Como evitar lesões ao fazer artesanato

Como evitar lesões ao fazer artesanato

Como evitar lesões ao fazer artesanato
4.67 (93.33%) 3 votes

 

 

Você já sentiu aquela dorzinha no ombro ou aquele incômodo na mão? Pode até não parecer, mas para fazer artesanato é necessário emprego de esforço físico repetitivo nas mãos, pescoço, ombros, olhos etc…

É dai que nasce a LER (lesão por esforço repetitivo). A LER é uma síndrome resultante do uso exagerado do nosso corpo para fazer atividades repetitivas. Esses movimentos forçados e repetitivos causam micro traumas que podem ferir músculos, tendões, ligamentos, nervos e outras estruturas, o que resulta em inchaço e muita DOR! Acredita-se que esse inchaço atrapalhe o fluxo de sangue, na área afetada e nas áreas vizinhas, o que acaba dificultando a cura.

…Mas e se eu já tiver feito isso por muitos anos e já estiver acostumado?

A LER passa mutias vezes despercebida porque ela vai evoluindo de forma lenta e gradativa ao longo de toda a vida e quando é percebida já existe um comprometimento muito sério na área. Fique de olho!

Você sabe quais são os sintomas da LER ? Alguns deles são:

             ►Dor

             ►Rigidez;

             ►Dormência;

             ►Perda de sensibilidade;

             ►Limitação dos movimentos;

             ►Fadiga;

             ►Tensão no pescoço, ombro, mão, punho, cotovelo, costas etc.

Infelizmente, a maioria das pessoas não entendem o que é LER e o quão preocupante ela pode ser.

Por mais simples e inofensivo que pareça, todo trabalho de artesanato exige repetição de movimento. Imagine quantas vezes você repete o mesmo movimento ao costurar um boneco de pano ou ao fazer uma peça de crochet? Muitas vezes!

…E quando vamos fazer pequenas ou grandes encomendas a coisa piora! Já imaginou passar horas fazendo mais de 100 peças iguais?

É nessas horas que é importante saber trabalhar com a tecnologia, com a organização e com algumas outras estratégias que ajudem a reduzir o impacto desse trabalho na sua saúde.

…Mas a melhor arma contra a LER é a prevenção! Nesse artigo você vai encontrar 6 dicas, que você pode aplicar hoje mesmo, para evitar dores pro resto de sua vida.

 

#1 Faça pausas regulares

lesao-artesanato-pausas

Crédito foto: Martin Lopatka 

Quando eu faço um novo artesanato sempre fico ansioso para terminar uma peça, e muitas vezes fico várias horas me concentrando e esforçando para ver o resultado final. Provavelmente você faz isso também, mas é importante fazer pausas durante todo o processo.

Por que é importante? Eu quero terminar logo!

Essas paradinhas permitem que o seu corpo se recupere de todo esforço e movimento aplicado. Uma opção interessante é alternar entre trabalhar sentado e em pé ( para isso é bom ter uma mesa ajustável), mas o recomendado é que a cada hora você pare alguns minutos para descansar, andar, beber água etc.

 

#2 Mantenha sua postura

artesanato-postura

Crédito foto: Nathan O’Nions

Você já sentiu o braço cansado, o pescoço dolorido ou as mão formigando? Isso acontece devido a má postura e aos movimentos inadequados. Eles são muito comuns quando fazemos artesanato, principalmente porque estamos tão engajados e concentrados na nossa tarefa que esquecemos de prestar atenção na nossa postura.

Para evitar esse tipo de incômodo, que no futuro pode virar uma lesão, preste atenção na sua postura enquanto você faz  o seu artesanato e observe sempre  a posição do seu pulso, ele não deve estar dobrado. Na maioria dos movimentos o seu pulso deve estar reto e fazendo movimentos naturais.

Se depois de alguns minutos trabalhando, você não consegue mais  manter a postura, provavelmente você está precisando parar um pouco para relaxar e alongar.

 

#3 Faça alongamento

lesao-artesanato-alongamento

Crédito foto: Benjamin J. DeLong

Depois ou mesmo antes de várias horas de trabalho solte suas ferramentas, pare um pouco o seu trabalho e reserve alguns minutos para relaxar e alongar seus ombros, pescoço, braços, pernas e mãos. É importante também relaxar os olhos focando em um objeto distante (uma árvore, prédio, pássaro etc). Depois disso você pode voltar e continuar o seu artesanato muito mais relaxado.

Se você não conhece técnicas de alongamento aqui embaixo tem um video com algumas opções:

Para aqueles, como eu, que tem dificuldade em lembrar quando parar, você pode programar o alarme do seu celular para tocar ou usar um temporizador de cozinha.

 

timer-artesanato

 

#4 Não force demais

lesao-artesanato-força

Crédito foto: Toffehoff

Muitas vezes para agilizar o trabalho, cortamos manualmente várias folha, vários tecidos e vários papelões de uma vez só, mas essa força adicional que você aplica, para cortar tudo de uma única vez, acaba prejudicando você. Sempre coloque a sua saúde em primeiro lugar.

Outro hábito muito comum é ficar segurando uma ferramenta com muita força. Sempre segure com força o suficiente nem demais, nem de menos e lembre-se, depois de usar, relaxe as mãos. Por exemplo, se você estiver costurando um material resistente como o couro, relaxe a mão depois que a agulha passar por ele.

