Arte com Papel

equipamentos de costura e linha

Tudo o que Você Precisa Saber para Montar um Atelier de Costura

Compartilhe

Atenção artesão! Esse artigo de hoje é especial para você que já tem um cantinho aí na sua casa onde você desenvolve seu trabalho, mas sente que ele ainda não é lugar ideal. Ou mesmo para quem está querendo começar a trabalhar com costura, quer montar um atelier de costura, mas não sabe por onde começar.

Ter um atelier só para você é importante, pois além dele ser um lugar separado para deixar seu trabalho, é também um lugar onde você poderá receber seus clientes para provas de roupas, entre outras coisas.

Se você é um pequeno artesão, ou mesmo amante de costura, também é legal ter um cantinho em casa para você poder fazer trabalho sossegado.

Para quem começou em um cômodo dentro de casa e hoje deseja investir profissionalmente na carreira, a montagem de um atelier é um desafio e também a oportunidade de crescer profissionalmente.

Então se você quer saber o que é preciso para montar seu próprio atelier, continua lendo, pois eu tenho ótimas dicas para você hoje.

Escolhendo o lugar:

Pessoal, antes de mais nada, vocês precisam ter em mente que a escolha do local onde será seu atelier é muito importante e pode impactar na experiência que seu cliente vai ter.

Se você já tem uma clientela formada e sente necessidade de expandir e para isso deseja alugar uma loja, pense em lugares que não serão muito longe de sua residência (onde seus clientes já estão acostumados a ir) e que também sejam de fácil acesso, seja por carro ou transporte público (veja algumas dicas aqui).

Agora, para quem está começando e quer montar seu espaço em casa, o ideal é que seja um cômodo separado e que se você for receber algum cliente ele não precise passar por todos os cômodos até chegar até o seu cantinho da costura.

Com relação ao tamanho:

Foto: mcbw

O tamanho da sua loja ou do cômodo da sua casa vai depender do que você tem disponível e também do volume de produção que você tem. É claro que o espaço não deverá ser minúsculo, afinal de contas você precisará colocar os móveis e equipamentos.

Para quem está pensando em alugar um estabelecimento, o SEBRAE recomenda algo em torno de 50m2, já levando em consideração que você poderá expandir no futuro.

Que se faça a luz!

Minha gente, quem trabalha com costura sabe o quanto a luz é importante. Independentemente do tamanho do seu atelier, ele precisa ter bastante muita luz natural e artificial.

A luz é essencial para você ver se está costurando certo, principalmente com tecidos escuros. Janelas grandes e luzes LED são uma ótima pedida na hora de montar seu atelier.

O que não pode faltar:

Foto: weallsew

Bom, você já escolheu o espaço, já definiu seu mercado de trabalho e agora precisa montar a estrutura física do seu atelier.

Sendo uma loja, tende a passar um ar mais profissional para o cliente se você delimitar espaços, como uma recepção, com um balcão para colocar o computador, máquina de cartão e demais coisas de escritório e também um sofá ou poltronas para o cliente esperar o atendimento.

Além disso, é legal ter um espaço reservado para tirar as medidas dos clientes mais reservadamente, assim como a sala de costura e provadores(Veja essas dicas sobre provadores) quando os clientes vierem fazer as provas.

E é claro que você pode adaptar essa estrutura para a sua casa, você não vai precisar de balcão por exemplo, porém eu acho legal investir em poltronas confortáveis para receber possíveis clientes e até mesmo para você quando quiser dar uma relaxada.

Equipamentos:

Além dos móveis como mesas, cadeiras (que precisam ser confortáveis, especialmente para quem for passar horas costurando), armários, espelhos, araras, telefone, manequins, ar condicionado ou ventilador, o mais importante são os equipamentos de costura.

Dá uma olhada nesses equipamentos que serão de grande importância para o seu atelier:

Somado a tudo isso, também não poderá faltar uma boa variedade de aviamentos e linhas. É preciso que seu cliente tenha variedade na hora que for escolher o tecido ou a cor da peça que ele deseja.

Como dar nome ao atelier de costura:

O nome do seu atelier é mega importante, pois ele pode alavancar ou destruir seu negócio! É preciso que ele reflita você e seu empreendimento. No SEBRAE eles inclusive te ajudam a escolher um nome bem legal.

É interessante que o nome não seja muito longo e que seja algo fácil de lembrar. Junte familiares e amigos para que todos façam sugestões de nome, coloque em uma lista e faça uma votação até acharem o nome perfeito que combine com a sua proposta.

