Arte com Papel

Definindo objetivos no artesanato

Como Definir e Alcançar Suas Metas No Artesanato

 

Todas as pessoas que desejam atingir o sucesso seja na vida pessoal ou profissional, precisam atentar-se para a definição de metas. Ao definir metas você pode contar com estratégias para alcançá-las, facilitando assim a realização de planos e sonhos.

Quando você trabalha fora do mercado de trabalho tradicional é ainda mais fundamental saber traçar as metas e ter um compromisso em cumpri-las. Na maioria das vezes você é seu próprio chefe, portanto, precisa plantar e cultivar para conseguir colher os frutos de seu trabalho.

Para você definir suas metas precisa se organizar e saber analisar suas necessidades e objetivos. E para conseguir alcançá-las é importante ter muito foco, determinação e pensamento estratégico.

Na área de artesanato isto não é diferente. Sem foco, planejamento, organização e determinação, as possibilidades de o negócio descer por água abaixo infelizmente é muito grande.

E sabemos que no mundo em que vivemos é fundamental poder contar com uma renda que propicie qualidade de vida. Além disso, a satisfação quando conseguimos atingir nossas metas faz valer todo o esforço.

Então, hoje vamos ajudá-lo a definir e alcançar suas metas. Aproveite!

Definindo suas Metas Como Artesão

Para definir suas metas você precisa estar muito próximo e consciente sobre o seu trabalho, necessidades e sonhos. Procure colocar no papel o que deseja alcançar. Pergunte-se: quais são meus sonhos e como posso realizá-los? Tentar responder esta perguntando traçando metas com certeza pode ajudá-lo a alcançá-las!

Pense com atenção se o que você deseja alcançar é apenas condições para viver bem e pagar suas contas, ou se você tem objetivos maiores. Avalie o tamanho do seu sonho e esteja disposto para chegar até ele!

Defina quais são as exposições e feiras em que você deseja participar. Existe alguma que você ama e está sempre na sua cabeça expor suas peças nela? Se sim, insira nas suas metas, quantas você conseguir definir.

É importante ter consciência de que algumas metas mais gerais demoram mais tempo para serem alcançadas, mas você não precisa desanimar. Tente manter o foco e ter a sabedoria de que com esforço alcançará seus objetivos.

Para sentir mais satisfação defina metas menores e específicas, como pequenas tarefas, e aos poucos perceba suas realizações. Você pode incluir nestas tarefas, cursos de aperfeiçoamento que você ainda quer fazer e novas técnicas que quer aprender.

Considere todas as peças que já produz e pense qual sua meta de vendas para elas? Como fazer para conseguir vendê-las sem ficar com estoque encalhado? Trace ações e coloque-as em prática para ser bem-sucedida.

Avalie se você já pensou ou tem vontade de dar aulas de artesanato. Se a resposta for afirmativa, defina quais peças e técnicas você gostaria de ensinar e mãos à obra! Esta pode ser mais uma de suas metas.

Enfim, o mais importante é que você faça um processo de avaliação e autoconhecimento para saber com certeza quais são as suas vontades e quais atitudes deve tomar para realizá-las. Dessa forma, seu negócio vai decolar!

Realizando seus Objetivos

Uma vez que suas metas, objetivos e preferências foram estabelecidas agora você precisa passar para o estágio de realização. Nesta fase você precisará de muito foco e determinação.

Organize suas metas e veja qual será a primeira tarefa que você quer alcançar. Pense quais ações você pode tomar para atingir seu propósito. Muitas vezes depende apenas de você para conseguir realizar um objetivo!

No entanto, a realização de algumas metas dependem de outras pessoas. Se este for o caso, avalie com quem precisa contar e como fazer a comunicação assertiva e eficaz para gerar um bom resultado.

Há também aquelas metas que para serem alcançadas dependem de várias forças ao mesmo tempo. Então, nestes casos, defina exatamente com quais pessoas precisa contar e quais elementos serão fundamentais para a sua realização.

Ao se colocar em atividade, pensar e colocar em prática ações estratégicas, certamente você terá bons resultados. Se colocar em movimento é outra peça chave para garantia de seu sucesso. E não desanime caso demore um pouco no começo, continue tentando com afinco até conseguir.

Um passo muito importante que você não pode se esquecer é renovar suas metas sempre que necessário. Pare e avalie se a meta ainda faz sentido para você com o passar do tempo.

Este processo é importante porque com o tempo você pode mudar suas visões e desejos. Muitas vezes quando somos mais novos definimos metas e tarefas que nem sempre serão as responsáveis pelo nosso sucesso e felicidade. Sendo assim, é fundamental que você separe um tempo para rever e atualizar suas metas.

Seguindo essas dicas e conselhos com certeza você terá mais facilidade para definir e alcançar suas metas. Tenha consciência de seu potencial e não meça esforços para poder alcançar suas conquistas!  Desejamos para você boa sorte em todo processo e vida longa ao seu negócio!

Quais As Suas Metas Para Esse Ano? Comenta Aqui Embaixo:

Como Criar um Painel de Inspiração Para Fazer Artesanatos Criativos

Você já ouviu falar sobre painel de inspiração? Também conhecido como mood board ou painel semântico, é uma ferramenta utilizada por diversas área que trabalham com produção e criatividade. Então, também pode ser muito bem utilizada por todas as pessoas que fazem e trabalham com artesanato.

É possível criar diversos painéis de criação de acordo com cada trabalho que você desenvolverá. E você também pode ter um painel de inspiração mais fixo que funcionará sempre para situar você sobre tudo que auxilia na parte criativa de seu trabalho.

O painel de inspiração deve conter informações que você utilizará toda vez que estiver precisando criar algo novo, mas que continue se comunicando com suas preferências artísticas. Geralmente eles são compostos por um imagens, frases e textos inspiradores.

É importante que ele esteja por perto no momento em que você está produzindo. O ideal é deixá-lo em evidência no seu ateliê, escritório ou na parte da casa em que você costuma fazer suas peças.

Você também tem a opção de fazer um painel de inspiração digital, caso prefira ter tudo organizado digitalmente. E também pode optar por ter os dois modelos, físico e digital.

painel de elementos para ajudar na criacao de novas artes

Além de ser um painel que contribui bastante para manter a sua inspiração, fazer um mood board físico é ótimo, pois ele ajuda a decorar seu ambiente com tudo de mais relevante para a criação de seus artesanatos.

Sendo assim, vamos aprender a fazer lindos painéis de inspiração super criativos? Vem com a gente que você aprenderá!

Como Escolher o que Colocar no Mood Board?

Para montar seu mood board, ou painel de inspiração, você deve pensar quais são suas principais referências, o que te inspira para criar suas peças? Uma vez que você definir todas as referências fica mais fácil para começar a produção do painel.

Você pode colocar fotografias de peças que você ama, até mesmo aquelas produzidas por você. Pode também fazer uma seleção de imagens com trabalhos de outros artesãos e artistas que você admira.

