Arte com Papel

decoração com reciclagem

Decoração Com Reciclagem: Dicas e Inspirações

Às vezes a gente acaba enjoando do visual de alguns cômodos da casa, né? Se você está cansada(o) da decoração da sua casa e quer dar um upgrade sem gastar muito, hoje vou te mostrar como fazer decoração com reciclagem para diversos cômodos da casa.

Eu sei que contratar um decorador pode acabar saindo bem caro e nem todo mundo tem orçamento para isso. Assim sendo, nada melhor do que usar materiais reciclados para repaginar os ambientes da nossa casa. Além de dar uma cara nova, ajudamos a reduzir a quantidade de lixo que vai parar na natureza.

Curiosa(o) para descobrir quais são as dicas e inspirações de decoração com reciclagem que selecionamos para você? Então continue sua leitura para descobrir mais!

Decoração Com Reciclagem Para Quartos

Antes de mais nada, o quarto é um dos lugares que mais passamos tempo dentro de casa, afinal de contas dormimos entre 6 e 8h por dia dentro dele. Dessa forma, nada melhor do que ter um espaço aconchegante para relaxar, não é mesmo?

Você vai ver que utilizando materiais reciclados podemos criar lindas decorações para o quarto, deixando-o com visual de revista. Acompanhe comigo as sugestões que trago para você:

Palets podem virar camas de casal ou de solteiro

Com toda certeza você já deve ter visto palets no mercado. Eles servem para facilitar o transporte de grandes quantidades de produtos. No entanto, você pode utilizá-los para fazer a base de uma cama, seja de casal, seja de solteiro. Lembrando que para fazer uma cama de solteiro você vai precisar apenas de uma carreira de palets. Ah! E também dá para pintar com a cor de sua preferência.

Faça Uma Luminária Teia de Aranha Com Barbante

As luminária também podem fazer toda a diferença na decoração do seu quarto. Esse modelo de luminária teia de aranha é feito facilmente com qualquer barbante que você tenha em casa e uma bola comum que as crianças usem para brincar. Eu adora o resultado final e acho que vai dar um charme a mais para sua casa.

Se você quiser outras sugestões como essa, temos um ótimo artigo que ensina a fazer luminária artesanal que eu sei que você vai adorar ler!

Capas de Livros Velhos Se Transformam em Uma Linda Cabeceira

Veja só que interessante que ficou essa cabeceira montada com capas de livros velhos! O mais legal da decoração com reciclagem é que você reaproveita objetos que iriam para no lixo e acaba economizando bastante para remodelar os ambientes.

Nesse caso, para que fique mais fácil prender as capas, recomendo comprar uma placa de MDF na medida que você deseja e cole as capas direto na placa. Dessa forma fica mais fácil de prender a cabeceira na cama ou na parede depois.

Mesinha de Cabeceira Vintage com Malas Antigas

decoração com reciclagem mesinha de cabeceira

Eu particularmente adoro decoração vintage e poder combiná-la com materiais reciclados fica ainda melhor. Nessa sugestão temos uma decoração com reciclagem fácil de fazer, pois apenas utilizamos as malas de viagem antigas. Contudo, preste atenção para prendê-las bem certinho, porque senão elas podem acabar caindo.

Decoração Com Reciclagem Para Sala de Estar

Normalmente a sala de estar é o ambiente em que recebemos visitas, então vale a pena caprichar na decoração por aqui. Agora você vai ver algumas soluções bem legais, baratas e recicladas que podem ser aplicadas nesse espaço da sua casa.

Mesa de Centro Original

Sem dúvida você já deve ter visto um carretel desse em lojas que vendem fios e outros tipos de materiais elétricos. Da próxima vez pergunte se não há nenhum sobrando que eles vão jogar no lixo e traga para casa para fazer uma mesa de centro bem moderna como essa.

Lembrando que você vai precisar lixar e passar verniz por cima. Outra sugestão é aplicar betume na madeira para dar um aspecto de envelhecido. Muito legal, não é mesmo? Tente você também aí em casa!

Flores Decorativas com Caixa de Ovo

egg box (4)
Fonte: Design Rulz

Quem diria que alguns galhos secos e caixas de ovo dariam um arranjo tão sofisticado. O legal da decoração com reciclagem é justamente esse, pois a partir de algo sem utilidade conseguimos criar objetos lindos.

De Escada Velha a Uma Estante Cheia de Estilo

Em seguida temos mais essa ideia genial de decoração usando itens reciclados que vai ficar uma graça na sua sala. Com apenas uma escada velha e ripas de madeira você vai conseguir fazer prateleiras bem legais para colocar livros e outros objetos bem legais. Utilize a técnica da patina para dar um ar de envelhecido para a peça.

Pufe de Pneu Velho

Trocou o pneu do carro e não tem ideia do que fazer com o antigo? Pois eu tenho a solução! Para fazer um pufe como esse da foto você irá precisar de corda de juta, um tampo de madeira e cola quente. Fácil né?

Depois de pronto ele traz um ar rústico e orgânico para o ambiente que eu tenho certeza de que todos vão adorar!

Decoração Com Reciclagem Para a Cozinha

Chegamos em um ambiente que é amado por muitos e detestado por outros. Apesar desse misto de sensações, sua cozinha merece ficar linda né? Dessa forma dê uma olhada e se inspire nas sugestões de decoração para cozinha com reciclagem.

Dando Um Novo Uso Para Talheres Antigos

Simplesmente adorei essa ideia de transformar talheres antigos em ganchos para fixar na parede. Aliás, eles podem ser ótimos lugares para pendurar os panos de pratos ou alguma sacola, ou então chave. Você pode fazer um semelhante a esse também com xícaras e pires, veja só!

Lustre Diferente

Quer mais uma sugestão de decoração com reciclagem para cozinha? Então não deixe de ver esse lustre feito a partir de raladores velhos. Depois de pronto ele fica com um ar super contemporâneo, além de trazer um efeito bem legal quando a luz sair pelos buraquinhos do ralador.

E aí, gostou das nossas sugestões de decoração com reciclagem para a sua casa? Você pode fazer essas e outras ideias, basta ver o que há aí na sua casa e como você pode reaproveitar na hora de mudar os ambientes.

Se você tiver mais sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo, pois adoramos interagir com você. E não deixe de acompanhar nosso Pinterest e Facebook para ficar por dentro das novidades.

decoração de ano novo

Decoração de Ano Novo Simples e Barata

Mais um ano está perto de acabar e um novo ano cheio de esperanças se aproxima. Quando menos se espera dia 31 de dezembro chega e famílias e amigos se reúnem para celebrar a passagem do ano. Mas você já sabe como será a decoração de ano novo na sua casa?

Se você está em busca de sugestões de decoração de ano novo simples e barata, esse é o lugar certo para você! Reunimos dicas incríveis para você decorar sua casa para a virada do ano. Seja dentro de casa, seja do lado de fora, sua casa vai ficar linda para receber seus convidados e eu tenho certeza que vão sobrar elogios.

Quer saber quais são as nossas sugestões para o ano novo? Então continue a leitura para descobrir.

Decoração de Ano Novo Para Ambientes Internos

Em primeiro lugar, vou te mostrar dicas ótimas de decoração simples de ano novo. Muitas delas você vai poder aproveitar coisas que já tem em casa. Dessa forma você não mexe muito no orçamento e ainda sim fica com a casa linda para receber o ano que se inicia.

Decoração Com Balões

Sem dúvida, os balões são ótimos elementos de decoração e ainda por cima seu custo é bem baixo. Para as festas de ano novo, vale a pena investir neles para deixar sua casa ainda mais bonita. Invista em cores como branco, prata e dourado para criar o contraste.

Nesse exemplo a composição fica linda utilizando essa garrafa também feita de balão de gás hélio. Os balões comuns saem de dentro da garrafa como se fosse o espumante que abrimos para o brinde à meia-noite. Lembre-se de não encher todas as bolas com o mesmo tamanho, pois as bolhas do champanhe também não são iguais.

Para prender todos os balões na parede você pode utilizar fita dupla face, ou mesmo a fita adesiva normal.

A seguir você verá mais ideias de como utilizar os balões na sua decoração de ano novo. Vamos lá!

Utilizando Garrafas Para Uma Decoração Simples de Ano Novo Com Material Reciclado

Outra peça de decoração coringa que você pode incorporar na sua casa para o ano novo são as garrafas decoradas. Além de baratas, elas são muito simples e rápidas de fazer, você pode até reaproveitar de um ano para o outro.

Materiais:

  • 4 garrafas de vinho ou espumante.
  • Tinta spray dourada, prateada ou rosê.
  • Primer para vidro.
  • Números em MDF ou papelão.
  • Cola quente
  • Fita dourada

Passo a Passo:

  • Em primeiro lugar, passe o primer por toda a superfície das garrafas e espere secar para então aplicar duas ou três demãos de tinta spray.
  • Passe a tinta spray também nos números e se quiser aplique glitter por cima.
  • Finalize colando os números nas garrafas e colocando as fitas saindo de dentro das garrafas.

Bem fácil, não é mesmo? Existem outros modelos que vou deixar aqui embaixo que você pode usar para se inspirar. Depois é só deixar sua imaginação correr solta e fazer as suas para a decoração da sua casa.

As garrafas decoradas também podem ser usadas no natal. E se você quiser sugestões para essa data também, temos um ótimo artigo que ensina a fazer garrafas decoradas para o natal.

Velas Para Deixar a Decoração Mais Aconchegante

Eu particularmente gosto bastante de usar velas na decoração de ambientes em datas e eventos especiais. Com toda certeza, elas deixam o ambiente mais aconchegante e intimista. Se você for fazer uma reunião para celebrar a chegada do ano novo na sua casa para poucas pessoas, acho que esse tipo de decoração fica bem legal.

Nessa sugestão você pode inclusive usar materiais que você tem em casa, sendo essa uma ótima sugestão de decoração de ano novo com material reciclado. Acompanhe agora os materiais necessários e o passo a passo. Logo em seguida tenho outras ideias para você se inspirar!

Materiais:

  • Potes ou vasos de vidro.
  • Purpurina.
  • Cola branca.
  • Vela pequena.
  • Pincel.

Passo a Passo:

  • Primeiramente, aplique a cola no fundo e na parede do pote de vidro pelo lado de dentro e aplique a purpurina (não coloque muito, pois a vela precisa aparecer no final).
  • Em seguida, coloque mais purpurina dentro do pote, de forma que se forme uma espécie de cama para colocar a vela.
  • Na hora da festa acenda a vela e coloque dentro do pote. Depois é só colocar os vasos ou potes na mesa, ou prateleira.

Decoração de Ano Novo Para Ambientes Externos

Depois das nossas dicas de decoração para dentro da sua casa, chegou a hora de descobrir nossas ideias para quem tem ambientes externos, como jardins, quintais e varandas. Ainda mais que nessa época do ano o clima é mais quente, ficar na área externa pode ser mais legal do que ficar dentro de casa.

Flores de Papel Para Deixar o Ambiente Mais Leve e Colorido

Flores sempre deixam o ambiente mais agradável, não é mesmo? E você pode usá-las na decoração do seu jardim ou varanda para o ano novo. Outra opção são as rosetas de papel que também dão um efeito parecido.

Se você quiser, em nosso post de moldes de flor temos vários modelos que você pode imprimir totalmente de graça. Além disso, temos um super post que ensina diversas formas de se fazer flores de papel que você não pode perder!

Utilizando Luzes na Decoração do Jardim

Sem dúvida o pisca-pisca do natal pode ser reaproveitado na decoração para o ano novo. Caso usa festa seja na área externa da sua casa ou apartamento, aposte nas luzes para deixar tudo mais bonito ainda.

