Arte com Papel

Como evitar lesões ao fazer artesanato

 

 

Você já sentiu aquela dorzinha no ombro ou aquele incômodo na mão? Pode até não parecer, mas para fazer artesanato é necessário emprego de esforço físico repetitivo nas mãos, pescoço, ombros, olhos etc…

É dai que nasce a LER (lesão por esforço repetitivo). A LER é uma síndrome resultante do uso exagerado do nosso corpo para fazer atividades repetitivas. Esses movimentos forçados e repetitivos causam micro traumas que podem ferir músculos, tendões, ligamentos, nervos e outras estruturas, o que resulta em inchaço e muita DOR! Acredita-se que esse inchaço atrapalhe o fluxo de sangue, na área afetada e nas áreas vizinhas, o que acaba dificultando a cura.

…Mas e se eu já tiver feito isso por muitos anos e já estiver acostumado?

A LER passa mutias vezes despercebida porque ela vai evoluindo de forma lenta e gradativa ao longo de toda a vida e quando é percebida já existe um comprometimento muito sério na área. Fique de olho!

Você sabe quais são os sintomas da LER ? Alguns deles são:

             ►Dor

             ►Rigidez;

             ►Dormência;

             ►Perda de sensibilidade;

             ►Limitação dos movimentos;

             ►Fadiga;

             ►Tensão no pescoço, ombro, mão, punho, cotovelo, costas etc.

Infelizmente, a maioria das pessoas não entendem o que é LER e o quão preocupante ela pode ser.

Por mais simples e inofensivo que pareça, todo trabalho de artesanato exige repetição de movimento. Imagine quantas vezes você repete o mesmo movimento ao costurar um boneco de pano ou ao fazer uma peça de crochet? Muitas vezes!

…E quando vamos fazer pequenas ou grandes encomendas a coisa piora! Já imaginou passar horas fazendo mais de 100 peças iguais?

É nessas horas que é importante saber trabalhar com a tecnologia, com a organização e com algumas outras estratégias que ajudem a reduzir o impacto desse trabalho na sua saúde.

…Mas a melhor arma contra a LER é a prevenção! Nesse artigo você vai encontrar 6 dicas, que você pode aplicar hoje mesmo, para evitar dores pro resto de sua vida.

 

#1 Faça pausas regulares

lesao-artesanato-pausas

Crédito foto: Martin Lopatka 

Quando eu faço um novo artesanato sempre fico ansioso para terminar uma peça, e muitas vezes fico várias horas me concentrando e esforçando para ver o resultado final. Provavelmente você faz isso também, mas é importante fazer pausas durante todo o processo.

Por que é importante? Eu quero terminar logo!

Essas paradinhas permitem que o seu corpo se recupere de todo esforço e movimento aplicado. Uma opção interessante é alternar entre trabalhar sentado e em pé ( para isso é bom ter uma mesa ajustável), mas o recomendado é que a cada hora você pare alguns minutos para descansar, andar, beber água etc.

 

#2 Mantenha sua postura

artesanato-postura

Crédito foto: Nathan O’Nions

Você já sentiu o braço cansado, o pescoço dolorido ou as mão formigando? Isso acontece devido a má postura e aos movimentos inadequados. Eles são muito comuns quando fazemos artesanato, principalmente porque estamos tão engajados e concentrados na nossa tarefa que esquecemos de prestar atenção na nossa postura.

Para evitar esse tipo de incômodo, que no futuro pode virar uma lesão, preste atenção na sua postura enquanto você faz  o seu artesanato e observe sempre  a posição do seu pulso, ele não deve estar dobrado. Na maioria dos movimentos o seu pulso deve estar reto e fazendo movimentos naturais.

Se depois de alguns minutos trabalhando, você não consegue mais  manter a postura, provavelmente você está precisando parar um pouco para relaxar e alongar.

 

#3 Faça alongamento

lesao-artesanato-alongamento

Crédito foto: Benjamin J. DeLong

Depois ou mesmo antes de várias horas de trabalho solte suas ferramentas, pare um pouco o seu trabalho e reserve alguns minutos para relaxar e alongar seus ombros, pescoço, braços, pernas e mãos. É importante também relaxar os olhos focando em um objeto distante (uma árvore, prédio, pássaro etc). Depois disso você pode voltar e continuar o seu artesanato muito mais relaxado.

Se você não conhece técnicas de alongamento aqui embaixo tem um video com algumas opções:

Para aqueles, como eu, que tem dificuldade em lembrar quando parar, você pode programar o alarme do seu celular para tocar ou usar um temporizador de cozinha.

 

timer-artesanato

 

#4 Não force demais

lesao-artesanato-força

Crédito foto: Toffehoff

Muitas vezes para agilizar o trabalho, cortamos manualmente várias folha, vários tecidos e vários papelões de uma vez só, mas essa força adicional que você aplica, para cortar tudo de uma única vez, acaba prejudicando você. Sempre coloque a sua saúde em primeiro lugar.