Outra opção que ajuda bastante é pensar quais são as cores que você gosta de usar e combinar em suas peças artesanais. Você pode pintar e fazer seus estudos de cor no próprio painel de inspiração, assim terá um histórico de suas combinações para te inspirar.

Apesar do trabalho de artesanato ser mais visual, você também pode colocar frases, trechos de livros ou textos que inspiram você. Vale até colocar trechos de suas músicas preferidas, trabalhando com as letras você aproveita para treinar a caligrafia artística e brinca com a tipografia.

Materiais para Criar seu Painel

A opção mais comum de painel é aquele de cortiça que funciona muito bem para você colocar suas referências. Mas você também pode optar por alternativas mais criativas.

painel de cortica para fazer mood board

Um material que é bastante é o quadro magnético. Nele você pode colocar as imagens e tudo o que desejar utilizando imãs para prendê-los. Para personalizar seu quadro magnético ainda mais você pode pintá-lo com tinta acrílica utilizando as cores de sua preferência.

Outra opção de painel de inspiração bastante criativo é colocar um varal com o material de sua preferência e prender os papéis e imagens com pregadores. Funciona perfeitamente!

Também existe a opção de colocar uma grade de arame fino em seu ambiente de trabalho e adicionar as suas referências prendendo as imagens e papéis com pregadores ou clipes.

Há outras opções como colocar suas referências em blocos de papel ou telas que ficam em cavaletes. Enfim, existem muitas possibilidades para você criar seu painel de inspiração.

Criando seus Painéis Digitais

Existe também a opção de fazer seus painéis digitalmente. Você pode fazê-los em um processo de curadoria offline ou online.

O processo offline consiste em criar pastas em seu computador com suas imagens e referências inspiradoras. Este processo é bom porque em qualquer momento você pode carregá-lo com você utilizando pendrives, por exemplo. E tem a vantagem das imagens já estarem baixadas em seu computador, portanto, para acessá-lo você não precisará de internet.

Já o painel digital online você pode criar tanto pelo Google Drive, armazenando suas imagens em pastas, como em redes sociais como o Pinterest. Outra opção bastante bacana é criar uma pasta no Canva que é uma ferramenta para desenvolvimento de design gráfico, mas pode ser utilizada para armazenar referências.

Atualização: O Canva possui uma ferramenta para criação de painel de inspiração, Veja aqui

Enfim, são muitas ideias e todas são muito vantajosas para quem precisa trabalhar com aspectos artísticos e criativos.

Vantagens em Criar um Mood Board

O painel de inspiração pode te ajudar bastante na criação de novas peças e também te ajuda a treinar sua percepção e lado artístico. Nele você contará com referências valiosas para você e seu trabalho.

As suas referências podem auxiliar bastante no processo de desenvolvimento criativo. Sem inspiração fica muito difícil criar qualquer arte. Dessa forma, o mood board ajudará você a sentir-se sempre inspirado.

Ao estar em contato com suas referências você consegue compreender melhor a identidade do seu trabalho artesanal. E consegue desenvolver cada vez mais produtos seguindo sua lógica de produção e criação.

Como Você Busca Inspiração Pra Sua Arte? Comenta Aqui Embaixo:

Fonte imagem:

http://www.anagoesgreen.co.uk/

divulgue sua marca em diferentes formas

Dicas de Branding Aplicadas ao Artesanato

 

Trabalhar com artesanato é uma oportunidade de conciliar uma atividade prazerosa com um negócio rentável. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, é possível sim viver de artesanato!

Mas para conseguir viver de artesanato é preciso utilizar algumas estratégias de negócios. A visão estratégica de negócios é algo fundamental para fazer seu artesanato bombar em vendas e reconhecimento!

É muito importante que você tenha consciência e encare a produção artesanal como sua marca e seu negócio. Estamos vivendo em um momento propício para o artesanato, pois as pessoas estão valorizando cada vez mais produtos feitos à mão e personalizados.

Estamos na época do consumo local e consciente, então, mais do que nunca você deve investir e acreditar na produção de suas peças artesanais. E para vendê-las deve contar com tudo que tem direito, marketing digital, divulgação, publicidade e propaganda.

E um dos aspectos fundamentais para fazer seu negócio decolar é a construção do Branding. Você já ouviu falar neste termo? O Branding é um termo da língua inglesa que refere-se à criação e consolidação da sua marca no mercado. Envolve todo o processo de gestão de sua marca.

O Branding é essencial para promover seu artesanato de forma profissional. E no artesanato a marca é a extensão da pessoa. Por este motivo, neste artigo, daremos dicas para você arrasar no Branding de seu artesanato! Confira a seguir!

Primeiros Passos

Para começar a fazer o Branding de seu artesanato você deve ter muita clareza na percepção de seu negócio. É importante saber quais são suas metas, objetivos e quais pessoas você deseja atingir, ou seja, defina quais serão as pessoas do seu público-alvo.

Tenha a definição do conceito de Branding bem claro na sua mente. É a construção da identidade da sua marca e dos seus produtos. Vai além da criação e utilização do logotipo, embalagens e produtos gráficos.

Tenha em mente que para fazer um bom Branding você deve considerar os lado imaterial de sua marca. No artesanato este fato é ainda mais fundamental, uma vez que a imagem de sua marca está diretamente relacionada com a imagem pessoal que você transmite.

Carinho nas Relações

Um aspecto do lado imaterial do Branding que tem bastante peso é a sua dedicação e carinho na forma de trabalhar e lidar com as pessoas.

O cuidado com a forma como você se relaciona com seus clientes e parceiros é fundamental para alavancar sua marca. Este aspecto pode ser o grande responsável pelo seu sucesso. Portanto, vale muito a pena se dedicar.

Faça as embalagens com bastante carinho. O seu capricho pode ser percebido até na forma como você expõe suas peças. Esteja consciente de que fazer seu trabalho com zelo e amor gera ótimos resultados.

Além disso, considere compartilhar sua história e criar uma relação afetiva, compartilhando seus valores e sonhos para a sua marca de artesanato. Portanto, tenha uma preocupação com o seu discurso e comunicação.

Criatividade e Identidade

Outro passo que precisa ser tomado logo no início é pensar de forma original e criativa. Para criar uma bom nome para sua marca ele deve ser atraente, fácil de memorizar e fácil de escrever.

Uma vez criado o nome você precisa registrar a marca para garantir que ela será sua. O registro é feito no INPI que é o Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Na sequência você deve criar com clareza sua identidade visual e verbal. Aplique o conhecimento da psicologia das cores e defina qual será a imagem aplicada nos materiais impressos e digitais.

Este passo contempla a criação do seu logo e das imagens que estarão presentes em seus materiais gráficos e digitais. Também é importante que sejam pensados de forma criativa e agradável esteticamente.

A identidade da sua marca precisa ter força, precisa ser marcante para se fixar na memória das pessoas. Dessa forma, não deixe de investir tempo, e se preciso, dinheiro, para a concepção de sua identidade visual.

Comportamento Ético

Uma parte que não pode ser negligenciada é o entrelaçamento entre sua imagem e sua marca. Então, é fundamental que você tenha cuidado na forma como se expressa e na maneira como se comporta.