Com outros elementos de decoração, as luzes deixam o ambiente todo especial e seus convidados vão adorar! A seguir tenho mais uma sugestão bem legal de como utilizar luzes para decorar a casa para o ano novo.

Muito legais essas dicas e decoração para o ano novo, não é mesmo? E você nem precisa gastar muito dinheiro para deixar sua casa ainda mais bonita. Utilize toda sua criatividade para deixar a casa pronta para receber o ano que se inicia.

Se você tem alguma outra sugestão para decorar ambientes internos e externos no ano novo, deixe seu comentário aqui embaixo. E não esqueça de conhecer nossas redes sociais!

Chinelos Bordados: Ideias e Passo a Passo Para Fazer Modelos Incríveis

Sem dúvida, os chinelos bordados fazem sucesso com mulheres e meninas de todas as idades. Afinal de contas, quem não gosta de usar uma peça única e se destacar em meio à multidão.

Se você quer aprender como fazer chinelo bordado, seja para dar uma cara especial para suas peças, seja para vender, aqui é o lugar certo. Nesse artigo você vai ver ideias bem legais de como produzir essas peças, além de vários passo a passo em vídeo para você não perder nenhum movimento.

Ah! E no final ainda vou te mostrar como você pode ganhar dinheiro vendendo seu artesanato!

Quer descobrir como fazer os chinelos decorados? Então continue sua leitura que tem muita coisa legal para aprender.

Como Fazer Chinelo Bordado

Chinelos sempre são um tipo de acessório coringa, não é mesmo? Ainda mais no calor eles tomam os pés das pessoas e as ruas. Hoje em dia até que as fabricantes tem procurado fazer alguns modelos diferentes. No entanto, a gente sempre tem a vontade de se destacar e foi aí que surgiu a onda dos chinelos decorados.

Dos mais simples até os mais elegantes, você pode trabalhar com diversos materiais, como pérolas, macramê, strass e até crochê. Utilizando sua criatividade você será capaz de fazer verdadeiras obras de arte para os pés.

Materiais básicos para fazer chinelo decorado

Antes de começar a produzir seus peças é importante saber quais são os materiais básicos necessários. Logo a seguir você vai ver os itens que não pode faltar no seu atelier se você quer produzir chinelos havaianas bordados.

  • Par de chinelo estilo havaianas
  • Tesoura
  • Agulha de mão
  • Agulha mais grossa para bordado
  • Linha de bordado
  • Alicate com ponta
  • Alicate arredondado
  • Materiais para decoração à sua escolha

Se você está começando agora, ou se ainda não possui seu próprio cantinho do artesanato, saiba que temos uma artigo ótimo que ensina como montar um atelier sem gastar muito.

Chinelos Bordados Com Pérola

Em primeiro lugar, temos os clássicos chinelos decorados com pérolas. Com um par desses não tem errar no look, pois eles são ao mesmo tempo delicados e elegantes.

Esse tipo de modelo é muito usado por noivas que querem um calçado mais confortável para a festa. Além disso, agora com o final do ano chegando aumenta bastante a procura por um modelo único para a virada do ano. Contudo, nada impede que você borde as pérolas em chinelos coloridos também, pois o resultado também é lindo!

A seguir eu vou deixar um vídeo com o passo a passo explicando como produzir um modelo de chinelo bordado com pérola. É claro que você pode variar à vontade nos modelos. Tudo depende da sua criatividade.

Fonte: Bere Artes Oficial

Como Bordar Chinelo Com Macramê

Em seguida, temos os modelos que utilizam o macramê na decoração da peça. Para quem não conhece, o macramê é uma técnica artesanal em que entrelaçamos fios e fazemos nós para produzir peças únicas.

Dependendo do fio que você use para fazer o seu chinelo decorado com macramê, sua peça pode ficar mais rústica, ideal para um passeio na beira da praia, ou mais chique, para eventos mais elaborados.

Logo aqui embaixo você verá o passo a passo para de como fazer chinelos bordados simples utilizando macramê. Depois que você aprender bem a técnica vale a pena arriscar modelos mais complexos acrescentando outros modelos de decoração. Tenho certeza de que suas peças ficarão lindas!

Se você não conhece tanto sobre a técnica do macramê e quer aprender mais sobre ela, temos o artigo perfeito que explica tudo de macramê para iniciantes.

Fonte: Conta Tudo Cacau

Chinelo Bordado Em Strass

Junto com as pérolas, o strass é um tipo de elemento que podemos acrescentar aos chinelos para criar modelos bem chiques. Quem trabalha com lembrancinhas de casamento vai adorar os chinelos com strass, pois eles são uma ótima lembrança para dar para as madrinhas dos noivos.

Além disso, nas festas de 15 anos esse também é uma lembrancinha bem interessante para os homenageados pela aniversariante.

No passo a passo a seguir, você verá como fazer chinelo bordado com strass de um jeito descomplicado. Lembre-se de que você pode acrescentar pérolas ou outros materiais para deixar seus peças ainda mais bonitas.

Fonte: Bere Artes Oficial

Chinelo Decorado com Crochê

Eu particularmente adoro artesanato com crochê, pois acho que fica uma peça sempre muito delicada e bonita de se ver. E você pode perfeitamente aplicar essa técnica em diferentes modelos de chinelos bordados. No entanto, se você nunca trabalhou com crochê antes, é bom praticar um pouco para produzir os chinelos.

Definitivamente as peças de crochê possuem um alto valor agregado e possuem boa saída com os clientes. Assista o passo a passo a seguir e veja que modelo legal com crochê que você pode fazer na sua casa.

Fonte: Cida Reis

Mais Ideias de Chinelos Bordados Para Você se inspirar

Gostou das sugestões que viu até aqui? É claro que existem muitas outras mais, uma vez que não existem limites para a sua criatividade. Assim sendo, separei mais algumas ideias para você se inspirar e produzir seus próprios chinelos. Vamos lá!

Como Vender Chinelos Havaianas Bordados

Agora que você já viu diversos modelos e sei que você está pronto(a) para colocar a mão na massa, chegou a hora de conversar sobre como vender seu artesanato.

Existem diversos sites na internet onde você pode anunciar seus produtos, como o Elo 7 e o Mercado Livre. Você também pode criar páginas na internet para anunciar seus produtos, ou até mesmo anúncios pelo WhatsApp. Aliás, temos um artigo ótimo que ensina como vender seu artesanato pela internet que você deveria ler.

Ademais, muitos artesãos sentem bastante dificuldade na hora de colocar o preço em seus artesanatos. E isso às vezes acontece porque não se sabe quanto colocar para fechar o cálculo final, como por exemplo gastos com luz e até seu tempo de trabalho.

Mas fique tranquilo, porque depois de ler nosso artigo que ensina a fórmula para calcular artesanato, eu tenho certeza de que você nunca mais terá problema para colocar preço nas suas peças. Além disso, nossa calculadora de preço de artesanato é uma ferramenta totalmente gratuita que pode te ajudar.

Gostou das nossas dicas de como bordar chinelo? Agora é hora de colocar a mão na massa e produzir suas peças. Qualquer dúvida deixe seu comentário aqui embaixo e não deixe de conhecer nossas redes sociais!

Paredes Decoradas: Como Repaginar o Ambiente Sem Gastar Muito

Às vezes a gente quer dar aquela repaginada no visual da nossa casa, mas falta o dinheiro. Assim sendo, no artigo de hoje vou te mostrar formas de como transformar os ambiente sem gastar muito através de paredes decoradas.

Você vai que grandes mudanças podem acontecer apenas aplicando alguns elementos nas paredes.  Além de uma nova pintura, existem outras formas de se fazer paredes decoradas para a sala, quarto, cozinha e demais cômodos da casa.

Quer saber como dar uma nova cara para as paredes de casa? Então continue lendo para descobrir!

Paredes Decoradas Com Quadros e Fotos

Antes de mais nada, paredes brancas podem acabar ficando sem graça com o tempo. Nesse caso, minha sugestão é fazer uma composição utilizando fotos da família. Com paredes brancas, esse contraste com o preto dá um destaque muito legal. Aproveite e imprima as fotos em preto e branco também.

Sem dúvida a decoração de parede de sala com fotos é uma forma clássica e que sempre combina muito bem.

Dentre as paredes decoradas para quarto, essa chama bastante atenção, porque além de repaginar uma parede que até então não tinha nada, criou também uma espécie de cabeceira.

Aqui o ideal é comprar molduras do mesmo tamanho e posicioná-las de modo que não fique muito espaço entre elas.

Se você quiser outras dicas bem legais de como fazer cabeceiras para cama de casal, temos um artigo bem legal que vai esclarecer todas as suas dúvidas.

Paredes Decoradas com Plantas

Plantas são ótimas para trazer frescor para dentro de casa e que tal usá-las para repaginar as paredes que já não te agradam mais? Aqui a solução foi bem simples, com alguns poucos ganchos e os vasinhos de plantas temos uma parede totalmente nova dentro de casa.

Além dos vasinhos, também podemos usar nichos, paletes, prateleiras e muito mais para fazer nossas paredes decoradas. Ah, e outra coisa que fica legal colocar na parede são as kokedamas…se você não conhece ainda, leia nosso sobre kokedamas aqui. Olha só que legal que fica:

Decoração de Paredes com Fita Adesiva

Em seguida, temos uma outra solução bem econômica e criativa para decorar as paredes da sua casa. O legal aqui é deixar sua imaginação correr solta e criar composições, seja com desenhos, seja formas geométricas.

O bom da fita adesiva é que existem diversas cores que podemos usar e se por acaso você cansar daquele desenho é só tirar com cuidado e fazer um novo. Contudo, antes de colocar a nova fita, recomendo limpar a parede com um pouco de água para tirar qualquer resto de cola que tenha ficado.

A seguir tenho mais algumas sugestões para você:

Como Decorar Paredes com Pratos

Com toda certeza os pratos antigos de porcelana decorados por si só já têm um charme clássico. E eles não precisam ficar guardados dentro de um armário pegando poeira, não é mesmo?

Utilizá-los para fazer paredes decoradas para sala deixa o ambiente com cara de chique e requintado. Porém, se você não tem esses pratos clássicos, vale também pintar a parede com uma outra cor e usar pratos brancos.

Ah! E não fique pensando que tudo precisa ser do mesmo tamanho! Nessa ideia, o mais legal é combinar pratos e bandejas de diversas formas e tamanhos. Tenho certeza de que sua sala vai ficar linda!

Decorando as Paredes Com Tecido

Tecidos também ajudam bastante a transformar a cara de uma parede da sua casa. Devido a grande variedade de estampas de tecidos que encontramos no mercado, você pode criar diferentes estilos para sua parede.

Aliás, para saber como colar tecido na parede, eu recomendo que você leia nosso artigo, pois ele mostra o passo a passo certinho para sua parede ficar impecável.

Tenho mais algumas sugestões para você se inspirar, olha só:

Como Fazer Paredes Decoradas Com Textura:

Talvez provavelmente, as texturas sejam a forma de renovar as paredes de casa que podem acabar dando mais trabalho. No entanto, isso não significa que você terá que pagar alguém para fazer o trabalho para você.

Seja com tinta, seja com placas de gesso, você mesmo(a) é capaz de aplicar textura a uma parede na sua casa e assim economizar na mão de obra.

Também chamado de grafiato, a arte de aplicar diferentes texturas às paredes já foi ensinada aqui no Arte com Papel. E antes de aplicar essa técnica para fazer paredes decoradas modernas, recomendo você ler esse artigo que é demais clicando aqui.

Paredes Decoradas Com Madeira

Com toda a certeza, a madeira é um dos tipos de materiais que eu adoro usar na decoração da casa. Ela traz esse ar de sofisticação, mas ao mesmo tempo é um material rústico e orgânico.