Outro hábito muito comum é ficar segurando uma ferramenta com muita força. Sempre segure com força o suficiente nem demais, nem de menos e lembre-se, depois de usar, relaxe as mãos. Por exemplo, se você estiver costurando um material resistente como o couro, relaxe a mão depois que a agulha passar por ele.

 

#5 Organize sua área de trabalho

lesao-artesanato-organizacao

Crédito foto: MadLab Manchester Digital Laboratory

A sua mesa de trabalho deve acomodar todas as ferramentas e matérias, que você precisa utilizar, a uma distância que você consiga alcançar facilmente ao esticar o seu braço.

area-trabalho-artesanato

Deixe as ferramentas que você usa, com mais frequência, próximos a sua mão, assim você evitar futuras lesões por não ter que se contorcer para pegar algo em uma prateleira alta ou se curvar para pegar algo dentro de uma gaveta.

Outro ponto a observar é se a sua mesa e o sua cadeira estão na altura correta. A altura da mesa deve ser de aproximadamente a altura do seu cotovelo quando você estiver sentado.

 

#6 Ajuste a iluminação

lesao-artesanato-iluminacaoCrédito foto: Dennis Jarvis

Mesmo que uma iluminação fraca possa estimular a criatividade a iluminação da sua área de trabalho deve ser clara o suficiente para você fazer o seu artesanato confortavelmente. No artesanato é comum forçar os olhos para ver pequenas peças e para fazer detalhes minuciosos, por causa disso certifique-se de que você tem iluminação clara o suficiente para fazer esse tipo de trabalho, mas não exagere porque uma luz muito forte pode acabar prejudicando. 

 Você já sentiu alguma dor ao fazer artesanato? Compartilhe a sua experiência aqui embaixo:

Conclusão

O trabalho repetitivo em si não causa doença o problema é quando ele está associado a uma má postura, aplicação de muita força e a um ambiente inadequado. Quando respeitamos o limite do nosso corpo, trabalhando da forma correta, dificilmente causaremos danos a nós mesmo.

 

CTA_comentario_artigo (2)

 

Dicas para estimular a criatividade

 

 

Você já teve dias que se sentiu totalmente travado, sem inspiração ou sem ter ideia de como terminar algo que você já começou? Se a sua resposta for sim, o seu diagnóstico é simples, você sofre de bloqueio criativo.

Mas Calma! Isso tem cura!

 O bloquei criativo é comum e pode ser causado por diversos fatores entre eles estresse, ansiedade e baixa auto estima, mas poucas pessoas  sabem o que fazer para que a criatividade volte a fluir livremente. Nesse artigo você irá aprender  7 métodos, muitos deles cientificamente comprovados, que  irá fazer com que você alcance um estado mental criativo receptivo a novas ideias.

A criatividade não é um dom que algumas poucas pessoas recebem, a criatividade é uma forma de enxergar o mundo de um ângulo diferente e isso precisa ser estimulado. Um cérebro criativo trabalha fazendo conexões entre coisas normalmente desconectadas. As técnicas descritas abaixo funcionam exatamente  para facilitar esse fluxo constante de novas conexões e com isso expandir o seu potencial criativo e eliminar os momentos frustantes de bloqueio.

Veja esse trabalho de Jennifer Maestre

criatividade_arte_lapis

Qual ser humano seria capaz de olhar para restos de lápis e  imaginar esculturas? Jennifer  enxergou além do óbvio. Isso só acontece quando a pessoa está em um estado mental receptivo ao pensamento criativo.

Veremos as técnicas abaixo:

 

# 1 O PODER DA COR VERDE

criatividade-verde

Pesquisadores da Universidade de Munich fizeram vários testes expondo várias pessoas as cores verde, vermelho, cinza e azul para descobrir a influencia dessas cores na capacidade de gerar ideias criativas. Em todos os testes as pessoas que foram expostas a cor verde apresentaram ideias mais criativas do que os demais. Segundo os pesquisadores isso acontece porque a cor verde  é uma das mais presentes na natureza com isso nosso cérebro acaba associando ela com crescimento e desenvolvimento.

Segundo o pesquisador, para ganhar o beneficio criativo, basta se expor a cor verde, por exemplo olhar para uma planta, visitar um jardim, pintar a parede na cor verde etc. 

 

# 2 O PODER DA ESCURIDÃO

criatividade_iluminacao

Foto via Photopin

Pesquisas mostram que reduzir a intensidade luminosa aumenta o fluxo criativo. Segundo  Anna Steidle da Universidade de Stuttgart (Alemanha) isso acontece porque o ambiente escurecido provoca a sensação de liberdade, determinação e reduz a inibição.

Quando você tiver um bloqueio criativo, apague algumas luzes, relaxe e deixe seus pensamentos fluírem livremente em busca de uma solução, mas assim que a GRANDE IDEIA chegar anote em um papel.

 

# 3 O PODER DA CAMINHADA

criatividade_caminhada

Pesquisas realizadas pela Universidade de Stanford mostraram que caminhar dentro ou fora de casa aumente a criatividade, o aumento pode chegar a 60% comparado com os que ficam sentado.