Procure ter um comportamento bastante ético para que você possa representar sua marca com excelência. Não fale mal dos clientes nem de seus concorrentes. É importante que você trate a todos com respeito para não manchar e prejudicar seu Branding.

Manutenção

Após criar sua marca e divulgá-la é importante que você não se acomode e continue movimentando seu negócio. Tenha em mente que a gestão de sua marca deve ser feita em todos os dias e a todo momento.

Sendo assim, dê continuidade ao processo para conseguir conquistar seus objetivos. Mantenha seu discurso, ética e carinho. Continue se dedicando e mantenha o nível de qualidade em todos os aspectos da sua marca. Isto é colocar o Branding para artesanato em ação!

 

Você Acha Que Isso É Importante Pro Seu Artesanato? Comenta Aqui Embaixo:

 

artesanato para festas de graduacao

5 Ideias de Artesanatos Para Formaturas

A fase de formatura é uma época muito gratificante na vida de qualquer estudante. Todas as pessoas que estão em fase de se formar sentem-se muito satisfeitos e felizes por estarem finalizando uma etapa de evolução na vida.

Quando um estudante se forma é comum sentir muita vontade de compartilhar este momento de alegria com todas as pessoas que estiveram presente ao longo dos anos. É comum que hajam festas e viagens para comemorar o fim desta etapa primordial na vida de todos.

Sendo assim, para quem faz artesanatos a fase de formatura é uma ótima oportunidade para gerar peças artesanais que marquem esta fase na memória das pessoas. Podem ser lembrancinhas para serem entregues em festas ou itens decorativos para ficarem expostos na própria festa de formatura ou na casa do formando.

Então, se você trabalha com artesanatos e está procurando ideias de artesanatos para formaturas, este é o lugar ideal para você! Caso você seja um formando orgulhoso e que tem habilidades manuais e está procurando ideias para você mesmo criar peças artesanais, este também é o seu lugar!

Neste artigo, compartilharemos 7 ideias de artesanatos para formaturas com o passo a passo. Confira!

Formatura

Garrafinha com Mini Diplomas

A primeira ideia que daremos é para você fazer lindas garrafinhas preenchidas com mini diplomas em seu interior. Caso você seja o estudante também pode optar por preencher só uma parte da garrafa e contar com doações de notas de dinheiro para preenchê-la, assim você garante a diversão da festa e faz um fundo monetário para ser empregado em materiais de estudos e para a realização de planos.

Veja a lista de materiais necessários:

  • Folhas de blocos para recados (podem ser coloridas ou não)
  • Fita Twine
  • Tesoura
  • Pequena garrafa de plástico, vidro ou acrílico

O primeiro passo é cortar a fita twine em pequenos pedaços, de um tamanho suficiente para amarrar as folhinhas de papel. Depois de cortada em pequenos pedaços deixe-os separados em cima da mesa.

Na sequência enrole cada uma das folhas de blocos para recados, criando pequenos diplomas que devem ser amarrados com os pedaços de fita twine.

Pronto! Basta colocar os mini diplomas dentro da pequena garrafa e curtir sua festa!

Obs.; Caso queira fazer a versão com doações enrole uma ou duas notas como mini diploma para servir de exemplo para as pessoas doarem. Você pode até levar as fitas para ajudar as pessoas a criarem os mini diplomas.

Letras Decorativas

Letras Feitas com Papelão

Uma ideia bem bacana é transmitir mensagens com letras artesanais feita com papelão. Você pode utilizar papelão reciclável de caixas de cereal ou outras caixas presentes em embalagens de produtos. Veja a seguir os materiais necessários:

  • Fita dupla face adesiva
  • Papelão
  • Tesoura
  • Papel estampado
  • Cola

Cole o papel estampado no papelão. Depois desenhe com o lápis as letras que você deseja criar. Na sequência corte com a tesoura seguindo o contorno que você desenhou.

Escolha o local em que você colará as letras para formar a mensagem ou o nome do graduando. Cole a fita adesiva dupla face na parede que você escolheu, na sequência grude as letras na fita até fixá-las. Agora suas letras estarão lindas na parede!

Capa de Caderno ou Notebook

Capas para Caderno ou Notebook

Se a intenção for presentear os formandos, esta ideia é perfeita para você! Você aprenderá a fazer capas para caderno ou notebook, estes dois itens fundamentais na vida de um estudante ou recém-formado. Confira os materiais necessários:

  • Feltro colorido ou estampado
  • Tesoura
  • Agulha para costura
  • Linha para costura

Pegue o feltro e dobre-o no meio formando uma capa um pouco maior do que o habitual. Dobre as duas pontas para dentro da primeira dobradura, formando assim as abas que vão segurar o caderno ou notebook. Preste atenção neste passo, pois os tamanhos e a quantidade das abas variam de acordo com a ideia, se for para caderno serão duas e menores, se for para notebook será preciso apenas uma aba que servirá para envolvê-lo.

Costure com a linha e agulha para segurar a parte das abas. Dessa forma, você acaba de criar uma capa para caderno ou notebook artesanal! (Aprenda mais sobre encadernação clicando aqui)

Cap de Formatura

Chapéu de Beca ou Cap

Você pode criar um lindo chapéu de beca, também chamado de cap. É um símbolo icônico presente em quase todas as formaturas. Você precisará dos seguintes materiais:

  • Cartolina Preta
  • Cola
  • Tesoura
  • Fita de cetim ou linha de sua preferência

Comece cortando a fita de cetim  ou linha que será a decoração que ficará em cima do cap. Em seguida, corte a cartolina preta na forma de um quadrado e um pedaço menor em forma circular, este círculo ficará na parte de cima do cap para prender a fita de cetim ou linha.

Depois de fazer os primeiros processos, corte uma tira de cartolina e enrole na horizontal para formar a base do cap, cole as pontas. Pegue o quadrado e cole em cima da base em uma posição que remeta ao chapéu de beca.

Por último, cole a fita de cetim ou linha no centro do quadrado e termine de prendê-la colando o círculo de cartolina em cima dela. Seu mini chapéu de beca está pronto!

Jarra de Memória

Jarra de Memórias

Uma ideia bastante simples e criativa é fazer uma jarra de memórias. Além de serem decorativas e participativas, o formando ficará cheio de papéis com as melhores memórias. Você precisará de:

  • Jarra de vidro, plástico ou acrílico
  • Fita de cetim
  • Blocos para recados
  • Bloco auto-adesivo
  • Canetinha

Primeiro escreva com a canetinha a mensagem que deseja na folha de bloco auto-adesivo, pode ser “Jarra de memórias”. Em seguida envolva a fita de cetim na parte de cima da jarra e cole a folha de bloco auto-adesivo na jarra para prender a fita de cetim. Agora basta deixar os blocos para recados com a canetinha do lado da jarra para as pessoas escreverem as memórias! Aproveite!

Comenta Aqui Embaixo a Ideia Que Você Mais Gostou!