Na minha opinião, as paredes decoradas com madeira ficam lindas. Esse exemplo da foto acima utilizou troncos de árvores de diversos tamanhos para formar essa composição na parede. A luz indireta na parte de cima da parede trouxe um charme a mais para o trabalho.

E o mais legal é que esse tipo de decoração não precisa ser só para casas de campo, por exemplo. Um apartamento na cidade também ficará bem bonito com essa composição.

Agora se você quiser uma pegada mais voltada para a reciclagem, aí minha dica é que você utilize paletes para fazer as paredes decoradas com madeira. O palete é muito utilizado em mercados e às vezes você consegue até uns de graça. Dessa forma sua reforma em casa vai sair ainda mais barata.

A seguir você vai ver uma sugestão bem legal de aplicação de palete na parede. Você também pode cobrir a parede inteira com esse material que também fica bem legal.

E aí, gostou das nossas sugestões de paredes decoradas? Deu para perceber que não precisamos fazer grandes reformas para mudar a cara de alguns cômodos. Com um pouco de dinheiro, alguns materiais e muita criatividade você consegue fazer decorações de parede que vão parecer ter saído de uma revista.

Já utilizou algumas dessas técnicas para renovar uma parede? Tem alguma dúvida? Então deixe seu comentário aqui embaixo e conte para nós como foi sua experiência.

como fazer flamula

Como Fazer Flâmula Decorativa

As flâmulas são um elemento super simples e que dão um charme a mais na decoração de diversos ambientes. Mas você sabe como fazer flâmula? Se ainda não sabe esse post vai ser perfeito para você!

Você pode fazer flâmulas com diferentes materiais, como por exemplo feltro, de tecido, ou até mesmo de papel. Sua confecção também é muito simples e em poucos minutos você já tem seu mais novo elemento de decoração. E estou aqui para te mostrar como!

Continue lendo esse post que você vai aprender a fazer flâmula decorativa de um jeito muito simples e prático. Incluímos dos moldes para ajudar! Vamos lá!

Como Fazer Flâmula de Feltro

Antes de mais nada, o feltro é um tipo de TNT (tecido não tecido) econômico e fácil de se trabalhar e de encontrar nas lojas de tecido da sua cidade ou mesmo pela internet. Se você ainda não conhece muito sobre ele, nós temos um ótimo artigo explicando um pouco mais sobre feltro para quem está iniciando.

Para fazer uma flâmula de feltro como essa vamos precisar dos seguintes materiais:

  • Feltro de diferentes cores
  • Barbante colorido
  • Cabo fino de madeira
  • Cola para feltro
  • Tesoura
  • Lápis
  • Régua

Passo a passo:

  • Em primeiro lugar você deve pegar um pedaço de feltro e desenhar um retângulo medindo 24cm x 27cm e corte com a tesoura. Essa será a base da sua flâmula.
  • Depois, dobre o retângulo ao meio, marque 5cm de altura e trace uma linha até o outro canto e corte com a tesoura para dar esse formato de bandeirinha de festa junina.
  • Em seguida você deverá marcar 1cm em volta de toda a flâmula para fazer a bainha, com exceção da parte de cima. Passe a cola para feltro e espere secar. Na parte de cima você dará um espaço de 3cm e na hora de colar deve deixar um espaço para passar o cabo fino de madeira.
  • Agora será a hora de decorar sua flâmula (nessa imagem a decoração foi feita em feltro e na parte de baixo paetê e os pompons).
  • Para finalizar, coloque o cabo de madeira no espaço que você deixou e amarre o barbante.

Bem fácil, né? Agora é só pendurar onde você achar melhor.

Nota: Temos um ótimo artigo sobre Cinco Tipos de Cola para Artesanato que você Precisa Conhecer

Como Fazer Flâmula de Tecido:

Em segundo lugar temos a flâmula decorativa de tecido. Em suma, os materiais usados serão os mesmo, com exceção do feltro que aqui será substituído por outros tecidos, como o algodão e a juta.

No entanto, se você não quiser perder tempo fazendo o traçado da sua flâmula com a régua, pode utilizar o molde que eu vou disponibilizar logo aqui embaixo para você. O molde é bom pois ajuda a economizar bastante tempo.

Dica: Quando se trabalha com artesanato em tecido, depois de terminar a peça o ideal é passá-la com ferro, para que ela fique bem esticada. Outra alternativa que eu também acho muito interessante é engomar a flâmula decorativa e nós temos umas receitas ótimas de como engomar tecido.

Como Fazer Flâmula de Papel:

Como fazer flâmula de papel
Fonte: Mercado Libre

Se você achou que era fácil como fazer flâmula de tecido, vai ver que a de papel é mais fácil ainda. Esse tipo de flâmula decorativa é ótimo para ajudar na decoração de festas, no painel que fica atrás do bolo, por exemplo.

Para confeccionar nossa flâmula de papel iremos precisar dos seguintes materiais:

  • Papel cartão colorido
  • Barbante
  • Furador de papel
  • Molde
  • Tesoura
  • Lápis

Passo a passo da flâmula de papel:

  • Primeiramente, utilize o molde que vou te disponibilizar aqui para fazer o desenho no papel cartão que você escolheu e recorte.
  • Em segundo lugar, faça um furo em cada ponta superior da sua flâmula com o auxílio do furador de papel.
  • Decore sua flâmula do jeito que preferir.
  • Para finalizar, passe o barbante pelos buracos e prenda na parede.

Agora você pode utilizar nosso molde de flâmula para fazer a sua também:

Bônus: Ideias de Flâmulas Para Você se Inspirar

Essa primeira sugestão ficará uma graça como elemento decorativo no quarto de uma criança. Destaco o ar rústico, não só do tipo de tecido escolhido, que lembra aquelas toalhas de mesa de fazenda, mas também a madeira que segura essa flâmula de tecido que é um pequeno galho de árvore. O nome em renda certamente deu um charme a mais para esse estilo de fazenda.

Já esse modelo em tecido utiliza decoração em 3D com flores e o resultado fica lindo! Você pode fazer essas flores em feltro e antes que você diga que não sabe fazer esse tipo de flor, saiba que temos um artigo ótimo ensinando a fazer flores de feltro e já com os moldes. Melhor impossível, não é?

Mais uma sugestão de como fazer flâmula e aqui utilizamos o feltro e diferentes técnicas. Além de fazer as flores em 3D, que você já sabe onde pegar o molde e também o enchimento para deixar sua peça fofinha. Esse tipo fica muito legal em decoração de festas, mas também em quartos de bebês e crianças.

Uma sugestão mais simples em feltro e super legal para decoração de sala de aula, por exemplo. As crianças adoram ambientes coloridos e a sala vai ficar muito mais divertida com as flâmulas decorativas.

A seguir tenho mais alguns modelos que podem te inspirar. Dá uma olhada:

Agora chegou a hora de colocar a mão na massa e praticar o que aprendeu aqui hoje. Se ficou alguma dúvida é só deixar seu comentário aqui embaixo.

Até a próxima!

mini jardim suculentas

Mini Jardim de Suculentas: Ideias Incríveis e Como Fazer

As suculentas são um tipo de planta que não precisam de cuidados muito especiais. Suculentas também trazem um visual bem diferente para o seus ambientes. E nesse post você vai aprender como fazer um mini jardim de suculentas para deixar sua casa ainda mais bonita.

Você vai ver que não é preciso ser nenhum expert em paisagismo para montar um mini jardim. Aliás, se você pegar prática e oferecer modelos diferenciados pode inclusive começar a vender suas próprias peças.

Essa técnica está se tornando uma verdadeira tendência na decoração de ambientes. Curioso(a) para descobrir como fazer seu mini jardim de suculentas? Então continue sua leitura para descobrir!

Tipos de Mini Jardins de Suculentas

Que tal reaproveitar algo que você achava que iria para o lixo para montar seu jardim de suculentas? Nesse primeiro exemplo, um vaso grande quebrado formou uma composição muito elegante que fica ótima em ambientes externos.

mini jardim de suculentas vaso quebrado
https://mykarmastream.com
terrário de vidro

https://mykarmastream.com/

Já esse terrário de vidro fica uma graça em ambientes internos. O parapeito de uma janela, por exemplo, pode ser o lugar ideal, pois recebe bastante luz do sol. Sem contar que fica uma graça esse tipo de mini jardim parecendo uma estufa.

suculentas em concha

https://www.succulentsandsunshine.com/

Tem pouco espaço na sua casa? Não se preocupe, pois as suculentas se adaptam facilmente em vários tipos de ambientes. Aliás, mesmo uma concha que você pegue na praia pode servir como vaso para suculentas.

mini jardin suspenso suculentas

https://flippedcase.com

Um mini jardim de suculentas suspenso também pode ser uma ótima solução tanto para dentro quanto para fora da sua casa. O melhor de tudo é que eles não ocupam tanto espaço.

Em seguida tenho mais algumas sugestões para você, olha só:


https://www.shelterness.com/
https://www.shelterness.com/
https://www.shelterness.com
https://www.shelterness.com/

https://flippedcase.com/
https://flippedcase.com/

Espécies de Plantas para Fazer Mini Jardim

Certamente é importante saber quais tipos de plantas são os mais indicados para montar seu jardim de suculentas.

Antes de tudo, é preciso que você saiba que aqui no Brasil encontramos mais de dois mil tipos de cactos e suculentas. Identificá-los é fácil, pois eles apresentam folhas mais “gordinhas” que retém a água.

Assim sendo, agora vou te mostrar quais os tipos de suculentas mais comuns para você comprar e fazer um mini jardim de fazer inveja!

Echevéria

Também chamada de rosa de pedra, ela é uma suculenta muito comum e lembra muito uma flor.

mini jardim Echevéria

Planta fantasma:

Lembra a echevéria, mas enquanto a primeira tem folhas arredondadas, essa tem folhas mais pontiagudas.

mini jardim Planta fantasma

Rabo-de-burro

Da mesma forma que anterior, as suculentas desse tipo são ideais para jardins suspensos e suas folhas lembram umas vírgulas e são todas bem juntinhas.

mini jardim Rabo-de-burro

Zebra

Com folhas pontiagudas e listradinhas, esse tipo de suculenta deixa sua composição muito bonita e diferente.

mini jardim planta zebra

Crassula ovata gollum

Essa curiosa suculenta lembra muito as orelhas do personagem do Shrek do filme de animação.

mini jardim Crassula ovata gollum

Sedum carnicolor

Com folhas que parecem gotículas, essa suculenta traz um visual bem legal e diferente para seu mini jardim.

mini jardim Sedum carnicolor

Claro que se você for a uma floricultura ou nos mercados de flores da sua cidade vai encontrar muitos outros tipos de suculentas e cactos para o seu mini jardim. Você pode acrescentá-los como preferir. O que importa é a sua criatividade!

Como Montar um Mini Jardim: Passo a Passo

Uma vez que você já sabe quais plantas são mais comuns e já te mostrei várias sugestões de um mini jardim de suculentas, chegou a hora de aprender como fazer seu jardim sem erro.

Nas fotos utilizamos uma pequena tigela, que levando em consideração o tamanho das plantas acaba sendo ideal. No entanto, você pode usar outros tipos de vasos para suculentas. Tudo depende do espaço que você tem disponível em casa e do tamanho das plantinhas.

Dica: Já ensinei aqui no Arte com Papel como fazer vasos de cimento na sua casa. Se você quiser pode fazer seus próprios vasos para montar os arranjos. Tenho certeza de que ficará ainda mais legal! Clique aqui e confira esse post.