Uma das possíveis explicações é que a caminhada faz com que o coração bombei mais rápido levando assim mais sangue para o cérebro. Esse sangue rico em oxigênio faz com que o cérebro tenha melhor desempenho.

Curiosidade:

O compositor Ludwig van Beethoven saía para passear com lápis e papel, para anotar ideias.

Albert Einstein dizia: “Apesar de eu ter um horário de trabalho regular, eu tenho tempo para fazer longas caminhadas na praia para que eu possa ouvir o que está acontecendo dentro da minha cabeça. Se o meu trabalho não está indo bem, eu me deito no meio de um dia de trabalho e olho para o teto enquanto eu ouço e visualizo o que se passa na minha imaginação”.

 

#  4 O PODER DAS NOVAS EXPERIÊNCIAS

criatividade-novas-experiencias

Se você vê a mesma coisa, usa a mesma coisa, ouve a mesma coisa e faz a mesma coisa todos e todos os dias você acaba preso em uma rotina que afeta negativamente o seu fluxo criativo. O segredo é sair da sua zona de conforto e entrar em contato com pequenas novas experiencias diariamente.

Essa técnica provavelmente você já conhece ou ouviu falar, mas será que você aplica?

Algumas sugestões:

►Ao viajar se envolva em novas culturas, experimente  comidas diferentes, veja paisagens novas e observe  como as pessoas falam;

►Aprenda  algo novo;

►Leia um livro diferente do que você costuma ler;

►Faça coisas rotineiras de uma forma diferente, como por exemplo usando a mão esquerda  (se você for destro); 

►Assista um canal de TV diferente;

►Escute outros estilos musicais;

►Mude os moveis de lugar;

►Ande por uma rua diferente etc.

 

# 5 O PODER DAS RESTRIÇÕES

criatividade-limites

Quem nunca passou por uma momento onde tinha tantas opções que não sabia qual escolher?  Esse excesso de opções muitas vezes paralisa e bloqueia a nossa criatividade.

É aqui que entra o poder da restrição limitando as possibilidades e com isso acionando e forçando o nosso cérebro  a buscar ideias criativas.

Uma das maneiras de acionar o poder da restrição é fazendo perguntas e criando desafios, como,  por exemplo:

►E se eu tivesse apenas tampas de garrafa ?

►Que arte eu poderia fazer hoje se eu tivesse apenas 30 minutos ?

►E se eu tivesse apenas couro sintético?

O único limite no mundo é aquele que nos próprios criamos. Não precisamos ter os melhores materiais, as melhores ferramentas ou a melhor coordenação motora do mundo para criar, podemos usar o que já temos e deixar o fluxo criativo fazer o restante.

 

# 6 O PODER DO COCHILO

criatividade-cansado

Quando estamos sonolento reduzimos nossa capacidade de se concentrar e reduzimos o estado de consciência. Ao reduzir a capacidade de se concentrar  a mente fica sonolenta e desorganizada entrando assim num intenso estado de fluxo criativo é nesse momento que várias associações inesperadas, que normalmente ignoramos, começam a aparecer.

Curiosidade:

O famoso pintor Salvador Dalí  frequentemente cochilava na cadeira segurando uma chave. Debaixo da chave, no chão, ele colocava um prato de metal. Assim toda vez que ele cochilava acabava soltando a colher e o barulho dela, no prato de metal, acordava ele sonolento e tendo imagens vividas e criativas em sua mente.

 

# 7 O PODER DA BAGUNÇA

criatividade-bagunça

Pesquisas publicadas na revista Americana de psicologia “Psychological Science” revelaram que trabalhar em uma mesa bagunçada estimula  o fluxo criativo. Segundo essa pesquisa, um ambiente organizado estimula pensamentos convencionais, enquanto que um ambiente bagunçado estimula a mente a quebrar a barreira do convencional e do tradicional fazendo  com que você enxergue as coisas de forma diferente.

 

O que você faz pra manter a sua mente criativa? Deixa um comentário abaixo:

Referências:

http://www.psych.rochester.edu/people/elliot_andrew/assets/pdf/2012_Lichtenfeldetal_PSPB.pdf

http://www.forbes.com/sites/groupthink/2013/07/12/creativity-how-constraints-drive-genius/

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0272494413000261

http://news.stanford.edu/news/2014/april/walking-vs-sitting-042414.html

Can limitations make you more creative? A Q&A with artist Phil Hansen

https://www.psychologytoday.com/blog/beautiful-minds/201206/why-weird-experiences-boost-creativity

Tidy Desk or Messy Desk? Each Has Its Benefits

http://www.forbes.com/sites/davidburkus/2014/05/23/when-to-say-yes-to-the-messy-desk/

http://news.stanford.edu/news/2014/april/walking-vs-sitting-042414.html

https://www.americanexpress.com/us/small-business/openforum/articles/how-being-bored-and-tired-can-improve-your-creativity/

CTA_comentario_artigo (2)

 

Como economizar na compra de materiais

 

como econimizar materiais

 

Você paga caro pelos materiais e ferramentas do seu artesanato? Gostaria de saber como economizar até metade do preço?  Então nesse artigo eu vou te dar várias dicas que irão te ajudar a comprar materiais por um preço muito inferior ao que você costuma encontrar no mercado.  Eu vou compartilhar quais são as minhas táticas, minhas estratégias  e meus locais preferidos para conseguir, muitas vezes, verdadeiras pechinchas.

