Arte com Papapel

embrulhar artesanato para envio correios

Dicas para embalar artesanato corretamente

Dicas para embalar artesanato corretamente
5 (100%) 2 votes

 

No artesanato, como na parte final de todo e qualquer processo de compra, é o momento da entrega de seu produto. E para os clientes, é o momento mais aguardado, o de finalmente receber o item em sua casa, onde o mesmo tenha comprado em um espaço físico ou via internet.

Receber um artesanato quebrado, ou mesmo mal embalado, além de causar uma impressão extremamente negativa de seu trabalho, vai fazer com que o cliente provavelmente não volte em procurar seus trabalhos.

Para criar uma boa impressão, fazendo sua embalagem com carinho, surpreendendo seus clientes com aquele “quê” a mais, será um mimo que certamente fará ele se lembrar de você em compras futuras.

O primeiro contato físico com o seu trabalho, está na embalagem do seu produto, então você não poderá subestimá-la, pelo contrário! Todas as pessoas que trabalham com artesanato, inclusive quem vende criatividade e estética, normalmente lida com produtos frágeis, precisando de uma proteção correta para seu artesanato.
E nada melhor do que entregar uma embalagem segura e ao mesmo tempo, bonita para os seus clientes. Hoje daremos dicas para embalar artesanato corretamente, e você arrasar em suas entregas. Confira.

embalagem para artesanato

Embalagem interna

Opte por uma caixa de papelão, onde você entregará para os correios, e dentro você precisará fazer uma proteção para o seu produto, aproveitando o espaço para colocar sua marca própria e ainda humanizar o seu contato com seus clientes.

De jeito algum, você deverá deixar o produto solto dentro de uma embalagem. Como? Pode ser por meio de plástico bolha, algum tipo de saquinho e etc.

Se a encomenda conter mais de um item, a dica é embalar separadamente, um a um, e assim coloca-las em uma caixa forrada por dentro.

Para dar aquele famoso toque especial, agregando ainda mais valor para sua embalagem, borrife alguma essência em seus produtos, criando uma maior atmosfera de aconchego e acolhimento de seus produtos.

A essência deve ser escolhida corretamente, e utilizar a mesma sempre, criando um estilo de marketing olfativo com seus clientes. Utilizando sempre a mesma marca, porém, tendo o cuidado de não escolher por algo muito forte ou mesmo que possa causar manchas em seu artesanato.

Uma excelente ideia também, é adicionar um “mimo” aos seus clientes, que pode ser tanto um bilhete personalizado ou algum tipo de brinde, fazendo-se agradecido pelo cliente optar por seu trabalho, contando sobre como o produto foi feito artesanalmente, e com todo o carinho que o mesmo merece.

O contato com clientes já acaba sendo tão virtual, ou mecânico melhor dizendo, que ao humanizar o seu contato, você vai fazer a diferença no momento da experiencia de compra de seus consumidores. (Veja algumas ideias de embalagens neste outro artigo aqui.).

Embalagem externa

A embalagem externa não foge muito do comum, mas tome o cuidado de escolher uma caixa de papelão, que seja um pouco maior do que o tamanho do seu artesanato.
O ideal mesmo, é que ela não seja excessivamente maior, até porque os Correios efetuam suas cobranças pelo tamanho e peso de sua encomenda.

Os Correios efetuam a venda de diversos tamanhos de caixas, mas isso pode ser um gasto extra que você não queira arcar. Uma boa dica, é reutilizar caixas de papelão, fazendo você mesmo sua decoração, dando toques de sua personalidade à suas embalagens.

Você pode utilizar fitas adesivas coloridas, carimbos ou adesivos que citem sua marca. Mas fique atento as sugestões de embalagens dos Correios.

Tome o cuidado de embalar a caixa escolhida com papel pardo, vedando toda a embalagem com fita adesiva, e a dica é optar sempre pela transparente.
Carimbe o papel pardo, com o logo de sua marca, e coloque um toque a mais, mesmo que discreto, tendo somente o cuidado de não tampar informações como remetente, nome de entrega e endereço dos mesmos.

Para terminar

Não se esqueça de antes de enviar seus produtos, deixar bem claro para seus clientes, em quanto tempo ele poderá chegar até seu destino final. Uma boa dica, é não falar o tempo exato, deixando alguns dias a mais de “folga”.

Por exemplo, se você conseguir entregar seus produtos, em até 10 dias, fale que você irá entrega-lo em aproximadamente 15 dias. Dessa maneira, você poderá contar com algum tipo de imprevisto, que infelizmente as vezes acontece, e mesmo assim vai deixar seus clientes satisfeitos, quando fizer a entrega em somente 10 dias.

E para deixar o contato e o processo ainda mais cuidadoso, envie um e-mail após o recebimento do produto para seus clientes, agradeça por terem efetuado a compra, e aproveite para apresentar algum tipo de oferta, aguçando a vontade do mesmo comprar novamente.

A palavra de ordem, é tentar se manter o mais “próximo” de seus clientes, fazendo com que eles se sintam acolhidos e especiais. Essa é uma excelente característica de quem trabalha com artesanato, e você deve aproveitar dessa proximidade e qualidade, para conseguir vender cada vez mais.

Capriche na embalagem de seu artesanato, tendo o cuidado de fazer o processo cuidadosamente, e verá como terá diferença em seus resultados.

Quais outros cuidados você tem ao embalar seus artesanatos? Escreve um comentário abaixo e ajude outras pessoas 🙂

 

 

 

Fonte imagens

www.pixabay.com

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

6 comentários sobre “Dicas para embalar artesanato corretamente

Deixe um comentário