 

Fonte das fotos:

  1. https://www.makeandtakes.com/graduation-gift-ideas
  2. http://www.tomatoboots.co/14-ways-to-decorate-cardboard-letters/
  3. https://www.brit.co/diy-graduation-gift-ideas/
  4. https://www.makeandtakes.com/graduation-gift-ideas
  5. https://www.seventeen.com/life/tips/g2398/diy-graduation-party-decorations/?slide=11
propaganda de artesanato

Marketing Para Artesanato: Como Fazer Propaganda Das Suas Peças

 

Todo mundo que faz artesanato sabe como é importante garantir a venda das peças produzidas. Afinal, é muito frustrante ficar com excesso de estoque e ter a consciência de que o valor gasto com os materiais mais o tempo despendido não apresentou um bom retorno.

Além disso, as contas não esperam e a venda dos artesanatos garante o pagamento das contas e dívidas. Também permite que você continue comprando materiais para continuar sua produção.

Sabendo da importância das vendas de peças para você que faz artesanato, a dúvida que fica é “como garantir a venda das peças?”. E sim, há muito o que você pode fazer para aumentar suas vendas e divulgar mais o seu trabalho.

Para estas duas coisas acontecerem você precisa saber como o marketing para artesanato é importante. Muitas pessoas pensam que o marketing é algo só para agências e grandes marcas, no entanto, o marketing é essencial para quem produz qualquer tipo de trabalho artístico.

Por quê o marketing é tão importante? Porque ele é o responsável pela divulgação das suas peças. É ele que fará com que suas vendas sejam concretizadas. Ou melhor, é fazendo uso das estratégias de marketing para artesanato que você garantirá o sucesso de suas vendas.

Então, traremos neste artigo algumas destas estratégias de marketing e propaganda, para permitir que você obtenha êxito em suas vendas. Vamos conferir? 

Lojas Virtuais e Divulgação Das Suas Peças

Uma das estratégias que os artesãos e artesãs costumam utilizar é criar lojas virtuais ou expor seus trabalhos em algum site de vendas coletivo já existente.

Caso você já tenha feito este teste provavelmente já percebeu que só expor suas peças em sites não é o suficiente para garantir suas vendas. E você sabe porquê isso acontece? Acontece porque a concorrência é muito alta e a variedade de produtos é muito extensa.

Então, para você conseguir vender suas peças precisa expor seu trabalho e divulgá-lo através de diversos meios e muitas ações de marketing. Além disso, deve encontrar seu diferencial para aumentar as possibilidades de que seu trabalho chame atenção dos clientes.

Marketing e Suas Estratégias

Muitas pessoas têm um conceito errôneo do que é o marketing. Estas pessoas acreditam que marketing é sinônimo de vendas de um produto ou serviço. Mas apesar do marketing contribuir para as vendas ele vai muito mais além.

O marketing traça planos e ações antes, durante e depois das vendas. Ele serve para aumentar as possibilidades de vendas e, ao mesmo tempo, serve para direcionar seu trabalho. Sendo assim, o marketing para artesanato é a concepção, criação, execução e planejamento de vendas da suas peças.

Consiste em um trabalho de pesquisa e investigação do mundo do artesanato. O marketing para artesanato estuda os desejos dos possíveis clientes. Define em qual contexto social e econômico eles estão inseridos. E ajuda você a chegar até eles.

Uma vez que suas vendas já foram garantidas através das estratégias e ações de marketing, o próximo passo também é atingido por ele. Este próximo passo é o pós venda.

É importante ter em mente que uma vez que você vendeu suas peças para alguém, o ideal é que está mesma pessoa volte a comprar seus produtos. Além disso, é interessante poder contar com esta pessoa para fazer propaganda positiva de seu trabalho.

O cliente pode fornecer informações essenciais sobre seus produtos. E também contribui para que você saiba como pode melhorar e quais novos objetos artesanais pode criar. Ajudando você a alcançar novas demandas.

Como Fazer Uma Boa Propaganda?

Para fazer uma propaganda eficaz das suas peças, você precisa preocupar-se em atingir a excelência em seus produtos. É fundamental que seus clientes sintam-se muito satisfeitos.

Outro ponto fundamental para uma boa propaganda é tentar prever como proporcionar aos seus futuros clientes esta satisfação. Faça tudo o que estiver ao seu alcance para garantir que seus clientes farão uma propaganda em ação ao elogiarem seu trabalho e recomendarem para outras pessoas.

Tenha em vista que a relação com seu cliente é outro aspecto essencial para o sucesso de suas vendas. Procure estar em contato com eles, escute o que têm a dizer e for necessário faça modificações em suas técnicas e produtos para conseguir conquistá-los.

Estar envolvida com o universo do artesanato, com outras pessoas que produzem e participando de feirinhas e grandes eventos (veja aqui algumas) da área também contribuem bastante para seu êxito. É uma boa forma de propagandear de forma tranquila e descontraída.

Pense em todas as vantagens e especificidades de seus produtos. Ressalte as qualidades de cada um deles para que as pessoas sintam vontade de comprá-los. Garanta a satisfação de seu cliente, pois assim você também conseguirá satisfazer-se e alcançar os resultados desejados.

Fazendo Publicidade

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a publicidade não é a mesma coisa que a propaganda. É isso mesmo! Você precisa saber diferenciar vendas, marketing, propaganda e publicidade e utilizar todos estes meios para alcançar seus fins.

A publicidade tem a característica da comunicação em massa. Seu intuito é vender determinado produto ou serviço através de divulgação de informações massivas sobre eles. Ela funciona como uma extensão das vendas, da propaganda e do marketing.

Funciona como um direcionamento do cliente e dos futuros clientes, para que ele lembre-se da sua loja ou conheça seus produtos. A publicidade conta com a ajuda de ferramentas online, sites, redes sociais e outras mídias. Está presente em todos os meios de comunicação.

Você pode fazer publicidade de sua loja virtual, sites e produtos, através de anúncios pagos no Google, Blogs, Jornais, Facebook e Revistas. Todos garantem um resultado extremamente positivo.

Com todo este conhecimento em mãos você está pronta, ou pronto, para colocá-los em prática e colher os frutos de seu trabalho!

Como Você Costuma Divulgar Seus Trabalhos? Comenta Aqui Embaixo:

 

osso artesanal para caes

6 Ideias de Acessórios Artesanais Para Cachorro

 

Muitas pessoas consideram o cachorro o melhor amigo do homem, e não é para menos. Ele é um animal muito leal e alegra a vida das pessoas. Quando amamos um animal de estimação é comum queremos presenteá-los e, consequentemente, presentearmos a nós mesmos uma vez que ao vê-los felizes e confortáveis, ficamos ainda mais alegres!

Está ficando cada vez mais popular ter um Pet e o cachorro sempre foi uma das primeiras escolhas para quem deseja ter um animal de estimação. Isto acontece porque eles são muito fofos e bastante fiéis, amigos que duram para a vida toda, pelo menos em nossa memória.

Existem muitas opções de raças e até mesmo os famosos vira-latas são ótimas opções para todo mundo que tem vontade de ter um amigo de quatro patas. E eles ficam ainda mais lindos quando estão usando acessórios feitos por você!