Isso que eu vou te dizer me deixa triste, mas  muitas pessoas deixam de fazer artesanato por não conseguirem adquirir os materiais e ferramentas necessários para a realização da sua arte. Algumas vezes esses materiais são muito difíceis de serem encontrados e outras vezes tem um preço fora do esperado, tornando a compra inviável.

Mas existem meios  e alternativas para viabilizar a aquisição desses materiais sem comprometer a sua renda e principalmente sem prejudicar a qualidade e a beleza do seu artesanato.

Nesse artigo irei abordar 2 técnicas simples porém poderosas e rápidas de aplicar para que você possa aprender como economizar até 50% ou mais na hora de adquirir o seus materiais e ferramentas de artesanato.

# Como Adquirir Materiais a Custo Zero

Muitas pessoas esquecem que a grande habilidade dos artesãos e a essência do artesanato  reside na capacidade de criar, de traduzir o seu pensamento criativo em objetos reais.

Por que eu estou falando sobre isso?

Porque muitas das ferramentas e materiais podem ser adquiridos a custo zero quando você consegue enxergar além da realidade e de suas limitações sejam elas econômicas, geográficas, físicas etc.

Muitas ferramentas podem ser substituídas por outros elementos que já tem em sua casa e muitos materiais podem ser substituídos por outros materiais que existem próximo a você, e isso inclui materiais reciclados e naturais.

Para dar um exemplo, na encadernação artesanal eu posso utilizar materiais naturais como: Pedaços de galho, conchas do mar, casca de coco,  fibra de bananeira,  grão de feijão etc…

E os materiais reciclados eu posso usar:  Filtro de café, bambu, resto de linha colorida, rolha, botão etc.

Quais materiais naturais ou reciclados você poderia utilizar na sua arte? 

Aqui embaixo tem algumas fotos que podem te ajudar, mas logo a seguir eu vou te ensinar como você pode conseguir comprar materiais e ferramentas de artesanato economizando até 50% do valor:

 

►Materiais naturais:

como economizar artesanato materiais naturais

Fonte imagem: http://www.kidspot.com.au/play-doh-and-natural-materials/

►Materiais reciclados:

 

recycling

# Como Economizar até 50% na Compra de Materiais e Ferramentas para Artesanato

O melhor local para encontrar e economizar na compra de materiais e ferramentas pra artesanato são em lojas virtuais, mas não adianta sair procurando por ai, você tem que procurar no locais corretos. Aqui eu vou te dizer quais são os meus locais preferidos para conseguir, muitas vezes, verdadeiras pechinchas na internet.

A diferença de preço é enorme e você vai perceber que o preço que você vai encontrar vai depender do material que você quer comprar. Alguns materiais serão muito mais baratos enquanto outros terão um preço similar ao  encontrado nas lojas. Ao comprar em lojas virtuais você terá  a conveniência de  não ter que se deslocar até o centro da cidade, não ter que gastar tempo e não ter que  enfrentar o trânsito caótico das maiorias das cidades do Brasil.

Um dos primeiros sites que eu procuro, quando eu vou comprar um material ou ferramente, é o Mercado Livre. Deixa eu te explicar como ele funciona, nele você vai encontrar diversos fornecedores vendendo ferramentas e materiais de diversos modelos, marcas e cores.  Você fica completamente livre para comparar o preço de cada um.

Deixa eu te dar um exemplo prático, na imagem abaixo você pode ver o resultado de uma pesquisa que eu fiz, no site Mercado Livre, para bisturi, que é uma boa ferramenta para utilizar na encadernação artesanal:

como-economizar-mercado-livre

 

Você pode notar que o preço varia muito (um é R$24 e o outro R$73) mesmo o produto sendo do mesmo modelo e marca. Muitas vezes o vendedor oferece o frete 100% grátis.

Antes de comprar no Mercado Livre é importante que você verifique se o vendedor possui reputação positiva. Você pode ver a reputação do vendedor ao clicar no produto que deseja comprar.

O meu segundo local preferido é o EBAY. O sistema do Ebay é parecido com o do Mercado livre a diferença é que os vendedores estão espalhados ao redor do planeta como na Austrália, China, EUA, Inglaterra, Itália, Alemanha etc.

Outra diferença é na  variedade de marcas e modelos disponíveis no Ebay, ela é infinitamente maior do que as encontradas no Mercado Livre, por isso o preço pode variar muito mais. Você vai encontrar materiais e ferramentas de diversos preços e de diversas qualidade. 

Veja na imagem abaixo que o mesmo bisturi pesquisado  no Mercado Livre pode ser comprado a aproximadamente 6 reais incluindo o frete !!!

► São 18 Reais de diferença !!! Uma economia enorme.

 

como-economizar-ebay

 

Você só tem que ficar atento ao prazo de entrega porque como o vendedor está em outro país o prazo será maior. Geralmente o prazo fica entorno de 30 dias, mas pode ficar pra 60, ou 90 dias dependendo da localidade.