Passo a Passo de Como Montar seu Mini Jardim de Suculentas

  • Em primeiro lugar, coloque cascalhos no fundo do vaso que você escolheu para montar seu mini jardim.
como fazer mini jardim de suculentas

https://www.homeyohmy.com
  • Logo após, coloque uma camada de terra (substrato), mas não encha muito. O ideal é colocar até a metade do vaso.
como fazer mini jardim de suculentas
https://www.homeyohmy.com
  • Em terceiro lugar, posicione as suculentas dentro do vaso apertando um pouco para que as raízes se fixem ao substrato.
como fazer mini jardim de suculentas
https://www.homeyohmy.com
  • Por fim, cubra o resto do vaso com terra e aperte novamente (não pode deixar ar entre as raízes e a terra, caso contrário a planta acaba morrendo).

Se você quiser dá para acrescentar outros elementos na decoração no seu mini jardim de suculentas, como musgos e cascalhos, por exemplo.

Viu como é fácil? E como eu disse lá no início, não precisa ser nenhum expert em paisagismo para fazer um belo mini jardim.

Quanto tempo dura um mini jardim?

Talvez provavelmente você tenha dúvida com relação a quanto tempo pode durar seu mini jardim de suculentas. A verdade é que tudo vai depender do tamanho do recipiente que você escolheu para montar a composição.

Do mesmo modo que outras plantas, as suculentas vão crescendo e precisando de um espaço cada vez maior. Isso significa que seu mini jardim pode durar algumas semanas ou até mesmo meses.

Conforme você perceber que sua planta está crescendo e o espaço já não está mais suficiente, o ideal é que você transporte sua suculenta para vasos maiores. Em seguida é só comprar mais mini suculentas e refazer seu arranjo.

Como Usar Vasos reciclados para Seu Mini Jardim

Uma excelente ideia na hora de fazer seu mini jardim de suculentas é utilizar vasos reciclados! Como aqui no Arte com Papel amamos reciclagem, portanto, fica sempre a sugestão de reaproveitar elementos que já temos em casa e customizar para fazer objetos totalmente novos.

mini jardim de suculentas latinhas de refrigerante

https://www.curbly.com/

Só para exemplificar, olha que interessante esse conjunto de vasos para suculentas reciclados feitos com latinhas de refrigerante! Sem dúvida é uma forma bem diferente e criativa de montar seu jardim de suculentas.

mini jardim rolhas de garrafas

https://a.crochet.tips/

Esse segundo exemplo também é ótimo pois utiliza rolhas de garrafas para montar um lindo vaso para suculentas. O toque de charme fica por conta das fitas de cetim.

Ah! Vale lembrar que um arranjo como esse fica muito legal de ser dado como lembrancinha de uma festa, por exemplo. Os convidados vão adorar!

mini jardim garrafa quebrada

https://br.pinterest.com

Já nessa terceira sugestão reaproveitamos garrafas de vidro para fazer um mini jardim de suculentas e o resultado final ficou um charme só!

Se você quiser saber como se faz um corte desses no vidro, leia nosso post sobre isso clicando aqui.


https://www.shelterness.com/

Objetos velhos também podem ganhar uma nova cara e novo uso com a sua criatividade, como essa maleta de ferramentas antiga que virou esse belíssimo jardim de suculentas.

Onde comprar vasos e outros materiais para seu mini jardim

Após tanta informação legal tenho certeza de que você já quer começar a fazer seu mini jardim hoje, não é? Assim sendo, é preciso saber onde encontrar os materiais que você precisa.

Mudas e substratos:

Antes de mais nada, as suculentas, substrato e os cascalhos podem ser encontrados nas floriculturas aí perto da sua casa mesmo. Isso é bom, pois além de ajudar na economia local, você também consegue ver exatamente o que está comprando.

Contudo, na internet você também consegue encontrar lojas que vendam mudas de suculentas. Minha dica é que você cheque onde a loja fica localizada para que sua planta não fique muito tempo em transporte.

Vasos:

Por outro lado, se você não quiser fazer seu próprio vaso reciclado, na internet você vai encontrar uma variedade enorme de modelos diferentes. Dos mais simples aos mais extravagantes!

Em sites como o Elo 7, Mercado Livre, Americanas e Leroy Merlin você tem diversas opções. É só escolher a que melhor se adequa ao seu projeto.

E aí, gostou de aprender como fazer um mini jardim de suculentas? No final das contas é sempre legal trazer um toque a mais na decoração da nossa casa e renovar o ambiente.

O bom é que esses arranjos não possuem um custo muito elevado. Dessa forma, se você quiser começar a vender pode obter um ótimo lucro. Sem contar que mexer com plantas faz super bem para a gente.

Ficou alguma dúvida? Quer fazer algum outro comentário? Então não deixe de comentar aqui embaixo, pois adoramos ouvir sua opinião!

Até a próxima!

Sugestões Criativas Para Fazer Uma Luminária Artesanal:

Certamente uma luminária artesanal pode trazer um charme todo diferente para diversos tipos de ambiente. E elas podem ser feitas com diversos tipos de materiais, inclusive com os reciclados.

Hoje aqui no Arte com Papel você vai ver sugestões bem legais e diferentes de como se fazer luminárias artesanais e como integrá-las ao ambiente, seja ele interno ou externo.

Se você ficou curioso(a) para descobrir as dicas que tenho, continue lendo que você logo saberá. Vamos lá!

01 – Luminária artesanal de mesa de canto rústica:

Essa primeira sugestão tem um ar rústico muito interessante e fica ótima com decorações tanto de exterior, quanto de interior que também sejam mais rústicas. A confecção de uma luminária como essa é bem simples.

Você irá precisar de tronquinhos de madeira e se quiser pode até reaproveitar uma luminária que você já tenha em casa. Arrume os tronquinhos em volta do corpo do abajur e prenda eles com a corda de juta para combinar com o estilo rústico.

Viu só? Um modelo simples, bonito e cheio de estilo para sua casa.

02 – Reaproveitando garrafas de bebida:

Essa sugestão aqui também é bem interessante e você pode reaproveitar garrafas de bebida que já estejam vazias aí na sua casa. O material necessário como bocal e a fiação para montar sua luminária artesanal você encontra em lojas de materiais elétricos e eles não costumam ser muito caro.

Dica: Se você não tiver muito conhecimento com a parte elétrica, veja se o funcionário da loja já não deixa os fios encaixados no lugar correto.

A parte de tecido desse abajur pode ser feita em casa com arames e tecidos, ou então você pode dar uma garimpada em brechós, pois sempre encontra coisas bem legais.

E o toque final aqui é que além da lâmpada na parte de cima, também colocamos aqueles pisca-pisca que usamos no natal dentro da garrafa, bem como algumas pedrinhas transparentes. O visual final é bem retrô e bonito! Vai ficar muito legal na mesa de cabeceira do quarto.

03 – Luminária de pendente em formato de globo:

Taí mais uma sugestão que fica bem tanto em ambiente externos quanto internos. Você pode pegar uma luminária que já perdeu a graça na sua casa e montar uma totalmente nova.

Para fazer uma luminária artesanal de pendente como essa você vai poder usar tanto quando tiras finas de madeira, quanto a juta (molhe a juta na cola e em seguida vá posicionando-a sobre uma bola e quando estiver seco estoure a bola e o globo estará formado).

04 – Luminária artesanal para quarto com pregadores de roupa:

Já essa outra sugestão de lâmpada artesanal fica ótima no quarto, por exemplo, pois os pregadores deixam uma espécie de meia luz bem interessante para esse tipo de ambiente.

Ademais, você não vai precisar de muitas coisas além do suporte de madeira e da estrutura da parte elétrica para a lâmpada. Cole os pregadores com cola quente como na foto e pronto! Sem dúvida um modelo bem simples e barato para se fazer.

05 – Arandelas para o jardim:

Fonte Imgur

Essa sugestão para o jardim e super criativa e nem precisa que as lâmpadas estejam ligadas à eletricidade, já que utilizamos aquelas em formato de vela que são de bateria ou pilha.

Caso você tenha uma cerca em casa, ou até mesmo na parede do lado de fora, aparafuse os ganchos e utilize potes de vidro velhos para prender as correntes aos ganchos. O bom é que se a bateria de alguma das lâmpadas acabar, é só abrir o pote e trocar.

06 – Luminárias modernas feitas com cano de PVC:

Olha que interessante essa sugestão de luminária artesanal feita com canos de PVC. Uma tipo de material super barato e fácil de encontrar. Uma das melhores formas de se cortar o cano de PVC é com uma serra, mas o ideal é esquentar ela um pouco, pois aí fica mais fácil de cortar o cano.

Além disso, o efeito final depois que se encaixa o bocal e a lâmpada é bem interessante e cria um ar de modernidade ao ambiente.

07 – Reaproveitando o pisca-pisca para fazer uma luminária de teto:

Se você não vai mais utilizar os pisca-piscas do natal, a sugestão é reaproveitá-los e fazer uma luminária artesanal de teto bem legal como essa. Você pode utilizar um bambolê antigo e revesti-lo e depois só ajeitar as lâmpadas em volta dele (não esqueça de prender os fios no bambolê com um pinguinho de cola quente).

08 – Luminária artesanal utilizando a papietagem:

Antes de mais nada, a papietagem é uma técnica bem legal que trabalha com papel reciclado para fazer objetos de decoração incríveis. Nós já a ensinamos aqui, mas se você perdeu, é só clicar aqui e ler esse artigo tão legal.

Essa luminária de teto é feita justamente com essa técnica e o visual final é muito interessante, como você pode ver.

09 – Luminária de mesa com canos de PVC:

Fonte Marrietta

Mais uma sugestão bem moderna com canos de PVC, no entanto dessa vez optamos por utilizar canos bem pequeno e colá-los em volta de um globo branco fosco como se fosse um ninho. Aqui o interessante é utilizar uma lâmpada de LED para realçar o branco do PVC.

10 – Utilizando renda e potes de vidro:

Apenas com 1m de renda e alguns potes de vidro você será capaz de fazer luminárias como essas e elas são bem simples. Você pode escolher instalar a fiação, ou optar por lâmpadas com bateria, assim pode levar para qualquer lugar. Já a renda, basta colá-la no pote com cola quente.

Bônus: Mais sugestões de luminárias artesanais

Para finalizar, separei mais algumas sugestões que eu tenho certeza de que vão te inspirar e você vai adorar. Então olha só:

Fonte homestyle
Fonte Makeself
Fonte hgtv
Fonte futurenow
Fonte Natalie Sampson

Espero que você tenha gostado das sugestões de como fazer luminária artesanal. Agora é hora de colocar em prática tudo o que você aprendeu por aqui. Caso tenha alguma dúvida ou queira dar sua opinião é só comentar aqui embaixo.

Até a próxima!

estilo escandinavo

Estilo Escandinavo – Tudo o que você precisa saber

De fato, existem diversas forma de se decorar os ambientes da nossa casa. Enquanto algumas pessoas preferem algo mais eclético, outras já são mais adeptas de um estilo mais tradicional ou até mesmo contemporâneo de decoração.

Desse modo, entre tantos estilos diferentes de decoração, há um que vem ganhando cada vez mais adeptos não só aqui no Brasil, como no mundo: o estilo escandinavo.

Hoje aqui no Arte com Papel você vai conhecer mais sobre esse estilo, quais são suas principais características, além de receber várias sugestões de decoração de ambientes com ele.

Curioso(a) para saber mais sobre o estilo escandinavo? Então continue sua leitura para descobrir muitas coisas interessantes sobre ele.

Afinal de contas, o que é o estilo escandinavo?

Conforme dito anteriormente, o estilo escandinavo é uma forma de se decorar ambientes cuja influência vem dos países do norte da Europa, de uma região conhecida como Escandinávia, por exemplo a Noruega, Finlândia, Noruega e Suécia.

