Arte com Papel

fazendo fluxo de caixa

Aprenda A Fazer Fluxo de Caixa

Compartilhe

Tão importante quanto saber colocar o preço correto no seu produto é saber controlar e organizar seu negócio. Dessa forma você consegue visualizar melhor o que entra e sai das suas finanças e consegue até planejar como quer ver seu negócio no futuro.

E para te ajudar a chegar lá, nada melhor do que criar um fluxo de caixa para o seu negócio. E caso você nunca tenha ouvido falar sobre ele, eu hoje vou te explicar direitinho o que é o fluxo de caixa, como montar e tirar possíveis dúvidas que possam surgir em sua cabeça.

Você vai ver que depois que você perceber os benefícios dele no seu negócio vai incorporá-lo nas suas movimentações mensais.

Se você está curiosa para descobrir como essa ferramenta pode ajudar muito nos seus negócios, continua lendo que você já vai descobrir.

O que o fluxo de caixa?

Não importa se você é um artesão que está começando a entrar no mercado de trabalho agora, ou se já trabalha com o seu artesanato a muito tempo. A organização financeira de um negócio é extremamente importante para que ele se mantenha e prospere.

E o fluxo de caixa é o melhor instrumento que temos para o controle financeiro da sua empresa. No fluxo de caixa você irá colocar tudo que entra e sai, ou seja, os recebimentos e os gastos.

Muito se fala na importância de se colocar o preço certo em nossos produtos, mas depois de hoje percebemos que sem uma planilha de fluxo de caixa podemos acabar correndo em círculos sem chegar a um resultado satisfatório nunca.

O período de tempo que o seu fluxo de caixa vai abarcar vai depender das suas necessidades, mas ele pode ser diário, semanal, mensal e até mesmo anual. No entanto, acho que manter um fluxo mensal já é o suficiente para a maioria das pessoas, mas claro que isso vai depender do seu fluxo de vendas. E pode até que seja meio difícil no início montar seu, mas logo você pega o jeito e consegue ter mais controle dos seus gastos e tem condições de tomar decisões mais seguras.

Podemos fazer o nosso fluxo de caixa em um caderno, no entanto isso pode dar muito trabalho, ou fazer no computador por meio de uma planilha. Hoje aqui vou te ensinar a fazer uma planilha no Microsoft Excel bem prática para você montar o seu rapidinho. Existe ainda a opção de comprar programas de gestão, mas não será o nosso caso.

O importante é que no final sempre teremos o valor que está disponível com você depois de todos os recebimentos e gastos em um determinado período. Lembrando que se o número de entradas for maior do que o de saídas, obviamente, isso vai significar que você está tendo lucro. Em contrapartida, se o número de saídas for maior do que o de entradas você está tendo prejuízo e aí talvez seja melhor rever algumas estratégias.

Elementos que compõem essa ferramenta:

Os elementos do fluxo de caixa dependem muito do tamanho do negócio, mas no caso de pequenos negócios como o seu não serão necessários muitos elementos. A seguir eu vou listar alguns pontos que devem aparecer na sua elaboração do fluxo de caixa:

  • Recebimentos – nesse campo serão incluídas todas as suas venda à vista e a prazo caso você trabalhe com esse tipo de venda, vendas de cartão (caso você trabalhe com maquininha) e também possíveis rendimentos que você tenha.
  • Pagamentos – Já nesse campo iremos incluir todas as despesas como pagamentos de materiais adquiridos, despesas com o banco (como a taxa da sua conta ou algum empréstimo ou financiamento), gastos com compra de equipamentos para seu trabalho e as retiradas de seu “salário” ou pró-labore.

Através desses itens a gente consegue prever algumas coisas, como por exemplo os períodos onde vai haver sobra de dinheiro, perceber as variações do seu negócio e observar os períodos do ano em que ocorrem mais vendas.

Como montar uma planilha de fluxo de caixa:

Conforme já dito anteriormente, podemos fazer nossa planilha de fluxo de caixa no caderno ou no computador. O grande problema é que no papel você terá muito mais trabalho e vai ter que fazer todas as contas na mão.

Em contrapartida, no computador, todo esse trabalho ficará muito mais fácil e ainda mais com a ajuda do Microsoft Excel, basta colocar a fórmula nas células para que o próprio programa faça os cálculos. Sem dúvida é mais rápido e prático!

Eu bem sei que muita gente morre de medo do Microsoft Excel e acha que ele é um bicho de sete cabeças. Mas fique tranquila! Com essas dicas que vou te mostrar agora você vai ver o quão fácil vai ser para montar a sua planilha de fluxo de caixa.