Quando você for comprar no Ebay o valor total (mercadoria + frete) da sua compra deve ser de até $50 (cinquenta Dólares)  para evitar ser taxado pela alfândega. Caso você seja taxado pela alfândega por ter realizado uma compra acima de $50 você receberá uma carta em sua casa e terá de pagar cerca de 60% do valor do produto para a alfândega, mas mesmo assim em vários casos você ainda sai no lucro mesmo pagando essa taxa extra.

►Você tem medo de comprar na Internet ?

Não se preocupe, sites sérios como o Mercado Livre ou Ebay tem sistema de pagamento seguro como o Pagseguro ou Paypal e caso o seu produto não chegue você pode cancelar a sua compra e ter o seu dinheiro devolvido.

De todas as compras que eu já fiz, nesses e em outros sites, eu nunca tive que cancelar nenhuma.

# Resumo

Nesse artigos você aprendeu 2 maneiras de como economizar na compra dos materiais e ferramentas do seu artesanato. Uma delas inclui a substituição desses materiais e ferramentas por materiais naturais ou reciclados. A outra maneira é através de compras em lojas online nacionais ou internacionais que podem fazer com que você economize mais de 50% quando comparados com os preços, desses produtos, encontrados nas lojas dos mercados locais.

 banner_blog_artigos

Gostou do Artigo? Quer Mais Dicas Como Essa? Então Deixa um Comentário Abaixo:

CTA_comentario_artigo (2)

07 Ideias de como vender Artesanato

como vender artesanato

Se você faz peças lindas de artesanato, mas não sabe como vende-las, esse artigo é para você. E se você já vende e quer expandir seus negócios, você também está na página certa.

Veja abaixo algumas ideias de como vender seus produtos.

1 – De boca em boca:
Você é a melhor propaganda para o seu negócio, portanto, não tenha vergonha. Mostre suas peças, ofereça às pessoas, mesmo que elas não comprem de primeira. Dessa forma, essas ficam conhecendo seu trabalho.

Ande sempre com um catálogo, pode ser no seu smartphone, ou algumas fotos do que você produz. Venda na empresa em que trabalha, ofereça perto de datas comemorativas, como Dia das Mães, dos Pais, das Crianças, Natal. Nessas épocas sempre há alguém precisando comprar algum presente.

2 – Lojas físicas:
Expor o produto em lojas é uma saída muito inteligente. Claro que manter uma loja própria é bem caro, ainda mais para quem está começando. Mas você pode procurar na sua cidade, e/ou em cidades vizinhas, parcerias.

Procure lojas que tenham afinidade com o que você produz para expor seus produtos e com isso ganhar até uma porcentagem do lucro. Não desista com possíveis NÃOS. Se em uma loja não der certo, tente em outra. A melhor maneira de conquistar fregueses é através da propaganda.

3 – Lojas virtuais:
A venda pela internet é a que cresce mais hoje em nosso país. Com a internet mais pessoas podem conhecer o seu trabalho e, com isso, comprar seus produtos. Veja algumas formas se se inserir nesse meio.

Vamos começar pelos Marketplaces, sites de vendas que reúnem vários vendedores em um só lugar. Os mais conhecidos no Brasil e especializados em artesanato são Elo7, Airu e Solidarium.
Os três são semelhantes, apresentando diferenças de tarifas para venda e também de foco nos produtos vendidos. Procure o mais vantajoso para você.
Além dos marketplaces, há também sites de anúncios, como o Mercado Livre – um site de leilão, no qual as pessoas entram para comprar e vender produtos em geral –, e o Que Barato – um site de classificados no qual você pode cadastrar seus produtos.

 Atualização 23-07-2016: O Site Airu não existe mais. A Solidarium não existe mais, agora eles são o Olist.com

4 – Redes Sociais:
Sites de relacionamento, como Facebook e Instagram, são um terreno fértil para divulgação de produtos. Você pode procurar grupos relacionados aos seus produtos e fazer amizade com os membros. Pode criar uma página para expor os produtos, com álbuns de fotos e colocar o preço nos produtos. Estas são maneiras de as pessoas interessadas entrarem em contado com você a partir da sua página ou do seu perfil.

5 – Blog/Site:
Crie um blog e escreva sobre o produto que você faz. Coloque detalhes de como é fabricado, como é enviado ao cliente. As pessoas gostam de saber coisas desse tipo, curiosidades, informações adicionais. Você pode criar blogs através do blogger e wordpress.

Além disso, uma ótima estratégia é entrar em blogs de pessoas que escrevem coisas do mesmo gênero que você e fazer amizade, deixe comentários que acrescentem algo e aproveite para deixar o link do seu blog. Talvez você até consiga que a pessoa divulgue seus produtos no blog dela.

6 – Amigos/parente vendendo:

Amigos e parentes podem ser uma boa divulgação para o seu trabalho. Veja se eles querem levar seus produtos para o local em que trabalham. Diga para oferecerem a amigos, colegas. Distribua cartões de visita. Use essa ferramenta para aumentar o seu círculo de relacionamento.