Esse é um estilo bem recente, datado já do final do século XIX. Ele surgiu em Estocolmo durante a Exposição de Artes e Indústrias. No entanto, ele se popularizou somente a partir da segunda metade do século XX e a partir daí ele ganhou o mundo!

Agora você vai conhecer um pouco sobre as principais características desse estilo de decoração.

Principais características do estilo escandinavo:

Antes de mais nada, um fator que influenciou bastante o estilo escandinavo foi o clima da região. É provável que você já tenha ouvido falar que a região da Escandinávia é marcada pela baixa incidência de luz solar na maior parte do ano.

Com isso, os arquitetos precisaram adaptar o espaço de forma que se pudesse otimizar e aproveitar ao máximo a luz do sol. Então eles encontraram algumas soluções muito interessantes:

  • Uso do janelas e claraboias grandes para aproveitar a luminosidade natural o quanto der.
  • Utilização de cores claras e neutras nas paredes e móveis, em especial o branco, pois essas cores refletem a luz e deixam o ambiente mais claro.

Além disso, outra característica marcante do estilo escandinavo é que eles prezam muito por ambientes aconchegantes. Já que a maior parte do tempo na região faz muito frio, geralmente as pessoas preferem encontrar amigos e familiares em suas próprias casas.

Em virtude desse fato, é preciso que os cômodos reflitam esse aconchego, de modo que todos sintam-se em casa. Isso se reflete no uso de mantas, tapetes e almofadas volumosas (daquelas que a gente chega em um ambiente e já queremos tirar os sapatos para ficar à vontade, ou mesmo relaxar no sofá).

Somado ao que já citamos, no estilo escandinavo a tendência é utilizar uma decoração minimalista e de boa qualidade. Você vai encontrar poucos elementos decorativos, bem como móveis e eletrodomésticos, mas todos serão de ótima qualidade.

Por fim, se estiver pensando em adotar o estilo escandinavo na sua decoração, aposte na fluidez dos ambientes e no conceito aberto. Ambientes integrados e abertos, além de manter as pessoas mais próximas e dar aquela sensação de aconchego, também permitem que a luz consiga iluminar muito mais do ambiente.

Ideias de decoração no estilo escandinavo para aplicar na sua casa:

Bom, agora que você já conhece um pouco mais sobre esse estilo de decoração tão interessante e as suas principais características, separei algumas sugestões de ambientes decorados seguindo esse estilo. Assim você vai se inspirar e adaptar essas soluções para sua casa.

Em primeiro lugar temos essa sugestão de sala de estar inspirada no estilo escandinavo. Você pode perceber as características que eu já citei aqui nas janelas bem amplas e nos tons claros na maioria das paredes e móveis.

Repare que mesmo os objetos em madeira são de madeira bem clara. Outra coisa a se reparar é o conceito aberto. Logo após a sala já temos a cozinha e a sala de jantar.

Por outro lado, nessa segunda sugestão, é o branco que preenche quase que toda a sala, incluindo as escadas que levam ao andar superior. O ponto de destaque são os poucos móveis com uma cor mais forte e as plantas. Repare como o branco realça a luz natural, deixando o ambiente muito mais claro.

Fonte: Lorenacanals

Mesmo que você não tenha um espaço muito amplo, é possível adaptar sua casa para o estilo escandinavo como nesse caso da foto. Um pequeno canto da casa, muito provavelmente sem uso, ganhou nova vida apenas com poucos elemento. Lembre-se que no design escandinavo o menos significa mais então, aposte em uma decoração minimalista.

Lembra que falei que uma das características desse estilo é o clima aconchegante? Nada melhor do que mantas para espantar o frio e essa é a aposta dessa sala. Seja as mantas no sofá e na poltrona ao fundo, seja as almofadas de pelúcia deixam o clima mais agradável e aconchegante. Só falta mesmo uma boa xícara de chocolate quente!

Nem os quartos ficam de fora no estilo escandinavo. Aqui também se aposta na exploração do potencial da luz natural. O legal desse estilo é que os nórdicos possuem tão pouco da luz do sol ao longo do ano que eles aprenderam a valorizar bastante ela de modo que ela é a grande estrela do ambiente.

Repare também que existem elementos naturais muito presentes nesse estilo, como a madeira. Tudo sempre com um acabamento impecável.

Legal ver como podemos aplicar o estilo escandinavo à nossa realidade, não é mesmo? Então dê uma olhada nessas outras sugestões de decoração que separei para você:

Fonte: Damselindior

Fonte Homify

Muito interessante esse estilo escandinavo, não é? E que tal você começar explorar as potencialidades da iluminação da sua casa e renovar os ambientes levando como base esse estilo de decoração.

Tenho certeza de que você vai conseguir fazer coisas muito legais! Se ainda tem alguma dúvida sobre o estilo escandinavo, deixe seu comentário aqui embaixo.

Até a próxima!

Remodelando o Ambiente: Como Fazer Cabeceira De Cama Box Casal Artesanal

Antigamente as camas vinham como uma estrutura já pronta e isso incluía a cabeceira. No entanto, hoje em dia, com a popularização das camas box, aparentemente, as cabeceiras perderam seu espaço, mas apenas aparentemente.

Mais recentemente a cabeceira de cama box casal e também de solteiro voltaram com tudo e trouxeram consigo um novo ar de modernidade. Hoje vemos uma infinidade de modelos diferentes de cabeceiras e com diferentes materiais.

Nesse post você vai ver várias ideias de como fazer cabeceira de cama box casal artesanal aí mesmo na sua casa e sem precisar gastar muito dinheiro.

Curioso(a) para saber que modelos separei? Então continue lendo para descobrir!

01 – Utilizando madeira de demolição para fazer uma cabeceira de cama box casal artesanal

Sem dúvida, essa primeira sugestão de cabeceira traz um ar rústico bem legal para o quarto e o que chama mais atenção é que ela imita uma porta de celeiro. A madeira de demolição é bem fácil de encontrar se próximo à sua casa tiver alguma obra. Lembrando que o interessante aqui é justamente que as madeiras não combinem entre si.

O suporte para a cabeceira é apenas a barra de ferro e as rodas onde prenderemos as madeiras. No final temos uma cabeceira simples, rústica e muito bonita, que fica ótima em quem mora no interior, por exemplo, ou possui uma decoração mais rústica em casa.

02 – Cabeceira de cama box casal feita com juta:

A juta é um material orgânico muito legal de se trabalhar e aqui nessa sugestão utilizamos centros de mesa e suporte de pratos feitos em juta para montar essa composição de cabeceira de cama box casal.

Um quarto com uma cabeceira como essa e algumas plantas, certamente cria uma atmosfera bem legal e relaxante para os seus ocupantes.

03 – Cabeceira de cama box casal acolchoada:

Por outro lado, se você é daquele tipo de pessoa que gosta de se recostar na cama para ler, ou até mesmo usar o celular o ideal é ter uma cabeceira acolchoada como essa. E olha que essa estrutura é bem simples de fazer.

Antes de mais nada é preciso separar a quantidade exata de quadrados de MDF para cobrir toda a área atrás da cama. Coloque enchimento e cubra com o tecido. Por fim é só prender os quadrados diretamente na parede, ou posicioná-los em uma tábua e em seguida prendê-la na parede.

04 – Um toque asiático com uma cabeceira de bambu:

Foto diy-enthusiasts

Da mesma forma que a juta, o bambu também é um elemento orgânico e ele está muito presente nas decorações com ar oriental. Nessa sugestão temos uma cabeceira simples, mas que ao mesmo tempo agrega um ar sofisticado à sua peça. Mas tome cuidado, pois dependendo da largura do bambu ele pode ser mais frágil e aí não indico se recostar na cabeceira.

05 – Usando fotos para montar uma cabeceira:

E que tal montar uma cabeceira de cama box casal com fotos de momentos importantes para a vida dos dois? Nessa sugestão é ideia é emoldurar fotos de momentos marcantes e pregá-las sobre uma estrutura de madeira que será pregada na parede. Certamente esse é um estilo de cabeceira mais conceitual, mas que também fica muito interessante no quarto.

06 – Cabeceira capitonê:

Com toda certeza esse é um estilo de cabeceira de cama box casal muito comum em lojas para vender, mas isso não impede que você faça a sua na sua casa.

Para uma cabeceira como essa você deve pegar uma placa de MDF e já furar os locais exatos onde ficarão os botões. Em seguida você irá prender a espuma e a manta acrílica e finalizar com o estofamento. Por fim, é só costurar os botões e prender na parede. Embora pareça meio complicado, você verá que é bem simples.

07 – Reaproveitando portas antigas:

Similarmente, aqui temos mais uma sugestão de como reaproveitar elementos antigos na decoração atual. Nessa sugestão de cabeceira de cama box de casal foi usado duas portas antigas, foi feito um trabalho de patina e incorporado à estrutura da cama.

Em virtude de ela ser mais alta, o ideal é que se prendam as portas também na parede para que não haja riscos de acidentes.

08 – Cabeceira iluminada:

Nessa próxima sugestão de cabeceira de cama box casal foi utilizado uma estrutura simples de madeira e coberto com um tecido mais fino.  Toque final e o grande charme são as luzes de pisca-pisca que foram colocadas no interior da estrutura.

Quando se apaga as luzes e ligam-se as luzinhas, o clima no ambiente fica muito legal e aconchegante. Além disso, é uma ótima ideia para reaproveitar os elementos do natal que não iremos mais usar.

09 – Tiras de elástico para compor a cabeceira de cama box casal:

Fonte thespruce

Da mesma forma que a cabeceira anterior onde foi utilizado uma estrutura bem simples, aqui apenas temos um quadrado grande de madeira e entrelaçamos tiras de elástico para compor a cabeceira de cama box casal.

O bom é que o elástico seja daqueles mais resistentes, pois aí você pode até apoiar a cabeça e ainda sim ficar confortável.

10 – Cabeceira de livros:

Sabe aqueles livros antigos que você já não usa mais? Pois eles podem se transformar em uma cabeceira bem legal para seu quarto.

Nessa sugestão, os livros tiveram as capas pintadas com cores bem fortes e colados, em seguida a uma estrutura de madeira. No final a composição fica muito interessante e moderna.

Bônus: Mais sugestões de cabeceiras de cama box casal artesanal

Por fim, separei mais algumas sugestões para você se inspirar e fazer a sua própria cabeceira de cama box casal. Dá uma olhada:

Foto decor-zoom
Foto decor-zoom
Foto decor-zoom
Foto cutediyprojects.com
Foto cutediyprojects.com
Foto thespruce.com

Espero que tenha gosta das sugestões de como fazer cabeceira de cama box casal artesanal. Deu para perceber que opções não faltam. O difícil agora será escolher qual fazer na sua casa, não é mesmo?

Até a próxima!

Descubra Como Fazer Um Pot-Pourri E Deixar Seus Ambientes Ainda Mais Perfumados:

Você sabe o que é pot-pourri? Certamente que você gosta que os ambientes da sua casa estejam sempre perfumados, não é mesmo? Mas aí vem a dúvida de como deixar um perfume gostoso na casa por mais tempo.

No entanto a resposta é mais simples do que você pensa:  coloque um pot-pourri com o aroma de sua escolha e deixe o ambiente com um cheirinho bem gostoso por mais tempo.

Hoje você vai descobrir como fazer seu próprio pot-pourri de forma simples e rápida. Mas se você nunca ouviu falar nessa técnica fique tranquilo, pois eu vou te explicar exatamente como funciona.

Quer aprender como fazer um pot-pourri? Sendo assim, continue sua leitura para descobrir várias dicas bem legais.