Sendo assim, os cachorros por serem tão queridos não poderiam escapar das peças artesanais feitas com muito carinho para eles. Há muitas opções para presentear seu cachorrinho com acessórios artesanais.

Você pode criar acessórios para colocar no seu cachorrinho ou cadelinha. Também pode criar acessórios artesanais que sirvam para ele brincar ou ficar mais confortável. Todas as alternativas são ótimas para você escapar dos preços altos das lojas de Pets.

Neste artigo vamos conferir algumas ideias para você deixar seu amigo canino bem feliz. Apresentaremos ideias de acessórios artesanais para seu cachorro brincar e ficar mais fofinho. Não deixe de conferir as ideias e produzir seu acessório para cachorro artesanal!

Coleira Estilosa para caes

Coleira estilosa

A primeira ideia que daremos é uma coleira bem simples de fazer e super estilosa! Você precisará de:

  • Camisa com gola
  • Linha para costura
  • Agulha para costura
  • Tesoura

O primeiro passo é cortar com cuidado a gola da camisa. Na sequência verifique se fica do tamanho necessário para ficar no pescoço do cachorrinho. Caso esteja na medida correta, você já finalizou, caso esteja muito larga, basta ajustá-la com a agulha e a linha para costura! Pronto, seu cachorro ficará lindo com a coleira cheia de personalidade!

 

Almofada de feltro

Um material que é ótimo para ser utilizado em artesanato é o feltro. É um material super versátil e bonito, funciona muito bem para criar a almofada para seu cãozinho. Para fazê-la você precisará dos seguintes materiais:

  • Fibra de poliéster para enchimento
  • Feltro estampado ou colorido
  • Tesoura
  • Linha para costura
  • Agulha para costura

Primeiro você precisará dobrar o feltro no meio dando forma para a almofada. Na sequência, preencha o interior do feltro com a fibra de poliéster para enchimento.

Em seguida, costure os lados e a parte da ponta que ficaram abertos. Dessa forma, você criará a almofada! Este acessório é ótimo e super confortável para o cachorrinho!

Cama feita com moletom

Outra ideia muito legal para deixar seu cãozinho confortávelé fazer uma cama com moletom. Confira os materiais necessários:

  • Moletom grande
  • Fibra de poliéster para enchimento
  • Tesoura
  • Linha para costura
  • Agulha para costura

O primeiro passo é pegar o moletom e preenchê-lo com a fibra de poliéster. Em seguida, costure as pontas que ficaram abertas e arrume o moletom como uma cama. A dica principal é preencher as partes das mangas do moletom para que elas virem as bordas da caminha de cachorro!

Osso de EVA

Osso de EVA

Você pode fazer um lindo osso com EVA. Ele é um material atóxico, e isto é ótimo porque não causará nenhum mal nem para você nem para seu cachorro! Você precisará de:

  • EVA
  • Tesoura
  • Cola instantânea

Comece cortando o EVA em formato de osso. Corte um EVA em formato maior e outro em formato menor. Cole o osso menor em cima do osso menor. Pronto, o ossinho de EVA está finalizado e seu cachorrinho vai adorar brincar com ele!

Gravata para cachorro

Gravata de EVA

Como falamos anteriormente o EVA é um ótimo material devido ao fato de ser atóxico. Então, confira os materiais necessários para fazer uma linda gravata de EVA:

  • EVA
  • Coleira
  • Cola instantânea
  • Tesoura

Recorte o EVA fazendo um desenho de gravata com a tesoura. Cole a gravata no centro da coleira. É uma ideia super simples que deixará seu cachorrinho lindo e elegante!

Lacinho para animais de estimacao

Lacinho com fita de cetim e renda

Se você tem uma cadelinha e quer deixá-la super fofa, esta ideia é para você! É um processo bastante simples e que gera um resultado muito bonito. Veja os materiais necessários para criar o lacinho com fita de cetim e renda:

  • Fita de cetim da cor de sua preferência
  • Pedaço de renda
  • Tesoura

Corte a fita de cetim e a renda do tamanho que for mais confortável para amarrar o lacinho na sua cadelinha. Na sequência, entrelace a fita de cetim nos buracos da renda de forma que ela fique reta. E pronto, basta amarrar o lacinho na sua cadela! Ela ficará incrível!

Você Tem um Amigo de 4 Patas? Escreve o Nome dele Aqui Embaixo 🙂

 

Fonte das fotos:

  1. https://cheerfultimesblog.com/2015/03/15/crafts-diy-dog-dress-shirt-collar/
  2. https://www.hgtv.com/design/make-and-celebrate/handmade/how-to-make-a-wool-felt-appliqueacuted-pillow-cover
  3. https://www.handimania.com/diy/sweatshirt-pet-bed.html
  4. https://www.pillarboxblue.com/handmade-dog-toys/
  5. https://americanlifestylemag.com/create/upcycle/update-your-old-clothes-for-your-pet/
  6. https://artesanatonarede.com.br/gravatas-e-lacos-para-pet/
como ser professor de artesanato

Primeiros Passos Para Dar Aula De Artesanato

 

Se você produz peças artesanais, provavelmente já cogitou em algum momento dar aula de artesanato. Não é mesmo? É comum quem trabalha com artesanato pensar em dar aula, pois a demanda é muito alta. Dar aula de artesanato é uma atividade muito prazerosa e lucrativa, faz valer cada esforço.

Mas por onde começar? É necessário ter em mente que trabalhar com atividades educativas sempre exige bastante do professor. Antes de começar você precisa identificar se tem todas as habilidades que são importantes para conseguir dar aulas.

São muitos os passos que precisam ser dados e nem sempre o retorno vem de forma rápida. No entanto, dar aula e ter contato com os alunos é algo muito recompensador. Estar em contato com as pessoas interessadas em artesanato propiciarão para você muitas coisas boas. Existe uma troca infinita de repertórios e conhecimentos teóricos e técnicos.

Então, vamos conferir quais são os primeiros passos para dar aula de artesanato? Neste artigo daremos dicas para que você consiga entrar na área educativa, dando aulas maravilhosas que deixarão seus alunos super contentes e satisfeitos.

Por Onde Começar?

Para começar a dar aulas a primeira coisa que você precisa ter é a certeza de que conhece bastante as técnicas que ensinará. O ideal é que você faça aulas com as técnicas e conhecimento que domina bem, para não passar por problemas.

Procure perceber se você tem as habilidades específicas para explicar para as pessoas como fazer cada peça que pretende ensinar. É fundamental que você já tenha na sua cabeça o passo-a-passo de cada produto para conseguir ensinar seus alunos a produzirem.

Também é importante que você tenha muita paciência e saiba lidar bem com suas emoções. Muitas vezes os professores precisam ter bastante jogo de cintura diante das situações e reações dos alunos em sala de aula. Portanto, se você for uma pessoa muito passional e explosiva, pode enfrentar situações constrangedoras e prejudicar sua imagem.

Dessa forma, para começar, faça um processo de análise de seu conhecimento e comportamento. Assim, você conseguirá começar confiante que tem tudo o que precisa para dar aulas de artesanato.