7 – Feiras/exposições/ Festas:
Participe de feiras, exposições, festas típicas. Esteja atento ao calendário de festas da sua região, valem festa do padroeiro, festa de aniversário da cidade, festas de peão, entre outros. Feiras e exposições de artesanato também são uma excelente forma de divulgar o seu trabalho, nessas ocasiões reúnem-se profissionais de várias partes do país e vocês podem trocar experiências, contatos e produtos.

Leitura recomendada:

Como fazer logotipo de artesanato

banner_blog_artigos

 Assinado por Beatriz Spinelli

CTA_comentario_artigo (2)


7 simples ideias para manter sua mesa organizada

7 artesanato sobre organizacao

 

Você sabe onde está o seu lápis azul? a sua borracha? e o seu pincel número 16? Você já desistiu de fazer alguma coisa porque não conseguiu achar o material que você sabia que tinha mas não sabia onde estava? Existe técnicas de artesanato que são práticas de fazer que dão o fim nesse problema. Coletei 7 das melhores ideias para você organizar melhor a sua vida de uma forma mais prática, elegante e bonita.   

 

1. Organizador de mesa artesanal.

artesanato 1 porta lápis mesa

http://www.creativeinchicago.com/2011/07/diy-rope-vases.html

 Material:

•Lata;

•Corda;

•Cola quente.

Como fazer:

Use a cola quente para colar a corda em toda a lata. Comece a colar pela parte de baixo da lata. O resultado é um lindo artesanato que fica bem em qualquer mesa. 

 

2. Organizador de sacola plástica artesanal

artesanato 2 porta sacolahttp://tatertotsandjello.com/2011/07/summer-social-guest-project-make_21.html

 Material:

•Cola;

•Tecido ou papel com a textura de sua preferência;

•Sacolas de plástico;

•Embalagem de talco.

Como fazer:

Passo 01: Pegue o tecido ou papel e preencha com cola branca;

Passo 02: Enrole o tecido ou papel na superfície externa da embalagem de talco.

Passo 03: Tire a tampa da embalagem;

Passo 04: Enrole os sacos de plástico e insira dentro da embalagem e ponha a tampa.

 

São Todos Artesanatos Fáceis E Muito Barato Que Qualquer Pessoa Pode Fazer.

 

3. Organizador de linhasartesanato 3 guardar linhas

Essa ideia é excelente para quem trabalha com artesanato e não querem suas linhas emaranhadas.

4. Organizador de materiais diversos

artesanato 4 organizadorhttp://www.designsponge.com/2012/01/sewing-101-recycled-paper-basket.html

Material:

•Papel comprido (ex. embalagem , papel de parede, embrulho de presente etc);

•Máquina de costura;

•Cola;

•Clipes de papel.

Como Fazer: 

Passo 01: Dobre a folha até ter aproximadamente 2,5 cm de espessura;

Passo 02: Costure as extremidades das 12 tiras de papel;

Passo 03: Cruze as tiras;

Passo 04: Cole as extremidades;

Passo 05: Levante as extremidades e prenda, temporariamente, com o clip;

Passo 06: Vá cruzando e adicionando mais tiras a medida que as laterais vão sendo construídas.

 

 

5. Organizador de miudezas para artesanato

artesanato 05 organizador miudezas

http://casa.abril.com.br/materia/embalagem-de-ovos

 Material:

•Caixa de ovos;

•Tinha acrílica;

 

6. Organizador de parede fixo

artesanato 06 organizador de parede

http://www.lizmarieblog.com/2011/01/mason-jar-love/

Material:

•Potes de vidro;

•Tábua de madeira;

•Abraçadeiras metálicas.

Como Fazer:

Passo 01: “opcional” pinte a tábua;

Passo 02: Fure a tábua para prender a abraçadeira;

Passo 03: Prenda os potes de vidro na abraçadeira metálica.

 

7. Organizador de parede flexível 

artesanato 07 organizador pendurar

http://www.recyclart.org/2012/11/diy-hanging-craft-organizer/

Essa versão você prende as abraçadeiras metálicas com uma corda e fixa em um prego ou gancho na parede.

 

CTA_gostou_seta

Como deixar sua festa divertida

festa garrafas artesanais

 Oba Festa ! Criatividade não é uma palavra  que ouvimos falar quando festejamos algum momento especial. Tudo ficaria mais divertido com uma brincadeira simples e diferenciada. Com essa técnica artesanal você poderá compartilhar mensagens positivas, engraçadas, religiosas, etc para cada participante. Cada pessoas pega a sua estrelinha e abre para ler a sua mensagem. É bem parecido com o biscoitinho da sorte chines so que na versão de estrelinha da sorte. E ainda da pra usar com o objetivo de decorar a casa. Abaixo tem alguns exemplos de frases que você pode escrever.

Além de festas da pra usar com o objetivo de decorar a casa

Material:

Papel colorido;

Estilete;

Régua;

Caneta.

 Cada Estrelinha tem uma mensagem especial.