O que é para que serve o pot-pourri:

Fonte stylechum

Antes de mais nada, não vamos confundir o nosso pot-pourri com pout-porri. Enquanto o pout-pourri sequer existe, o pot-pourri é uma técnica de origem francesa que tem a ver com misturas.

Para nós do artesanato, a mistura da qual estamos falando é aquela onde misturas elementos secos como flores, folhas e frutas desidratadas com aromatizantes naturais para trazer um aroma gostoso para dentro de casa.

O mais interessante é que o pot-pourri é uma técnica bem fácil de se fazer a utiliza materiais bem baratos. Além disso, a combinação certa de aromas pode ter, inclusive, um fim terapêutico, deixando os moradores da residência mais calmos e relaxados.

O pot-pourri também lembra um pouco os sachês perfumados (caso queira conhecer um pouco mais como fazer sachê perfumado clique aqui https://www.artecompapel.com/wp/como-fazer-sache-perfumado/). No entanto a diferença é que o pot-pourri, além do cheiro, também pode se transformar em um elemento de decoração bem chique e logo vou te mostrar sugestões de composições bem legais.

Ademais, agora que você já conhece um pouco mais sobre essa técnica francesa, vamos descobrir como fazê-la. Vamos lá!

Como fazer um pot-pourri de flores secas:

Fonte stylechum

Conforme dito anteriormente, o pot-pourri é uma técnica bem barata e acessível. Para construir um arranjo com flores secas iremos precisar dos seguintes materiais:

  • Flores secas (se quiser também pode acrescentar algumas frutas desidratadas)
  • Ervas aromáticas
  • Óleos essenciais de sua preferência
  • Recipiente para montar o arranjo
  • Elementos de decoração como pedras e bijuterias à sua escolha
  • Pote de conserva

Passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, coloque as flores secas e as ervas em um pote de conserva e acrescente gotas do óleo essencial que você preferir.
  2. Em segundo lugar, mexa um pouco para que o óleo se espalhe e em seguida tampe o pote bem e reserve por cerca de duas semanas (lembrando que quanto mais tempo você deixar o pote tampado, mais o cheiro vai apurar). Mas lembre-se de sacudir o pote a cada 3 dias para que os aromes se misturem cada vez mais.
  3. Por fim, após passarem as duas semana, coloque o conteúdo que estava dentro do pote no recipiente que você escolheu para decorar e finalize com algum outro elemento de decoração que você deseje.

Como fazer flores secas em casa:

Caso você esteja com dificuldades de encontrar flores secas perto de onde você mora, minha dica é que você faça aí mesmo na sua casa. É uma técnica bem simples e fácil de fazer, no entanto ela leva um tempinho até chegar no ponto certo.

Para fazer as flores secas, basta você comprar um buque de flores e deixá-lo pendurado de cabeça para baixo em um local que seja bem iluminado e que esteja longe de humidade. Após cerca de duas semanas as flores estarão prontas.

Porém se você morar em um lugar mais húmido pode ser que esse processo leve um pouco mais de tempo.

Sugestões de decoração com pot-pourri:

Uma vez que você já sabe como agregar aromas às flores secas para fazer um arranjo de pot-pourri, vamos ver as sugestões que separei de decoração usando essa técnica. Vamos lá:

Fonte Stylechum

Nessa primeira sugestão o arranjo de pot-pourri virou um belo centro de mesa. Aqui fizemos uma composição que utiliza uma bandeja junto com as velas e pedras decorativas. Além disso, não só temos o bowl com o pot-pourri, como também foi acrescentada uma garrafa com flores secas para completar o visual.

Sem dúvida um centro de mesa como esse acrescenta todo um charme e elegância ao ambiente, além de deixá-lo cheiroso.

Fonte Pinterest

Aqui agora temos uma decoração com pot-pourri temática para o natal. As flores e frutas secas e ervas foram colocadas dentro da estrutura da árvore de natal. Um charme a mais para uma noite tão especial em família.

Fonte decortips

O banheiro também é um ótimo lugar para colocarmos arranjos de pot-pourri, pois é uma parte de casa, até por estar com mais humidade tende a acumular odores e nesse sentido o pot-pourri pode ajudar a controlá-los.

Se você tiver uma bancada de banheiro maior fica bem interessante posicionar seu arranjo em cima dela, ou então perto de alguma janela por onde entre ar e assim espalha mais os aromas.

Fonte tidbits

O pot-pourri também pode ser uma excelente sugestão de lembrancinha em festas, reuniões ou outras datas comemorativas. Coloque a mistura do pot-pourri nos potinhos e entregue aos seus convidados no final da festa.

Vendendo pot-pourri:

Por fim, o pot-pourri também pode ser uma oportunidade de negócios. Afinal de contas, nem todos gostam de fazer trabalhos manuais, mas certamente todos gostam de ter a casa bonita e perfumada.

É aí que entra o seu espírito empreendedor! Faça as misturas de flores e ervas, coloque em saquinhos de plástico como esses e anuncie para familiares e amigos ou até mesmo na internet.

E não tem problema nenhum em enviar pelo correio, pois já te falei que quanto mais tempo o seu pot-pourri ficar fechado, mais os aromas vão se incorporar aos objetos desidratados.

Ficamos por aqui e hoje você aprendeu a técnica francesa de pot-pourri e como ela pode ser incorporada aos ambientes da sua casa. Agora é hora de colocar em prática o que você aprendeu aqui e fazer seus próprios arranjos.

Até a próxima!

Como Fazer Difusor De Ambiente Para Deixar Sua Casa Mais Cheirosa:

Todo mundo gosta de ter uma casa bonita e cheirosa, não é mesmo? E para deixar a casa perfumada por mais tempo um truque bastante legal é utilizar um difusor de ambiente com alguma essência que você goste.

Hoje eu vou te mostrar como fazer difusor de ambiente com diferentes ingredientes. Aliás, essa é uma ótima oportunidade para você fazer kits para venda.

Se você quer aprender todas as dicas que eu tenho para você, continue sua leitura para descobrir mais.

Como fazer difusor de ambiente com amaciante:

Foto: cradiori

Aqui no Arte com Papel já te ensinei a fazer amaciante caseiro, você lembra? Se ainda não leu, confira o post clicando aqui.

Porém, agora você vai ver que pode usar esse amaciante que você aprendeu a fazer, ou até mesmo os amaciantes que vendem no mercado para fazer um aromatizador e ambientes.

Para fazer esse tipo de aromatizador vamos precisar dos seguintes ingredientes:

  • 50 ml de amaciante de roupas (caseiro ou industrializado)
  • 200 ml de água
  • 200 ml de álcool líquido 70%
  • Recipiente spray

Passo a passo:

  • Coloque dentro do recipiente spray a água, o amaciante e o álcool e misture muito bem.

Viu como é fácil? Depois de pronto você pode borrifar pela casa. O legal é você borrifar nos lençóis, no sofá, na cama e nas cortinas, pois os tecidos absorvem melhor a mistura.

Dica: Se você quiser aromas diferentes é só trocar o amaciante por algum outro de sua preferência.

Utilizando Coala para o seu difusor de ambiente:

Caso você ainda não conheça o Coala é uma marca de aromatizante de ambientes concentrado com uma grande variedade de aromas e com certeza um deles vai ser do seu agrado.

Como ele é concentrado, um único vidrinho desses dura por bastante tempo. Para você ter uma ideia, segundo a embalagem do produto, para cada litro de água você vai precisar de apenas 10 gotinhas de aromatizante. Bastante econômico, não é mesmo?

Utilizando o aromatizador pela casa:

Uma vez que você faça a quantidade desejada de aromatizador, existem diversas formas de se espalhar o aroma pela casa e eu vou te dar algumas ideias logo a seguir.

  • Pingar algumas gotinhas do aroma na parte interna do rolo de papel higiênico para deixar o banheiro mais cheiroso.
  • Borrifar sobre flores artificiais que você utilize na decoração da sua casa.
  • Colocar dentro de um pote de vidro bem bonito e colocar umas varetas de madeira, criando um difusor de ambiente como o da foto a seguir.

Essência ou óleo essencial para fazer difusor de ambiente:

Outra forma bem interessante de se fazer um difusor de ambiente é utilizando essências ou óleos essenciais. Para se encontrar esses produtos é bem fácil, seja na internet, seja em lojas especializadas de essências na sua cidade mesmo.

Vamos precisar dos seguintes ingredientes:

  • 100 ml de álcool de cereais
  • 500 ml de essência da sua preferência
  • 100 ml e água mineral
  • 1 frasco de vidro
  • Palitos de churrasco

Passo a passo:

De fato, o modo de preparo desse difusor de ambiente é tão fácil quanto o primeiro que eu ensinei com amaciante.

Basta misturar os ingredientes bem e em seguida colocar dentro do frasco de vidro. Por fim, é só cortar as pontas dos palitos de churrasco e colocar dentro do frasco de vidro.

Aliás, uma ótima sugestão de essência para você comprar e que deixa um cheiro bem gostoso no ambiente é a de canela. Não deixe de experimentar! Você ainda pode completar o visual acrescentando a canela em pau dentro do recipiente para potencializar o aroma.

O interessante é que além de deixar o ambiente perfumado, esse difusor de ambiente é uma bela peça de decoração. Inclusive você pode colocar um pouco de anilina no frasco para ter cores diferentes e combinar com a decoração do cômodo onde o difusor está.

Como espantar os mosquitos com difusor de ambiente:

Foto hgtv

Ninguém merece ir dormir e ficar sendo picado por mosquitos, não é mesmo? A melhor coisa é fazer um difusor de ambiente usando a citronela para espantar os mosquitos da sua casa.

A citronela é uma planta com um aroma bem gostoso e seu óleo essencial possui diversos benefícios. Ele é antidepressivo, revigorante, antisséptico, além de ser um ótimo repelente de insetos.

Para utilizar o óleo essencial de citronela basta utilizar a mesma explicação que eu dei acima, misturando o óleo essencial de citronela com água e o álcool de cereais. Você vai ver que os mosquitos vão deixar de incomodar e seu ambiente ficará super cheiroso.

Fazer difusor de ambiente para vender:

Foto Etsy

Lembra que eu disse que você pode fazer difusores de ambientes para vender? A minha dica é que você faça kits bem atrativos que tenham não só a função de deixar o ambiente com um cheiro bom, mas também que se integre à decoração da casa do cliente.

Essa primeira sugestão, por exemplo, decoramos o franco de vidro com o perfume com um saquinho de juta e as flores artificiais. O toque final fica por conta das varetas que foram pintadas de branco.

Foto Elo7 por 3 Gerações Ateliê

Outra ideia que também dá super certo é fazer difusor de ambiente como lembrancinha para festas, batizados ou outras comemorações para dar aos convidados quando eles forem embora.

Você pode fazer kits personalizados, o que agrega valor ao seu produto. Se você tem dúvidas de quanto cobrar em um kit como esse, dê uma lida em nosso post sobre como calcular preço para o seu trabalho, pois tenho certeza de que você vai adorar. Além disso, não deixe de usar nossa calculadora de preço de artesanato.

Vou deixar também mais algumas imagens de kits de difusor de ambientes para inspirar você:

Foto Elo7 por Ateliê Zelma

E aí, gostou das dicas de hoje de como fazer um difusor de ambiente? Agora vai ficar fácil de fazer um aí para sua casa ou até mesmo para começar a vender!

Se ficou alguma dúvida ou quiser compartilhar sua experiência com a gente, deixe seu comentário aqui embaixo. Vamos adorar te ouvir!

Até a próxima!

Veja também:

Como fazer pot-pourri

Dando uma nova cara ao que você tem: Como customizar sapatos

Às vezes queremos transformar certas peças de roupas e acessórios que temos em nosso guarda-roupa para criar novos looks sem precisar gastar muito dinheiro.