Prepare os Materiais Prévios

Mesmo que você já esteja bastante confiante é sempre bom revisitar as técnicas e conhecimentos teóricos para a aprendizagem de artesanato. Faça pesquisas na internet, revisite livros e apostilas sobre o assunto. (Veja aqui alguns materiais para aprender mais sobre artesanato)

Veja os materiais que já produziu e busque suas anotações, tente absorver o máximo de conteúdo possível para que possa organizar e planejar suas aulas. Além disso, pode ser muito bacana ler sobre aulas didáticas e conteúdos pedagógicos.

Depois de revisitar seus conhecimentos e alimentar sua mente com outros conteúdos adicionais, é o momento de começar a preparar e estruturar como funcionarão suas aulas. Se quiser recorrer à materiais impressos para ajudarem em suas aulas, separe-os previamente e deixe-os organizados.

Caso resolva trabalhar com apostilas, comece a prepará-las e deixe-as organizadas também. Você pode definir quais serão os conteúdos dados em suas aulas e organizar cada apostila e material deixando-os separados de acordo com o tema das aulas.

Organize as Aulas

Com os temas e materiais em mãos, comece a traçar o planejamento e organização das suas aulas. Você pode começar a organizar pelo calendário de aulas, primeiro é necessário definir quantas aulas você deseja aplicar. O ideal é que consiga definir em quais dias e horários acontecerão as aulas. Quantos meses ou dias dará no total e a carga horária final.

Pense em todos os conteúdos que você selecionou para suas aulas e faça um cronograma de acordo com cada dia e tema. É muito importante ter este planejamento bem definido para que você possa se preparar para cada aula e passar para os seus alunos o cronograma no primeiro dia de aula.

Defina o Local da Aula

Um passo fundamental é definir em qual local você realizará suas aulas. Elas podem acontecer em algum espaço alugado ou reservado para você. Podem acontecer também dentro de Centros Culturais, Museus e Espaços Públicos que tenham uma área reservada para este tipo de atividade.

É importante saber que contar com estruturas prontas para dar aulas contribui bastante, pois nesses locais você encontrará o espaço necessário para as aulas serem confortáveis. Mesas, cadeiras, lousas, projetores, são algumas das facilidades encontradas em lugares propícios para as atividades educativas.

Caso você queira dar suas aulas na sua casa ou em seu ateliê lembre-se de listar cada material que precisará para que as aulas aconteçam. Não deixe faltar nada e preocupe-se com o conforto dos seus alunos, pois ninguém consegue apreciar uma boa aula em um espaço desconfortável. Preocupe-se também com a limpeza do espaço, pois a sujeira e mau odor podem atrapalhar bastante suas aulas.

Comece a Divulgar

Depois de cumprir com os passos que informamos anteriormente, você já está apto para começar o processo de divulgação das suas aulas de artesanato. Divulgue para as pessoas do seu círculo social e peça que ajudem você a conseguir alunos interessados.

Convide todas as pessoas que você considerar importante. Além disso, você pode contar com outros meios de divulgação, como fazer propaganda nas redes sociais ou mandar newsletter para lista de contatos, convidando os futuros alunos para participarem de seu curso, workshop e afins.

Após concluir o processo de divulgação, é só esperar as pessoas interessadas entrarem em contato para inscreverem-se. Depois de receber as inscrições é a hora de começar a dar suas aulas que serão maravilhosas!

 

Você Já Deu ou Pensa em Dar Aulas de Artesanato? Comenta Aqui Embaixo:

cortar papel tipos maquinas

Tipos De Guilhotina Para Cortar Papel

 

Você sabia que existem diferentes tipos de cortadores de papel e aparadores? Pois saiba que há vários tipos de guilhotina para cortar papel. E esta informação é fundamental para quem trabalha com artesanato.

É importante que você conheça os diferentes tipos de cortadores de papel para que possa escolher o ideal para cada tamanho de papel e para cada um de seus artesanatos.

O aparador de papel serve para você apenas aparar partes que não deseja. Já o cortador de papel faz cortes muito variados e em tamanhos maiores.

Os cortadores de papel têm usos e finalidades diferentes, dependendo da aplicação. Aqui veremos alguns dos tipos de guilhotina para cortar papel.

Confira agora mesmo, qual destes tipos é o ideal para o trabalho que você está fazendo. Vem com a gente!

Guilhotina de Mesa

maquina de mesa para cortar papel

A guilhotina de mesa é a opção que apresenta menor porte. Ela é conhecida como guilhotina de facão, pois nela o corte é feito por uma lâmina que parece uma faca.

Na guilhotina de facão ou de mesa é possível cortar poucas unidades de folhas. Geralmente no máximo 5 folhas. E o corte depende da mão da pessoa que vai operar o corte.

Existem marcas que possuem sistemas que ajudam a fixar as folhas no momento do corte. Há também marcas que oferecem uma forma de visualizar o local exato para o corte do papel.

Para pessoas que trabalham com embalagens e plotadoras, há um modelo de guilhotina de mesa com uma faca que possui 1 metro de comprimento. Este modelo serve principalmente para cortar papelão ondulado em grandes folhas. O corte é feito um por um.

Refiladora

refiladora de mesa

Quando substitui-se a faca gráfica por uma roda afiada, a guilhotina de mesa transforma-se em uma refiladora. Ela tem medidas bastante parecidas com as das guilhotinas de mesa, vai desde os 30 cm podendo chegar até pouco mais de 1 metro.

O corte da refiladora é feito através do movimento da pequena roda afiada ao longo de uma guia. Dessa forma, o corte da refiladora é ligeiramente mais preciso do que a guilhotina de facão.

A refiladora é uma ótima opção para quem precisa de um corte mais preciso. Ela é comumente usada em estúdios, algumas copiadoras e pequenas gráficas.

Guilhotina Manual

maquina corte papel manual

A principal diferença entre a guilhotina manual e a guilhotina de mesa é que a manual permite fixar uma pilha de papéis e cortá-los ao mesmo tempo. Seu corte também é bastante preciso por contar com fixadores de papel.

O corte da guilhotina manual é feito por meio de um braço mecânico. Este braço amplifica a força do operador sobre a faca gráfica.

Existem opções de guilhotinas manuais que vão de 1 cm a cerca de 10 cm de boca. Dependendo do tamanho escolhido você consegue cortar de 100 folhas de 75 gramas até cerca de 1000 folhas por vez. Apesar de cortar papéis grossos a quantidade diminui variando de acordo com a espessura destes papéis.

A guilhotina manual pode apresentar uma régua que dá a medida exata do corte através de um visor. Algumas podem também ter uma luz de corte, que aponta exatamente onde a lâmina vai pegar na folha.

Guilhotina Semiautomática

corte papel semiautomatico

Diferente da guilhotina manual que exige bastante força para que o corte seja preciso, na guilhotina semiautomática foi inserido um motor elétrico para deslocar a faca de corte, dessa forma, não há tanto esforço.

Para ser acionada geralmente usam-se dois botões ou dois pedais para evitar acidentes com as mãos.