Como Fazer:

*Não se esqueça de escrever sua mensagem na tira de papel.

estrelas artesanais papel festa

Exemplo de Mensagens:

1- Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela.

2- Lembre-se de sonhar para que continue a ter muitos motivos para ser Feliz.

3- O natal não é um período e nem uma estação, é um estado de espírito.

4- Os tristes acham que o vento geme; Os alegras acham que ele canta.

5- Não seja melhor que ninguém, seja apenas diferente e lute pelos seus objetivos.

6- A hora mais escura do dia é a que vem antes do sol nascer.

7- Entre todas as insanidades da mente humana, eu fico com o otimismo.

8- Meu otimismo foi tudo que precisava para meus objetivos tornarem reais.

9- No ano novo, tudo pode se transformar, os desejos são as mais belas obras desse evento anual.

10- Sempre lute com garra e determinação pelos seus ideais.

11- Faça tudo o que puder. Lute! Seja humilde. Conquiste o mundo.

12- Lute pelos seus ideais sem se importar com ás críticas.

13- Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá;

14- Quem segue a justiça e a lealdade encontra vida, justiça e honra;

15- Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará

16- O meu mandamento é este: amem uns aos outros como eu amo vocês.

 

Gostou da dica?  O que mais você faz para deixar a sua festa mais animada?

 

Crédito das fotos: http://www.agusyornet.com/2013/11/origami-stars.html

http://jaraislifeholic.blogspot.com.es/

Carimbo com borracha

 

 

Você já imaginou fazer artesanato com borracha? Quem disse que borracha  serve para apagar está completamente enganado. Ela é um excelente material para fazer diversos artesanatos, um deles são carimbos. Quem diria que daria para usar a borracha para “desenhar” no papel ao invés de apagar.

Por ser um material flexível ela é de fácil manuseio  podendo ser cortada utilizando ferramentas simples como estilete, tesoura, lixa de unha…Ou seja todos são materiais que todo mundo já tem em casa.

Artesanato com borracha é excelente para serem utilizados por qualquer pessoa.

Material:

Borracha escolar;

Estilete, bisturi;

Lixa de unha.

Passo a Passo:

 

 Artesanato com borracha artesanal passo a passo

Passo 01- Desenhar o contorno do desenho do seu carimbo em uma folha de papel utilizando um lápis grafite;

Passo 02- Transferir o desenho, feiro no papel, para  a borracha. Para isso é so inverter o lado do papel que foi feito o desenho para por o desenho em cima da borracha e depois riscar com um lápis grafite para que o contorno do desenho seja transferido para a superfície da borracha;

Passo 03– Você pode reforçar o desenho transferido utilizando uma caneta ou um marcador permanente;

Passo 04- Com o estilete bisturi ou outra ferramenta cortante vá eliminando cada área esterna ao seu desenho. Corte aos poucos para evitar cortar acidentalmente o desenho transferido;

Passo 05- Utilize a lixa para uniformizar toda  a superfície que entrará em contato  com a tinta;

Passo 06, 07, 08 – Mele seu carimbo com tinha e teste em uma folha de papel para ver se o seu carimbo está sendo impresso completamente. Caso não esteja lixe mais um pouco para que a área da tinta mele toda  a área do carimbo;

 

Agora você já sabe fazer um artesanato com borracha que será muito útil.

 

Quer aprender mais? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as nossas novidades. Novas técnicas toda semana.

Queremos saber se você gostou, comente abaixo:

 

Como Fazer Arranjos de Flores de Papel

arranjos de flores artesanais

 Que tal fazer um charmoso arranjos de flores de papel para dar de presente ou enfeitar aquele cantinho vazio da sua casa ( um centro de mesa, uma janela, um muro da cozinha ou mesmo a mesa de trabalho do seu escritório).   Com poucos materiais e com uma técnica simples você será capaz de obter resultados incríveis.

Os benefícios são muitos, você não terá que regar toda manhã ou final de tarde, não terá que fazer trabalho de podagem nem de adubação e o melhor você sempre terá um vaso florido independente da época do ano.

 Quem não gosta de receber arranjos de flores? São ótimos para presentear, enfeitar a casa ou vender.

Arranjo de Flores de Papel: Materiais

►Papel Crepom vermelho, branco e verde (pode ser de outras combinações de cores) ;

►Palito de dente;

►Cola branca;

►Pincel;

►Bola de isopor;

►Vaso do material e cor de sua preferência;

►Cola quente.