E hoje trago para você dicas super legais de como fazer customização de um item que usamos bastante: os sapatos.

Outra coisa que às vezes acontece é que compramos um sapato pela internet e quando ele chega não é bem como a gente imaginava. Ou até mesmo compramos já na intenção de modificá-lo.

Nesse post vamos aprender como customizar sapatos utilizando materiais simples e que no final vão gerar um resultado incrível, que nem vai parecer que o sapato já é usado (se esse for o caso).

Se você quer saber como fazer para dar uma cara nova para os seus sapatos velhos ou quer dar uma modificada em um sapato que comprou, continue a leitura para descobrir muito mais.

Como customizar sapato com pérolas e strass:

Fonte etsy

As pérolas e o strass, quando usados na medida e na combinação certas, trazem um efeito muito legal para qualquer tipo de sapato, seja ele tênis, sapatilha, sandália ou até mesmo salto alto.

Nessa sugestão acima as pérolas foram aplicadas em toda a extensão do tênis com copa para tecido e na parte de trás ainda foi usado strass. Só esses dois elementos já mudariam por completo a estética desse tênis, cuja marca possui uma pegada e um design mais despojado.

O toque final fica por conta do cadarço que foi trocado por essa fita branca bem delicada, completando o visual novo do tênis.

Essa dica de como customizar sapatos é bastante utilizada por noivas no dia do casamento. Elas optam por trocar o modelo de salto usado na cerimônia (que na maioria das vezes pode ser bem desconfortável), por um tênis customizado como esse. Isso é interessante porque elas conseguem aproveitar mais a festa.

Fonte weddbook

Por outro lado, essa customização focou nos detalhes e cobriu com pérolas apenas o salto e não todo o sapato.

Do mesmo jeito que algumas noivas customizam um tênis para usar durante a festa, o contrário também é super válido. Você pode pegar o sapato de salto branco usado em uma festa ou na cerimônia e incrementá-lo para usar em outras ocasiões.

Fonte taylors

As crianças também não ficarão de fora dessa! Uma ótima ideia para customizar sapatos é incrementar os sapatos dos pequenos com strass.

Utilizando uma cola especial para colar strass, deixe sua imaginação correr solta e acrescente detalhes brilhantes ao calçado, como é esse caso da foto que aplicou as pedras apenas a alguns pedaços do sapato e fez a inicial da criança na lateral.

Bem interessante essas ideias de como customizar sapatos com pérolas e strass não é mesmo? Pois eu separei mais algumas opções para você se inspirar, olha só!

Fonte weddbook
Fonte weddbook
Fonte poshmark

Customizando com glitter:

A purpurina é outra forma bem legal de como customizar sapatos novos ou velhos. Às vezes queremos trazer um brilho a mais para os nossos calçados e essa é uma ótima alternativa. E serve tanto para adultos quando para adolescentes e crianças.

Com uma cola especial, passe nas áreas do tênis que você deseja e em seguida coloque a purpurina e espere secar para tirar o excesso.

No entanto, pode ser que conforme você lave o tênis que a purpurina acabe saindo. Sendo assim, te aconselho a reaplicar a purpurina de vez em quando se você notar que ela está saindo e o sapato está ficando feio.

Dica: Para evitar que isso aconteça mais rapidamente, depois que retirar o excesso de purpurina passe mais uma camada de cola por cima do glitter e espere secar para usar.

Para uma festa à noite o efeito da purpurina nos sapatos também fica bem legal. E esse sapato da foto guarda uma particularidade.

Talvez não dê para perceber, mas ele era totalmente amarelo antes da customização. Então, antes de aplicar o glitter foi passado uma camada de tinta azul para que o fundo não destoasse muito das cores de glitter utilizadas.

O legal aqui é que utilizamos 3 cores diferentes de purpurina, criando um efeito dégradé diferente.

Mais sugestões de como customizar sapatos com purpurina:


Fonte liveabout
Fonte bellatory

Dando uma cara nova aos sapatos com tecido:

Quem trabalha com tecido e tem retalhos maiores sobrando pode utilizá-los para cobrir um sapato e dar uma cara totalmente nova e única a ele.

Porém, antes de sair colando o tecido no sapato eu te aconselho a fazer moldes e recortar o tecido, assim você acaba não tendo que ficar tirando excessos das laterais. Veja alguns tipos de tecido aqui

Nesse modelo ainda utilizaram fitinhas para dar um toque final no acabamento.

Fonte momspark

De forma semelhante ao anterior, também cobrimos esse par de sapato com tecido, porém aqui foi utilizada a renda.

O interessante aqui é usar cores diferentes de renda para o fundo do sapato se sobressair e criar um efeito diferente.

Legal essas sugestões, não é? Então olha mais essas ideias de como customizar sapatos com tecido e renda.

Fonte popbetty


Finalizando com a customização com tinta:

Por fim, a última sugestão de como customizar sapatos fica por conta da tinta. E a verdade é que seu sapato pode se tornar uma verdadeira tela em branco!

Nesse modelo foi feita uma pintura bem mais abstrata. Para fazer esse efeito basta molhar o pincel na tinta e respingar sobre o sapato. Só não esqueça de retirar os cadarços antes de fazer esse procedimento.

Mas se você tiver os dotes do desenho e da pintura também fica muito legal fazer desenhos mais elaborados nos seus calçados.

Mais sugestões de como customizar sapatos com tinta:

Fonte starsandstripesdesign
Fonte bstreetshoes

Viu como existem diferentes formas de como customizar sapatos? Sejam eles novos ou usados.

O mais interessante é que depois desse processo eles serão únicos e exclusivos e quem sabe até não surjam pedido para você fazer o mesmo nos sapatos de familiares e amigos?

Até a próxima!

Aprendendo A Fazer Um Biombo Para Sua Casa

Talvez os biombos sejam utilizados a mais tempo de que possamos imaginar, mas a verdade é que eles além de serem um elemento de decoração, possuem também toda uma funcionalidade.

No post de hoje você vai ver várias formas e dicas de como fazer um biombo aí para a sua casa e dar um upgrade na sua decoração.

E aí, preparado(a) para aprender muita coisa legal? Então continue sua leitura para se surpreender ainda mais com esse elemento de decoração super funcional.

Qual a utilidade de um biombo?

Antes de mais nada, o biombo nada mais é do que uma estrutura, geralmente feita com madeira, constituída por painéis, geralmente ligados por dobradiças, que permitem que a gente o estique ou encolha de acordo com a nossa necessidade.

Antigamente ele era usado como proteção para as pessoas que estavam trocando de roupa no quarto. Porém, hoje em dia ele se tornou um elemento bem versátil, sendo usado como decoração, redutor de luminosidade dos ambientes ou como delimitador de espaço em cômodos, sem que haja a necessidade de se erguer uma parede, por exemplo.

Você vai ver como fazer um biombo com vários materiais diferentes e como eles podem ser integrados ao ambiente. Vamos lá!

Como fazer um biombo de madeira ou MDF:

Fonte homify

Não necessariamente um biombo precisa conter várias divisórias dobráveis. Nesse exemplo ele funciona como um divisor de ambientes de peça única. Além disso, ele ainda pode funcionar como um espaço para colocar decorações, como vasos de plantas.

A madeira trabalhada em seu interior é, sem dúvida, o charme a mais desse biombo de madeira.

O mais legal do biombo em madeira ou MDF é que ele possui uma variedade de estilos dependendo de que madeira foi usada ou até mesmo o trabalho que é feito na madeira. Ele vai acabar sendo mais rústico, clássico ou moderno de acordo com o estilo usado em sua confecção.

Fonte brabbu

Uma outra dica bem legal é usar compensado para fazer o biombo. É um material barato e você pode fazer peças bem interessantes com eles. Inclusive transformar o biombo em um mural de fotos.

Para você se inspirar, separei aqui mais algumas ideias de biombo de madeira ou MDF para você.

Fonte brabbu
Fonte brabbu

Biombo de bambu:

Fonte paintingz

Bastante tradicional, o biombo de bambu é uma marca do estilo oriental de decoração e ele pode ficar bem bonito na sua casa.

Um biombo como esse da foto é bem fácil de fazer e não precisa de muitos elementos, tendo em vista é necessário apenas a estrutura em bambu e o tecido para funcionar como divisória. E o resultado é bem clássico e traz um ar mais zen para sua casa ou apartamento.

Fonte vntg

Da mesma forma que o bambu, o ratan também traz um ar diferenciado para o ambiente. O interessante que por ser uma fibra, conseguimos fazer trabalhos trançados bem bonitos e elegantes para decorar o nosso biombo.

Aqui por exemplo a estrutura foi feita com bambu e todo o trabalho de decoração do seu interior foi feito com ratan. E o resultado é incrível, não é mesmo?

Se você gostou, que tal olhar mais essas sugestões de como fazer biombo com bambu:

Fonte domino
Fonte etsy

Incluindo o tecido na estrutura:

E que tal acrescentarmos tecido ao nosso biombo? O mais interessante é que teremos uma infinidade de estampas diferentes, basta escolher aquela que fica melhor com a decoração da sua casa.

Nessa sugestão o biombo é apenas um elemento de decoração, mas que agrega um charme vintage junto com os demais móveis. Note que o tecido não foi deixado muito esticado propositalmente.

Por outro lado, essa outra proposta de biombo com tecido fica ainda mais legal à noite quando ligamos as luzes.

Perceba que a estrutura é simples, assim como o tecido escolhido para as divisórias, porém, ao se ligar as luzes (que podem ser aquelas que usamos para decorar a árvore e a casa no natal) e ambiente fica muito charmoso e diferente.

Mais sugestões:

Fonte craftyclub
Fonte ayefordesignlfd

Biombo com Pallets:

Eu já ensinei por aqui várias coisas para se fazer com pallets, como por exemplo hortinhas e mesas e agora você verá que é possível usar esse material tão barato para fazer o seu biombo.

Aqui ainda foi aplicado a técnica da patina para dar um ar mais vintage à peça e que, apesar de ter várias cores diferentes, ainda sim é bem bonita.

Fonte pinimg

Como divisor de ambientes, esse biombo de pallet ficou muito interessante, apesar de ter sido feito nenhum trabalho diferente, além de pregar os pallets um ao outro.

O mais interessante é o ar rústico que esse tipo de biombo feito com pallet traz para o ambiente.

Dicas e sugestões de biombos com pallet:

Fonte ilovepalets

De cano de PVC:

Fonte hgtv

Por fim, trago essa sugestão de biombo feita com cano de PVC, que apesar de ser simples, cumpre sua função perfeitamente e acaba sendo bem em conta e barata de se fazer.

E para incrementar sua peça, você pode facilmente trocar o tecido por algum com mais detalhes e o biombo de cano PVC vai ganhar uma nova cara! Também é possível pintar os canos com outras cores, como um ocre, preto, entre outros para dar um ar mais clássico.

No post de hoje você viu diversas ideias diferentes de como fazer um biombo. Dos mais baratos aos mais simples eles além de funcionarem como elemento de decoração, são também peça muito funcionais.

Você viu que pode usar o biombo em diversos cômodos da casa e com diferentes funções. Por exemplo, se você tem um armário aberto no estilo closet, ele pode funcionar como porta do armário. Outro uso bastante recorrente é como divisor de ambientes, pois você pode modificar o espaço sempre que quiser.

Se ficou alguma dúvida ou tem alguma sugestão, coloque seu comentário aqui embaixo que vamos adorar te responder!

Até a próxima!

Aprendendo a fazer uma sapateira com materiais simples

Sapatos são aqueles tipos de itens que se não tomarmos conta eles acabam se transformando em uma fonte inesgotável de bagunça até chegarmos ao ponto de não sabermos mais onde estão os pares certos.