Na guilhotina manual o ajuste do papel e a descida da prensa continua sendo feita manualmente. Por este motivo ela é chamada de semiautomática, sendo uma intermediária entre a manual e a automática.

Guilhotina Automática

maquina de corte papel automatico

Este tipo de guilhotina para cortar papel é totalmente automática. Não há praticamente nenhum esforço da pessoa que está operando-a, ele só fica responsável pelo ajuste da máquina.

Para utilizá-la o operador coloca as folhas na máquina, acerta as folhas usando os botões de ajuste do batente lateral e traseiro. Depois deste processo usa-se o comando duplo e a máquina desce a prensa e executa o corte.

Algumas guilhotinas automáticas possuem pequenos furos de ar comprimido, que fazem as folhas deslizarem na mesa da guilhotina. Graças à estes furos pilhas de folhas pesadas parecem pesar muito menos.

Neste tipo de guilhotina um pequeno computador controla a movimentação do batente traseiro, deixando as folhas sempre na posição correta. Assim, você faz o ajuste inicial do trabalho e a própria máquina vai repetindo o trabalho sem nenhum esforço.

As guilhotinas automáticas costumam ser muito maiores tanto em relação à sua dimensão quanto ao seu peso. Isto acontece porque precisa comportar mais maquinários.

Sendo assim, elas são ótimas opções para quem precisa cortar muitas pilhas de papel, porém, exige muito mais espaço do que os outros tipos de guilhotina.

É fundamental que você defina a quantidade de folhas que precisa cortar para saber qual tipo de guilhotina para cortar papel é ideal para você.

Qual a Guilhotina dos Seus Sonho 🙂 ? Comenta Aqui Embaixo:

Reciclando caixas de cereal matinal

8 Ideias para Reciclar Caixa de Cereal

 

Você sabe porquê fazer artesanatos reciclando materiais como caixa de cereal deixam o trabalho ainda mais valioso? Porque além de proporcionar a satisfação em obter um lindo artesanato, você está ajudando o planeta ao diminuir a quantidade de lixo jogado nele.

Utilizar caixa de cereal para fazer seu artesanato também é vantajoso, pois é um material barato e fácil de encontrar. Muitas vezes é um material que já está presente no nosso cotidiano.

Além disso, é um material versátil e fácil de manipular. São muitas as opções de objetos artesanais que podem ser feitos.

Então, vamos colocar as mãos à obra? Aqui daremos dicas de ideias para reciclar caixa de cereal fazendo lindos artesanatos.

Caderninho de Anotações Com Caixa Sucrilhos

A primeira ideia que daremos de artesanato feito com caixa de cereal é um lindo caderninho de anotações. Você precisará dos seguintes materiais:

  • Caixa de cereal
  • Tesoura
  • Cola em bastão
  • Folhas de papel A4
  • Botão
  • Papel colorido ou estampado

Para fazer o caderninho o primeiro passo é recortar a caixa de cereal, ela será a capa do caderninho. Na sequência costure o botão na capa.

Pegue algumas folhas de papel A4, dobre-as no meio e costure-as na caixa de cereal, para fazer a parte interna de seu caderno. Utilize o papel colorido ou estampado para decorar a capa.

E pronto, seu charmoso caderninho está preparado para receber suas anotações!

caderno com capa caixa cereal

Letras Para Decoração

Você pode fazer lindas letras decorativas com caixas de cereal. Vamos aprender? Abaixo indicaremos os materiais que você precisará:

  • Cola em bastão
  • Lápis número 2
  • Fita adesiva dupla face
  • Tesoura
  • Papel estampado ou colorido
  • Glitter
  • Caixa de cereal

Cole o papel colorido ou estampado na caixa de cereal. Depois desenhe com o lápis as letras que você deseja criar. Na sequência corte com a tesoura seguindo o contorno que você desenhou.

Decore as letras com o glitter. Cole a fita adesiva dupla face no painel ou na parede em que você deseja decorar, na sequência grude as letras na fita até fixá-las. E suas letras decorativas estão prontas!

leitas com papelao de caixa

Marcadores de Livros

Também é possível criar marcadores para seus livros. Você precisará de:

  • Cola em bastão
  • Tesoura
  • Papel estampado ou colorido
  • Caixa de cereal

Corte a caixa de cereal em um formato retangular que será seu marcador de livro. Em seguida, corte o papel decorativo do tamanho do marcador e cole-o no papelão.

Você também pode decorar seu marcador com adesivos, ou se preferir, desenhar nele ou pintá-lo. Só não se esqueça de deixar secar a tinta para não sujar as páginas de seus livros.

Marcadores de livros feitos com caixa de cereal

Tags

As tags são super modernas e ajudam na organização. Para fazê-las você vai precisar de:

  • Caixa de cereal
  • Papel decorado
  • Tesoura
  • Cola
  • Furador
  • Linha Twine

Primeiro você precisará cortar a caixa de cereal em formato de tag. Depois corte o papel decorado no mesmo formato e cole-o na tag feita com o papelão da caixa.

Na sequência fure a tag com o furador e passe e amarre a linha twine no furo. Sua tag está pronta para ser utilizada!

Tags feitas com caixa de cereal

Organizador de Gavetas

Outra ideia muito bacana é utilizar a caixa de cereal para criar um organizador de gavetas. Confira os materiais necessários:

  • Caixa de cereal
  • Tesoura
  • Papel decorado
  • Fita adesiva dupla face
  • Cola
  • Régua

O primeiro passo é colocar a caixa de cereal na gaveta e marcar a medição da altura limite dela. Depois, corte o excesso da caixa.

Pegue o papel decorado e faça o revestimento, utilizando a cola ou a fita adesiva dupla face. Você pode fazer quantos organizadores quiser. Suas gavetas ficarão bem mais arrumadas e será muito mais fácil encontrar seus itens e acessórios.

Organizadores de gavetas feitos com caixa de cereal matinal

Luminária

Você acredita que é possível fazer com caixa de cereal até mesmo uma belíssima luminária? Agora te ensinaremos como, veja os materiais necessários:

  • Caixa de cereal
  • Tesoura
  • Lâmpada
  • Furador
  • Papel decorado
  • Cola

Comece cortando a base da caixa. Em seguida, cole o papel decorado de sua preferência.

Pegue o furador e distribua furos na caixa inteira. É pelos furos que sairá a iluminação. Coloque a lâmpada por baixo da caixa e ligue-a. E pronto, você já pode iluminar seu ambiente com a luminária artesanal!

Luminária com pacote de cereal matinal

Organizador de Mesa

Outra ideia é fazer um organizador de mesa. Para isso você precisará de:

  • Caixa de cereal
  • Adesivos ou papel Contact
  • Tesoura

Primeiro corte a caixa de cereal do tamanho que achar ideal para guardar seus objetos. Na sequência cole os adesivos ou o papel Contact para decorar sua caixa. E assim, sua caixa organizadora que ficará em cima da mesa está pronta!

