Arte com Papel

plantas suspensas com musgo

Kokedama: aprenda o que é e descubra como fazer

Compartilhe

Bem-vindo a mais um artigo do Arte com Papel e hoje eu quero iniciar nossa conversa perguntando se você aí já ouviu falar em Kokedama.

Talvez você já tenha ouvido, ou talvez não e talvez você não faça a mínima ideia do que seja, mas hoje estou aqui para te ensinar um pouco mais sobre essa técnica japonesa que produz arranjos belíssimos para decorar os ambientes da sua casa.

Com um pouco de prática, logo você estará fazendo belíssimos arranjos para diversos tipos de ambientes e quem sabe até vendendo na sua cidade.

Somado a isso, nada como trazer um pouco de verde para sua casa. Acredito que deixa o ambiente mais leve e mais bonito.

Vem comido, pois eu tenho muita coisa interessante para te contar!

O que é Kokedama?

O nome Kokedama vem do japonês e significa bola de musgo e assim como a maioria das técnicas orientais ela é bem antiga. Acredita-se que ela teve sua origem lá pelo século XVII.

Uma outra técnica japonesa bem conhecida e que é uma variante da Kokedama é o bonsai e esse, muito provavelmente você já sabe como é.

Há quem diga que ela surgiu quando as raízes das plantas no vasos rompiam os mesmos e davam voltas, criando um vaso natural. Já uma outra teoria diz que o kokedama surgiu a partir de pessoas que não possuíam dinheiro para cultivar o bonsai.

A técnica do Kokedama consiste em fazer uma espécie de vaso natural, utilizando barbante, argila, musgo e substrato. Ela é mais simples do que parece e o visual final é incrível. E além disso, a melhor parte é que não é preciso gastar muito dinheiro para montar seus arranjos de Kokedama.

Mas saiba que nem todos os tipos de planta podem ser cultivados em uma Kokedama. As mais recomendadas são orquídeas, suculentas, kalanchoes, cactos, samambaias, chifres de veado, begônias, entre outras.

E sabe o que é mais legal sobre a kokedama? Para quem tem casas ou apartamentos menores, eles são excelentes opções de decoração, pois não ocupam muito espaço e ficam suspensas no teto, por exemplo.

Como fazer?

Primeiramente, para se aprender a fazer os arranjos de kokedama é preciso saber quais materiais serão utilizados na confecção.

Basicamente os materiais necessários são os seguintes:

  • Planta que você deseja cultivar
  • Substrato
  • Musgo
  • Pedrinhas pequenas
  • Barbante ou corda de juta
  • Areia
  • Tesoura
  • Água

A partir desses materiais você irá conseguir montar qualquer arranjo de kokedama que vier na sua cabeça.

Bom, agora vamos colocar a mão na massa propriamente dita e aprender a fazer alguns tipos diferentes de arranjo para você renovar as energias do ambiente.

Arranjos com orquídea:

Na minha opinião, orquídeas são plantas únicas e possuem uma beleza inigualável. Existe uma grande variedade de orquídeas e todas elas são igualmente bonitas.

Como não necessitam de muita água, elas são uma ótima combinação para arranjos de kokedama. Olha esse exemplo para você ver como elas ficam bonitas.

Antes de mais nada preciso te avisar que as orquídeas não sobrevivem em terra comum, logo, é preciso que você utilize um substrato específico para esse tipo de planta.

Anota aí os materiais utilizados:

  • Orquídea de sua preferência
  • Musgo sfagno
  • Substrato para orquídea (você encontra facilmente em lojas especializadas e floriculturas)
  • Barbante ou fios de juta
  • Saco de laranja

Passo a passo:

  1. Primeiro, deixe o musgo de molho na água por cerca de 20 minutos.
  2. Segundo, recorte uma parte do saco de laranja e com ele faça uma bolinha com o substrato de orquídea por dentro.
  3. Terceiro, posicione a muda de orquídea na sua bolinha de substrato.
  4. Quarto, utilize o musgo que ficou de molho para forrar a bolinha (enquanto você for cobrindo, aperta para se certificar de que ficou bem preso.
  5. Para finalizar, pegue o barbante, amarre em volta do seu kokedama e deixe uma alça para pendurar na parede.

Viu como não tem mistério nenhum fazer o seu próprio kokedama? Com o tempo o musgo vai se misturar ao barbante e ao substrato e você terá um efeito bem legal.