Passo a Passo para Fazer Arranjo de Flores de Papel

Etapa 01: Colar o palito de dente na tira de papel vermelho;

arranjos de flores passo 01

passo 2

passo 03

passo 4

Passo 05

Etapa 02: Enrole a fita de papel ao redor do palito para formar a flor. A medida que for enrolando desdobre o papel para dar volume a rosa. O palito será utilizado para fixar a rosa na bola de isopor;

arranjos de flores passo 06

passo 7

passo 8

passo 09

passo 10

Para chegar a um resultado satisfatório vai exigir algum trabalho, mas é um esforço a mais que vale a pena pois o resultado é fantástico.

passo 11

passo 12

Etapa 03: Siga os próximos passos para fazer a folhagem que inserida no buquê;

passo 13

passo 14

passo 15

passo 16

passo 17

passo 18

passo 19

Etapa 04: Nessa etapa iremos fazer o botão da rosa. Usando a tira de papel vermelho enrole e cole ao redor do palito seguindo as orientações abaixo, finalize colando as folhas feitas no papel verde;

passo 20

passo 21

passo 22

passo 23

passo 24

passo 25

passo 26

passo 27

passo 28

passo 29

passo 30

Etapa 05: Com as rosas, o botão da rosa e a folhagem finalizados, prenda eles na bola de isopor montando uma composição harmônica. Finalize prendendo a bola de isopor no vaso com cola quente.

passo 31

passo 32

passo 33

passo 34

passo 35

passo 36

passo 37

passo 38

arranjos de flores final

Crédito das fotos: http://www.rukikryki.ru/bumaga/raznoe-bumaga/1953-kak-sdelat-bumazhnye-cvety-v-vazone.html

Quer aprender mais? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as nossas novidades. Novas técnicas toda semana.

Queremos saber se você gostou, comente abaixo:

Como fazer Buquê de Rosas

rosas vaso

Já imaginou acordar toda manhã e ver um lindo vaso com rosas para alegrar todos os seus dias? E o melhor a cada dia você poderá adicionar uma nova rosa a seu vaso. Fazendo uma rosa por dia, em 30 dias você terá um lindo vaso repleto de flores. Tudo isso sem gastar muito tempo e nem muito dinheiro.

“Fazendo uma flor por dia, em 30 dias você terá um lindo vaso com 30 rosas”

 

Materiais:

►Papel branco ou colorido;

►Arame galvanizado;

►Fita floral verde;

►Cola branca PVA ou bastão.

 

Passo a passo:

Passo 01: Desenhar e cortar um circulo de 7,6 centímetros na folha de papel;

gabarito rosas papel 76mm

Passo 02: Dobrar a folha, que foi cortada, e recortar um arco, como mostrado na imagem abaixo;

passo 01

Passo 03: Após cortar abra a sua folha e corte para termos a aba (A) e (B);

passo 02

Passo 04: Depois do corte use a cola PVA ou bastão para colar a aba (A) na aba (B);

passo 03

Passo 05: Pegue o arame e entorte para que ele forme um gancho;

passo 04

Passo 06: Use a fita floral verde para cobrir a extremidade em forma de gancho;

passo 05

Passo 07: Insira a flor de papel no arame;

Passo 06

Passo 08: Cubra o resto do arame com a fita floral;

Passo 07

Passo 09: Entorte o arame para dar mais naturalidade a flor. Quanto mais flores forem feitas mais bonito fica o seu vaso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Teste com diversos papeis de diversas cores, desenhos e texturas. Quando mais você fizer mais vida seu vaso terá e mais elogios você receberá pelas suas lindas flores cultivadas, criadas e cuidadas por você.

Faça desse artesanato um desafio para você. Um desafio que tem duração de 30 dias onde em cada dia foce faz uma nova flor e põe no vaso.

Crédito das fotos: http://marrietta.ru/post189400940/

Gostou da técnica? Deixe um comentário falando sua opinião ou sugestão:

Marcador de livro

 

 

Você gosta de ler? Ou conhece algum que goste?  Então já deve ter passado a terrível experiência de ler um livro em um dia e quando foi continuar a leitura no dia seguinte você não lembrava mais onde terminou e teve que gastar um tempo precioso folheando e lendo algumas páginas para poder achar o ponto exato.

O Mais chato é ter que sair passando o marcador de página de página em página para não se perder. 

Esse marcador é diferente! Não porque ele é artesanal e sim porque ele marca as páginas AUTOMATICAMENTE!

Isso mesmo, cada vez que você virar a página ele muda, sozinho, para marcar a página que você está lendo. Assim você nunca mais vai esquecer onde você parou.

Materiais:

-Papel durinho (cartolina, papel color plus, papel color set, papel 40 quilos etc);

-Cola bastão ou fita dupla face.

 

marcador artesanal de papel

 

 

Passo a passo:

Passo 01– Imprima o molde em uma impressora comum;

Passo 02-Transfira a marcação para um papel, da cor de sua preferência, e depois corte com um estilete ou tesoura respeitando as marcações;

Passo 03– Se você quiser que ele fique permanente no livro passe cola bastão na área indicada. Se você não quiser que ele fique permanente use fita dupla face;

Passo 04– Cole, um dos lados, na primeira folha do livro;

Passo 05– Cole, a outra extremidade, na última folha do livro;

Passo 06– Abra o livro na metade e dobre levemente o marcador no meio.

 

Com esse marcador artesanal você garante momentos de leitura prazerosos sem ter que ficar procurando uma tira de papel para colocar dentro do livro.

 

Quer aprender mais objetos artesanais? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as nossas novidades. Novas técnicas toda semana.

Queremos saber se você gostou, comente abaixo:

 

Curso Grátis
Album Artesanal

Inscreva-se gratuitamente e faça parte dessa turma! Aulas em vídeo