Também é essencial que você monte uma logo para sua loja. Você pode contratar um profissional de design para montá-la, ou então, usar alguns programas gratuitos que existem na internet para montar você mesmo (o Canva é um ótimo site para criar logos e é totalmente gratuito).

Ideias de Decoração:

Decorar um atelier de costura pode ser mais fácil do que se imagina. Você pode utilizar os próprios materiais que usará em seu dia a dia para montar a decoração.

Invista em móveis mais claros, até porque se por exemplo, você deixar a agulha em cima da mesa será mais fácil para encontrá-la em uma mesa de cor mais clara. Além do que se você tiver trabalhando com tecidos escuros vai ficar mais fácil para costurar.

Utilize nichos na parede para manter seus objetos organizados e de preferência ao seu alcance, para que você não precise ficar se deslocando pelo espaço toda vez que precisar de uma tesoura ou de uma linha.

Crie uma atmosfera tranquila e clara. Coloque algumas plantinhas para trazer a natureza para dentro do atelier e deixar o ambiente mais leve.

E por último, mas não menos importante, lembre-se que você trabalha com cores então super válido incorporá-las na sua decoração. Utilize os carretéis coloridos em um suporte na parede. Forre as cadeiras ou gavetas com tecido, enfim, deixe sua imaginação rolar solta.

Aqui embaixo separei algumas sugestões de decoração para você se inspirar:

Foto seasonedhomemaker
Foto seasonedhomemaker

Como organizar:

Foto seasonedhomemaker

O importante dentro do seu atelier de costura é que você mantenha tudo organizado. Lembre-se de que você estará trabalhando diariamente com um monte de tecidos, agulha e linhas, então organização é fundamental.

Mantenha estantes e gavetas setorizadas e categorizadas. Você pode comprar caixas organizadoras e colocar etiquetas para separar o que irá em cada caixa.

Se profissionalizando:

Para você que deseja abrir um atelier de costura, é possível ter seu registro como MEIMicroempreendedor Individual, assim você vai se tornar juridicamente uma empresa e com isso terá direito e benefícios.

Se cadastrando como MEI, você passará a ter um CNPJ, vai poder emitir nota fiscal, poderá abrir conta empresarial, terá apoio técnico do SEBRAE e passará a ter direitos e benefícios previdenciários. Tudo isso será possível pagando taxas mensais com baixo custo e que são valores fixos, assim não tem perigo de sustos no final do mês.

Além disso, é preciso que você fique atento às regras de seu município para abrir um espaço como esse. Te aconselho a procurar a prefeitura de sua cidade para se informar acerca disso.

Em todo caso, você também pode procurar um contador que tenha experiência em abrir empresas para organizar as questões legais de forma segura. Afinal de contas você não quer ter problemas depois que tudo estiver funcionando.

Defina o seu público alvo:

Também é importante que você defina qual tipo de mercado você quer investir. Pense se você se identifica mais com moda feminina, masculina, infantil, para noivas, enfim, existem vários nichos de mercado disponíveis e você precisa levar em conta qual público deseja atrair.

Além disso, você pode começar focando em um determinado grupo e depois ir expandindo e diversificando seus produtos e serviços, implantando conserto de roupas por exemplo.

Pessoal:

É impossível você cuidar de todas as funções de um atelier sozinho, então procure funcionários que possam te ajudar no atendimento e na produção.

Se você já percebeu que em algumas épocas do ano o movimento é melhor do que em outras, dá para contratar pessoas para te auxiliar na produção temporariamente, assim você consegue manter as entregas quando o volume for maior, como por exemplo no final do ano.

Mantenha controle de gastos, ganhos e materiais:

No Brasil, muito negócios acabam não indo para a frente por falta de planejamento e controle. Então, para você que está nesse processo de abrir o seu próprio atelier, coloca na sua cabeça que você precisar exatamente quanto de dinheiro está entrando e saindo do seu negócio, bem como seu estoque disponível.

No Microsoft Excel você consegue montar planilhas e depois só ir alterando a cada mês. Vai por mim, uma planilha bem feita faz com que todo o negócio flua melhor e que você controle todos os gastos e ganhos sem surpresas.

Sei que muita gente pode achar essa parte financeira mais trabalhosa, mas tenha em mente que ela existe para facilitar sua vida e não atrapalhar.

Bom pessoal, hoje vocês receberam dicas valiosas de como montar seu próprio atelier de costura, seja ele para quem está começando e quer trabalhar em casa, ou para quem já está no ramo e deseja alçar voos maiores.

Até a próxima!

Leitura recomendada:
Moldes letra
Como fazer desinfetante caseiro
Como colar tecido na parede (passo a passo)


Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

Deixe um comentário