  • Antes de mais nada você deverá colocar em uma primeira planilha tudo o que entrou e saiu da sua conta e com as seguintes informações:

É preciso que você categorize todas as entradas e saídas. Por conta disso, tudo que for despesa vai entrar como débito, pois você está debitando (tirando) da sua conta, já as receitas entrarão como crédito, pois você estará creditando (adicionando) à sua conta bancária.

  • Em seguida, usando a fórmula SOMA vamos encontrar os movimentos, que será a diferença entre a entrada e a saída.
  • Vamos repetir a função SOMA para encontrar o saldo do dia e para isso faremos a soma de todos os itens que estiverem na coluna movimentos.
  • O próximo passo será calcular o saldo atual e para isso usamos novamente a função soma como mostra a figura abaixo:

Depois que você fizer esses passos, basta alimentar a sua planilha com as informações pertinentes de entradas e saídas do seu negócio. E olha, é fundamental que você alimente sua planilha constantemente para que os dados sejam os mais reais o possível.

DICA IMPORTANTE: Lembre-se de repetir a fórmula a cada linha de um novo movimento como te ensinei ali em cima.

No início pode ser que seja meio complicado, mas aos poucos você vai aprendendo a alimentar sua tabela com as informações importantes. Inclusive você pode acrescentar uma coluna de data para ter o controle do dia certo que foi efetuada uma receita ou despesa.

Depois que virar o mês por exemplo, quando você for iniciar um novo fluxo de caixa não se esqueça de acrescentar o saldo anterior na sua tabela, caso contrário os cálculos não irão fechar corretamente.

Tá vendo como é mais fácil do que você imaginava? É claro que se você preferir ou se não tiver computador em sua casa, poderá fazer seu fluxo de caixa no papel, mas certamente tomará mais do seu tempo.

E existe ainda uma terceira opção para quem quer deixar o seu fluxo de caixa na palma das mãos. Existem diversos aplicativos nas lojas de aplicativos dos celulares que fazem todo esse trabalho que fizemos no Microsoft Excel para você. Alguns exemplos são:

  • Fluxo de Caixa – Simples
  • Meu Caixa
  • Controle de estoque, vendas, pedidos, PDV, Caixa

Esses três aplicativo podem ser baixados gratuitamente. Alguns são inteiramente gratuitos, no entanto, em outros algumas funcionalidades estão disponíveis apenas para quem assina um dos planos e obtém a versão Premium.

Principais vantagens desse tipo de controle:

Já deu para perceber que um fluxo de caixa é importante, não é mesmo? Saiba que mantendo seu fluxo de caixa sempre atualizado seu negócio só tende a ganhar em virtude de alguns pontos:

  • Você consegue tomar decisões sobre falta e sobra de dinheiro em caixa de forma antecipada.
  • Dá para ter uma noção se suas vendas serão suficientes para cobrir os gastos (se não forem veja nesse outro artigo como aumentar suas vendas).
  • É possível prever gastos futuros e visualizá-los antes mesmo deles ocorrerem.
  • Manter um maior controle no geral sobre seus gastos e recebimentos.

O mais interessante é que quando você mantém um fluxo de caixa bem feito, você tem uma visão global do seu negócio. E como eu disse lá no início. Mesmo que você esteja começando seu negócio agora é interessante que já se tenha uma planilha de fluxo de caixa para que você consiga fortalecer seus ganhos desde cedo e expandir seu negócio. Quanto antes você começar melhor!

Com certeza com o planejamento certo você estará trilhando o caminho para o sucesso!

Bom pessoal, hoje você aprendeu sobre essa ferramenta de planejamento financeiro muito importante que é o fluxo de caixa. Desde as pequenas empresas até as gigantes multinacionais utilizam essa ferramenta para manter um controle quase que em tempo real dos seus gastos e recebimentos. Sem ele as empresas estão andando no escuro com as suas finanças.

Uma planilha de fluxo de caixa é fundamental para se ter uma visão real do seu negócio. Lembre-se que o mundo do artesanato é cheio de oportunidades e cada vez mais pessoas buscam nele a oportunidade de melhorar de vida.

Espero que você tenha gostado das dicas que trouxe hoje. Agora é hora de colocar em prática o conhecimento adquirido aqui e começar a controlar as entradas e saídas do seu negócio.

Muito sucesso e até a próxima!

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

Deixe um comentário