydatetoremember.blogspot.com/2014/01/frozen-ice-castle.html
  4. https://pixabay.com/pt/photos/pincel-pinc%C3%A9is-arte-pintura-464206/

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

Deixe Um Comentario