Kokedama de suculenta:

Assim como as orquídeas, as suculentas também são plantas que não precisam de muita água para sobreviver, uma vez que elas armazenam o líquido no interior de suas folhas. Outro fato legal também sobre ela é que o tamanho que elas vão ficar depende do tamanho do vaso onde serão plantadas. Logo, se você deseja que elas fiquem menores é só utilizar um vaso menor e isso também vai valer para a sua bolinha de substrato do kokedama.

Dá uma olhada nesse outro exemplo de kokedama que separei para você se inspirar, mas dessa vez com suculentas:

Nesse tipo de kokedama, ao invés de utilizar o substrato específico para orquídeas você irá usar terra comum. Já o resto do passo a passo é igual ao do que eu te ensinei anteriormente.

E ao invés de deixar o barbante pendurado e colocar seu kokedama na parede, nessa foto optou-se por colocar mais barbante e deixar nesse suporte duplo. Com isso dá para perceber o quão versátil esse tipo de trabalho pode ser.

Perceba também que ele não ocupa muito espaço, assim como o bonsai, então podemos utilizar kokedamas no escritório, no quarto, em uma mesinha de centro ou até mesmo na varanda de um apartamento. Tudo depende da sua criatividade.

Criando com samambaia:

Outro tipo de planta que também se dá super bem no kokedama são as samambaias e com elas ainda temos um visual diferenciado, pois a medida que elas crescem suas folhas vão caindo, então no final das contas elas ficam muito bonitas quando penduradas em um local mais alto.

Olha esse exemplo de arranjo que eu separei para você ver como fica:

Minha dica para você que pretende fazer o kokedama com samambaia é que seja feito uma bolinha de musgo maior pois elas tendem a crescer, então para que a planta não sofra no futuro, melhor deixar mais espaço para ela se expandir.

Quando ela for crescendo o visual será muito bonito, você vai ver só!

Como cuidar do seu arranjo:

Bom, agora que você já sabe como montar o seu próprio kokedama, é importante que você também aprenda a cuidar da manutenção do seu arranjo, pois senão, como toda planta que não recebe cuidados, ele pode acabar morrendo.

Independentemente da planta que você escolha para criar o seu kokedama, o mais importante é a água. E com relação a água, a dica é que você pegue sua bolinha e mergulhe na água até que saiam bolinhas do interior. Deixe escorrer um pouco e coloque de volta no lugar.

Outra forma de manter seu kokedama hidratado é borrifando água no seu arranjo até que fique bem húmido. Desse segundo jeito creio que não ficará pingando muita água igual o primeiro. É importante manter seu musgo húmido para que ele fique sempre verdinho e bonito.

Regularmente também é bom aplicar adubo no seu kokedama para manter a planta nutrida. Procure uma loja de produtos de jardinagem e veja qual é o melhor para o seu tipo de planta.

A luz do sol também é fundamental para o seu arranjo, mas sem exageros é claro. Deixe sua planta no sol da manhã todos os dias por um tempo e em seguida traga para um lugar à sombra. E nada deixar seu kokedama no solzão da tarde viu? Ele pode fazer mal não só para sua planta, mas também para os musgos.

Outro aspecto igualmente importante é sempre adquirir substratos e musgos de qualidade. Os musgos de preferência orgânicos. Produtos de qualidade podem fazer a diferença em qualquer trabalho então invista nisso.

É possível ganhar dinheiro fazendo kokedama?

Você pode até se perguntar isso e eu te respondo com uma outra pergunta: E porque não ganhar dinheiro fazendo kokedama?

Conforme você for pegando prática já pode começar a oferecer seus arranjos no trabalho, pela vizinhança ou até mesmo pela internet. Como o kokedama é preferencialmente feito com plantas mais resistentes e que não precisam tanto de água, é perfeitamente possível anunciar em sites como o elo7 e o Mercado Livre.

E se você não tem a mínima ideia de como colocar o preço nas suas peças, utilize nossa calculadora aqui mesmo no site e leve em consideração todos os seus gastos para fazer seu kokedama, inclusive o tempo gasto.

Tire fotos bem bonitas e depois é só anunciar por aí e esperar as primeiras encomendas chegarem.

E eu gostaria de finalizar com algumas sugestões diferentes de kokedamas para você colocar em casa ou vender. Ah! Um uso legal também é fazer lembranças de festa com eles. Tenho certeza de que os convidados vão adorar.

Foto Medium

Bom pessoal, no artigo de hoje conversamos sobre essa técnica japonesa que surgiu a muitos anos atrás e é uma espécie de parente do nosso já conhecido bonsai. Aprendemos que o kokedama é uma técnica simples e muito fácil de se fazer.

São muitas opções diferentes de arranjos para se produzir e eu tenho certeza de que ficarão todos muito bonitos!

Até a próxima!

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

Deixe um comentário