A fim de evitar que nossos quartos, closets ou armários fiquem bagunçados, a melhor coisa a se ter em casa para organizar sapatos é uma sapateira.

Dessa forma, no post de hoje você vai ver como fazer diversos modelos de sapateiras para condicionar seus calçados e deixar o ambiente mais organizado.

Ficou curioso(a) para saber com quais materiais vamos confeccionar as sapateiras? Então continue lendo para descobrir!

Como fazer sapateira com papelão:

Definitivamente o papelão é o tipo de material barato e fácil de se encontrar (Veja algumas ideias do que fazer com papelão aqui). Isso se você já não estiver sobrando aí mesmo na sua casa, por conta de caixas velhas de produtos que você comprou.

Nesse primeiro modelo de sapateira fizemos triângulos de papelão e utilizamos fita adesiva colorida para fechar cada um deles. Para sua peça ficar mais firme, recomendo colar um triângulo no outro usando cola quente.

Para finalizar, coloque um suporte de papelão por cima para acomodar os sapatos maiores que não couberem nos buracos que você fez.

Por outro lado, essa segunda sugestão de sapateira com papelão vai ajudar a otimizar aqueles cantinhos da casa que aparentemente não servem para muita coisa, ou mesmo prateleiras que estejam sem uso.

Você pode usar folhas de papelão ou até mesmo caixas de sapato velhas (nesse caso você vai recortar o fundo). Construa os nichos com o papelão e cole um no outro com cola quente. E se quiser, ainda dá para pintar ou cobrir com tecido ou papel, para não ficar com a cor de papelão.

Mais sugestões de sapateiras com papelão:

Foto ioannablogs

Utilizando a madeira como matéria-prima para a sapateira:

Foto diyncrafts

Esse primeiro modelo de sapateira em madeira é interessante pelo fato de que ela é uma sapateira giratória, o que pode facilitar bastante nossa vida na hora de procurar os sapatos.

Se você conseguir as partes em separado, fica bem fácil de montar utilizando a cola de madeira. Caso o contrário, veja se tem algum marceneiro na sua cidade faça as bases e as divisórias.

Por fim, as rodinhas você encontra em lojas de material de construção e consegue pregar ao fundo da sapateira utilizando um parafusadeira.

Vale lembrar que existem diferentes madeiras para se trabalhar, e uma delas é o bambu, um tipo de madeira bem fácil de cortar e ao mesmo tempo é resistente.

Foto livefromJulieshouse

Já nesse outro modelo utilizamos uma solução eco friendly, uma vez que o material escolhido foram caixotes de madeira. O legal da reciclagem é que justamente trazemos um novo uso para algo que iria acabar parando no lixo.

Essa sapateira foi feita através do empilhamento dos caixotes de acordo com os sapatos que se tem em casa e pregadas com pregos pequenos.

Dica: Antes de pregar um caixote no outro, passe um verniz ou betume para dar um ar de envelhecido à sua peça, ou então faça algum trabalho com patina. Tenho certeza de que ficará bem interessante.

Mais sugestões de sapateiras em madeira:

Foto craftclub
Foto etsy
Foto ebay

Sapateira com plástico:

Foto craftyclub

O plástico é aquele tipo de material que se jogado no meio ambiente pode trazer sérios danos a médio e longo prazo, porém, podemos reaproveitá-lo de forma inteligente, como nessa sapateira aqui acima.

Para esse modelo utilizamos canos de PVC cortados no tamanho mais ou menos dos sapatos.

Repare que os sapatos menores como sapatilhas, chinelos e sandálias dá para encaixar no mesmo espaço. No entanto, os sapatos maiores como tênis ou sapatos de salto foram colocados cada par em um único cano.

Foto pinterest

Em contrapartida, nesse segundo modelo foram utilizados baldes de plástico para construir os nichos da sapateira.

Lembrando que eles podem ficar logo na entrada da sua casa, atrás da porta. Dessa forma, quando você chegar em casa é só tirar os sapatos na porta mesmo e colocar dentro da sua sapateira.

Você pode prender os baldes na parede utilizando pregos pequenos.

Outras sugestões de como fazer sapateira utilizando materiais de plástico:

Foto pinterest
Foto pinterest

Hora do passo a passo: Sapateira feita com pallets

Foto diycrafts

Bom, agora que você já está cheio de ideias para fazer uma sapateira aí na sua casa, vou te ensinar a fazer uma como essa, utilizando pallets.

Vamos precisar dos seguintes materiais:

  • 2 pallets
  • Tinta branca
  • Pincel
  • Cola para madeira
  • 3 almofadas baixas
  • Serrote
  • Lixa

Passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, corte os pallets ao meio (vamos precisar de 3 das 4 metades que se formaram). Não se esqueça de lixar onde serrou para não ficar nenhuma farpa que possa te machucar.
  2. Em segundo lugar, pinte as 3 metades do pallets com a tinta branca (2 a 3 mãos de tinta será o suficiente). Espere secar bem para continuar.
  3. Em seguida, cole uma metade em cima da outra assim como na foto e aguarde até secar completamente.
  4. Para finalizar é só colocar as almofadas sobre a sua sapateira já pronta.

Bem prático, não é mesmo? Além de você ter uma sapateira, agora tem um banquinho para retirar os sapatos quando chegar em casa.

Chegamos ao final do nosso post e hoje você viu várias ideias de como fazer sapateira com materiais que você tem aí em casa ou são bem baratos para se comprar.

Deu para perceber que existem diversos modelos para se inspirar. Por exemplo, se você tem pouco espaço em casa, os modelos que ficam atrás da porta são mais interessantes. E as formas para se decorar também são várias, como é o caso de forrar a sapateira com tecido.

A partir de hoje não tem mais desculpa para deixar os sapatos espalhados pela casa! Hora de colocar a mão na massa.

Até a próxima!

Descubra como fazer arranhador para gatos com materiais simples

Sem dúvidas gatos são uma graça e eu particularmente sou fã desses bichinhos de estimação. Mas se tem uma coisa que a maioria dos donos de gatos, ou as pessoas que estão pensando em adotar um temem é que ele arranhe os sofás, camas ou outras superfícies de pano, não é mesmo?

Pois hoje trouxe para você a solução desses problema! Vou te ensinar como fazer arranhador para gatos utilizando materiais bem simples e fáceis de se encontrar por aí.

Você vai ver que é bem fácil e no final todo mundo vai sair ganhando: seu gatinho terá um lugar para afiar as unhas e seus móveis ficarão intactos

Então vamos começar, pois eu separei para você dicas bem legais de como fazer arranhador para gatos!

O que você precisa saber antes de fazer um arranhador:

Às vezes vamos ao pet shop para comprar um arranhador para o nosso bichano e quando chegamos lá descobrimos que eles custam uma pequena fortuna. Aí, para economizar compramos um menorzinho para “quebrar galho”.

O problema é que quando chegamos em casa o gato simplesmente nem liga para o arranhador e a gente fica bem chateado de ter gastado dinheiro naquilo.

No entanto, o que muita gente não sabe é que os arranhadores precisam ser proporcionais ao tamanho do gato. Isso porque além dele estar afiando as unhas e marcando o território, eles também estão meio que se espreguiçando.

Dessa forma, na hora de fazer o seu arranhador para gatos, certifique-se de que ele seja alto o suficiente ou comprido o suficiente para o seu bichinho, porque senão não vai adiantar nada.

Como fazer arranhador para gatos de papelão:

O papelão é um material bem fácil de se encontrar e barato. Inclusive se tiverem caixas de papelão vazias sobrando na sua casa dá para usá-las sem problema. Se você reparar essa foto vai conseguir entender bem o que falei anteriormente sobre o arranhador ter a altura certa para o gato, pois aqui ele é alto o suficiente para o gatinho se esticar e arranhar.

Nesse arranhador utilizamos uma base de madeira e um cabo de vassoura, que prendemos na base usando pregos. Em seguida, foram recortados diversos quadrados de papelão e eles foram encaixados no cabo de vassoura. Se quiser que fique mais firme, passe cola quente no centro entre os quadrados de papelão.

Fácil, não é mesmo? E eu tenho certeza de que seu bichinho vai adorar!

Foto homedit

Olha que legal mais essa sugestão de como fazer arranhador para gatos de papelão. Aqui só utilizamos tiras de papelão enroladas como se fosse um caracol.

Basta recortar tiras de 10 a 12cm de largura e ir enrolando e colando com cola quente. Quando ele atingir um tamanho bom é só finalizar com uma decoraçãozinha como essa da foto.

Dica: Esses arranhadores de papelão devem ser trocados de vez em quando, pois eles vão se desfazendo conforme seu gatinho for afiando as unhas. Ainda bem que o papelão é um material barato.

Mais ideias de como fazer arranhador para gatos de papelão:

Utilizando o barbante de sisal para fazer o arranhador:

Igualmente amado pelos gatos, o sisal é outro material de baixo custo que inclusive os fabricantes de arranhadores já usam para fazer seus produtos. E você pode inclusive fazer arranhadores que se integrem à sua decoração.

Foto Shelterness

Nessa sugestão de como fazer arranhador para gatos com barbante de sisal utilizamos duas tábuas de madeiras pintadas e enrolamos o barbante, colando-o com a ajuda da cola quente.

O ideal é que deixe ele meio inclinado como na foto para que o gatinho fique em uma posição confortável. Lembre-se de deixá-lo próximo aos móveis que tem potencial de serem arranhados como o sofá e as poltronas, por exemplo.

Dica: Procure em pet shop um produto chamado erva de gato e aplique um pouco no sisal antes de dar o arranhador para seu gato. Eles adoram essa erva e vão preferir o arranhador aos seus móveis.

Foto Shelterness

Já nessa outra ideia utilizamos um cano de PVC para enrolar o barbante de sisal. Como o cano de PVC é mais leve, corre o risco de que quando seu gato for se debruçar sobre o arranhador ele vire.

A dica então é colocar argamassa dentro, pois além de ajudar a prender na base de madeira, vai deixar o arranhador mais pesado e mais difícil de virar.

Mais dicas de como fazer arranhador para gatos utilizando barbante de sisal:

Foto Shelterness
Foto Shelterness

Hora do passo a passo: Como fazer arranhador para gatos caseiro com um tapete velho

Foto Popsci

Sabe aquele tapete velho que você não usa mais? Pois ele vai se transformar em um arranhador para gatos caseiro e bem simples de se fazer.

Vamos precisar dos seguintes materiais:

  • 1 base circular de madeira
  • 1 pedaço de madeira comprido o suficiente para o seu gato
  • Tapete velho
  • Cola quente
  • Pregos
  • Tesoura

Passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, pregue o pedaço de madeira na base circular utilizando os pregos.
  2. Em seguida, meça a quantidade de tapete necessária para cobrir o pedaço de madeira e recorte.
  3. Por fim, basta colar o pedaço de tapete que você recortou no pedaço de madeira e seu arranhador estará pronto (Se quiser pode usar uns preguinhos pequenos para deixar o tapete mais seguro).

Simples, não é mesmo? E se sobrar tapete, deixe guardado para quando o arranhador já tiver bem gasto você pode trocar.

Bom, no artigo de hoje você aprendeu como fazer arranhador para gatos utilizando materiais simples, como barbante, sisal, cano de PVC e papelão. O legal é que esses arranhadores caseiros saem muito mais em conta do que os comprados nos pet shops e podem ser feitos do jeito que você preferir.

Agora é hora de começar a montar o arranhador do seu bichinho de estimação, pois ele ficará muito feliz e você ainda mais sabendo que os móveis estarão sãos e salvos.

Até a próxima!

Curso Grátis
Album Artesanal

Inscreva-se gratuitamente e faça parte dessa turma! Aulas em vídeo