Organizador de mesa feito com caixa de sucrilhos

Caixa Para Presentes

A última ideia é criar uma caixa decorada para presentear quem você ama. Você precisará dos materiais abaixo:

  • Caixa de cereal
  • Fita de cetim
  • Tesoura
  • Furador
  • Cola
  • Papel decorado

Corte a parte superior da caixa. Na sequência, cole o papel decorado. Depois pegue o furador e faça furos na parte superior de uma forma que dê para passar a fita de cetim e fechar a caixa. Basta guardar o presente dentro dela, e pronto!

Caixa de Presente feita com caixa sucrilhos

 

Qual Ideia Você Mais Gostou? Comenta Aqui Embaixo:

 

 

Fonte das fotos:

  1. http://maniadedecoracao.com/2012/11/20/criando-em-casa-caderneta-feita-com-caixa-de-cereal/
  2. https://casa.abril.com.br/moveis-acessorios/faca-voce-mesmo-letras-decorativas-para-o-natal/
  3. https://br.pinterest.com/pin/156781630749541263/?lp=true
  4. http://www.euamocosturar.com.br/tags-para-o-seu-artesanato/
  5. https://www.casinhaarrumada.com/2015/06/como-fazer-organizadores-de-gavetas-com-caixas-de-cereal.html
  6. https://www.viajandonoape.com.br/2016/08/04/luminarias-criativas-faca-voce-mesmo/luminaria-caixa-de-cereais-ideias-luminarias/
  7. https://blog.elo7.com.br/casa/27-ideias-de-organizacao-de-home-office-e-escritorio.html
  8. http://www.painelcriativo.com.br/2014/11/03/reciclagem-como-fazer-sacolinha-de-presentes-para-o-natal/
dia da mamãe

5 Lindos Cartões Para Dia Das Mães

 

 

O Dia das Mães é uma das datas comemorativas mais especiais do ano. Sabemos que o dia das mães é todo dia. Porém, é justamente no segundo domingo de maio que reservamos a data para expressar todo o nosso amor por aquela que nos deu a vida.

Na maioria das vezes não conseguimos dizer verbalmente o que sentimos. E é aí que os cartões entram. Apesar de ser um dos meios mais antigos de expressão de sentimentos, ainda hoje é muito utilizado. Neste artigo mostraremos 5 ideias de cartões para o Dia das Mães que são bem fáceis de se fazer. Confira só!

1. Buquê De Flores Com Botão

Quer presentear a sua mãe com um lindo cartão cheio de originalidade e criatividade gastando bem pouco? Então, o cartão Buquê de flores com botão é o tipo certo para você. Você só vai precisar de uma garrafa pet, tinta colorida, papel, botões e cola.

O cartão buquê de flores é bem prático de se fazer. Primeiramente você deve pegar uma folha de papel branco. Neste caso, a cartolina seria a mais indicada, visto a sua resistência. Após, com a tinta na cor de sua preferência pinte o fundo da garrafa pet e imediatamente pressione sobre a folha. Logo irá formar uma flor.

cartao dia das maes de papel

Para formar o miolo da flor, basta que pegue o botão e cole no centro dela. Após recorte a flor em volta e cole em um cartão de sua preferência. E pronto! Seu cartão já está decorado e personalizado!

cartao para dias das maes completo

2. Cartão Flores De Bolas

Huuummm… Já sei! Ficou sem tempo para preparar algo mais elaborado para sua querida mãe e agora está aí sem saber o que fazer. Acertei?! Mas não se preocupe! Até para os dias mais corridos temos uma ideia incrível para você preparar um lindo cartão de última hora e cheio de originalidade.

Para este cartão você só vai precisar de cartolinas coloridas, tesoura e cola. Isso mesmo! Só três materiais. Confira só como é prático, simples e super rápido.

Depois que escolher as cartolinas de várias cores, pegue a tesoura e recorte as cartolinas em círculos. Como se fosse uma bola. Corte cada figura de um tamanho para ficar com mais “pétalas” e cole cada uma, da maior para menor.

recorte flor de papel

Para fazer o caule da flor, corte um retângulo da cartolina em tamanho de 10 cm de altura com 6 cm de largura e dobre como na imagem abaixo.

passo 2 do cartao

Após, cole a flor na parte superior do caule. Repita o mesmo procedimento com as outras flores e una os caules. Para colar você pode usar tanto a cola comum, durex ou grampeador.

cartao flor

Para fazer a base do cartão, corte um quadrado no tamanho que preferir e um outro menor para dar suporte as flores. Cole o menor no maior e escreva tudo aquilo que você não consegue expressar verbalmente.

cartao dia das maes de mesa feito com papel

3. Cartão Mãos de Coração

Este é sem dúvidas o mais prático de todos. Você vai precisar de apenas cartolina na cor de sua preferência e tesoura. Para fazer basta que dobre a folha ao meio e desenhe sua mão em uma das partes, com os dedos polegares e indicadores direcionados para a linha da dobra. Recorte todo o desenho de sua mão preservando os dedos indicadores e polegares, como mostra a imagem abaixo.

cartao maos em formato de coração

Depois do corte, desdobre a folha e terás um coração na forma de sua mão.

4. Cartão Mãos Com Poema

Essa é uma outra forma bem fofa de usar suas mãos na produção de um lindo cartão para o dia das mães. Aqui você deve pegar uma folha de papel em branco e “sujar” suas mãos com tinta na cor que você achar melhor. Logo assim que colocar a tinta nas mãos, deposite-as sobre o papel. Coloque uma mão de cada vez para formar uma espécie de coração.

Espere secar por um momento para evitar de borrar. Após escreva em volta do coração alguma frase que possa tocar o coração de sua mãe. Algumas pessoas escrevem: “Mesmo dez dedos não podem contar o quanto eu te amo do fundo do meu coração” Aqui você pode usar e abusar de sua criatividade com as palavras. Só tente ser breve para não desfigurar o desenho.

cartao feito com carimbo usando as mãos

5. Cartão Flores De Mãos

O cartão flores de mãos também é bem simples de se fazer. Você pode comprar a base de um cartão comum ou elaborar um com cartolina do seu próprio jeito.

Da mesma forma que os outros cartões de mãos, passe tinta sobre as suas mãos e as coloque sobre a capa do seu cartão. Capa esta que deverá ser neutra, sem nenhum detalhe. Para fazer o caule e as folhas você pode usar o hidrocor verde e desenha-los como de costume. Se preferir, você pode colocar algum acessório no centro do desenho. Ou seja, na palma da mão.

cartão com desenho de flor feita com as mãos para dar a mamãe

Agora já não precisa dar mais desculpas para sempre dar o mesmo cartão para sua mãe todos os anos. Como você pode observar todos eles são fáceis de fazer, não precisa gastar muito dinheiro e nem tampouco ocupar demais o seu tempo. Basta que você use sua criatividade e brinque com as cores (para deixar seu cartão mais bonito clique aqui e dê uma olhadinha nesse artigo sobre combinação de cores).

 

Qual a ideia você mais gostou? Comenta aqui embaixo:

 

Fonte Imagens:

  1. www.pxhere.com
  2. www.gluedtomycrafts.glogspor.com
  3. www.krokotak.com