 

#5 Organize sua área de trabalho

lesao-artesanato-organizacao

Crédito foto: MadLab Manchester Digital Laboratory

A sua mesa de trabalho deve acomodar todas as ferramentas e matérias, que você precisa utilizar, a uma distância que você consiga alcançar facilmente ao esticar o seu braço.

area-trabalho-artesanato

Deixe as ferramentas que você usa, com mais frequência, próximos a sua mão, assim você evitar futuras lesões por não ter que se contorcer para pegar algo em uma prateleira alta ou se curvar para pegar algo dentro de uma gaveta.

Outro ponto a observar é se a sua mesa e o sua cadeira estão na altura correta. A altura da mesa deve ser de aproximadamente a altura do seu cotovelo quando você estiver sentado.

 

#6 Ajuste a iluminação

lesao-artesanato-iluminacaoCrédito foto: Dennis Jarvis

Mesmo que uma iluminação fraca possa estimular a criatividade a iluminação da sua área de trabalho deve ser clara o suficiente para você fazer o seu artesanato confortavelmente. No artesanato é comum forçar os olhos para ver pequenas peças e para fazer detalhes minuciosos, por causa disso certifique-se de que você tem iluminação clara o suficiente para fazer esse tipo de trabalho, mas não exagere porque uma luz muito forte pode acabar prejudicando. 

 Você já sentiu alguma dor ao fazer artesanato? Compartilhe a sua experiência aqui embaixo:

Conclusão

O trabalho repetitivo em si não causa doença o problema é quando ele está associado a uma má postura, aplicação de muita força e a um ambiente inadequado. Quando respeitamos o limite do nosso corpo, trabalhando da forma correta, dificilmente causaremos danos a nós mesmo.

 

CTA_comentario_artigo (2)

 

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

73 Responses to Como evitar lesões ao fazer artesanato

  1. lucila mara lobão da silva disse:

    que dicas maravilhosas. Mas vale para quem ja teve tendinite, ou é somente para prevenir, mas em todo o caso vou seguir as recomendações e fazer os exercícios do vídeo. A mei decobrir vocês

  2. Rosane disse:

    Muito bom. Gostei, Obrigada!!!

  3. Andréa Vital disse:

    Nossa amiga, sinto tantas dores no ombro. Costas, mão. VC nem imagina. É ruim pq o artesanato é meu ganha pão e não consigo deixar de fazer pq amo o que faço. Trabalho com pintura em tecido, croche e um pouco de trico. Mais agora com suas dicas vão me ajudar bastante, tenho certeza. Obrigada, bjks

    • Lucas A C disse:

      Oi Andréa, obrigado pelo comentário! Sse lembre de fazer sempre os exercícios.
      É bom vc verificar com um médico essa sua dor no ombro e mãos.

      Abraços e sucesso!

  4. Denise Ribeiro disse:

    Adorei as dicas!

  5. Edilene disse:

    Adorei as dicas! Sempre sinto dores na mão ao usar a tesoura e a postura também me deixa bem dolorida. Vou usar as dicas. Obrigada!

  6. Suzy Silva disse:

    Muito bom ! adorei ! Parabéns !

  7. Muito importante pra mim. Tenho sempre dormência nos braços e nas mãos quando pego pesado no trabalho e forço minha cervical. Às vezes também fico com dor de cabeça. Vou usar essas dicas. Obrigada.

  8. Inaura disse:

    obrigado pela atenção valeu as dicas.

  9. Joana Maria disse:

    Olá, bom dia.

    Maravilhoso este trabalho, bem montado e abrange vários itens que precisamos estar atentos. Eu fiz durante anos trabalhos de artesanato com teares manuais. Ensinei muito a graças os anos de pratica de Tai Chi Chuan pude aconselhar meus alunos mesmo assim quando passei a fazer e ensinar a arte do Fuxico experimentei o desconforto da dor no pulso de tanto corta tecido para a confecção do fuxico. Foi preciso um tratamento médico e hoje tudo que envolve o corte com tesoura faço de forma pausada, mais lenta. Agradeço muito a você por nos ajudar. Abraços. Joana Maria

  10. Sandra Guimarães disse:

    Infelizmente sinto todas essas dores e estou com o túneo do carpo…. e as dormensas não me abandonam, dor no pescoço e etc…. rsrss não sei como lidar com isso…..

  11. Obrigada pelas dicas . muito uteis .

  12. Eliane disse:

    Obrigada! Você sempre surpreendendo com suas dicas!

  13. Valeu Lucas pelas dicas, de fato sinto dores ao longo do pescoço e ombros. Vou passar a policiar minha postura. Um grande abraço.

  14. Elçiana L C Sotana disse:

    Muito boa sua materia , ja sinto dor no pescoço e ombro. Vou procurar prestar mais atenção e ficar atenta aos intervalos.
    Obrigado!

  15. Ginna Roberti N de Souza disse:

    MUITO BOA ESSA MATÉRIA, VCS NAO TEEM NOÇAO DE COMO AJUDARAM, MUITO OBRIGADA, BJUS

  16. beth peres disse:

    Amei as dicas! Parabéns e obrigada!
    Vai me ajudar muito, visto q ja estou com dor no ombro e não sabia porque…Ja marquei até um ortopedista, pois está me incomodando muito! Deve ser da má postura…
    Sucesso pra vocês!!!

  17. Boa dicas são sempre são bem vindas ,ótimas.

  18. Diones Conzati disse:

    obrigada pelos conselhos muito bom.

  19. Rosalina disse:

    valeu!!!!!!!!!!!! além de fazer artesanato, trabalho sentada, digitando, sinto muitas dores nos ombros. a dica foi ótima , obrigada!!!!!!!!!!!!

  20. Excelente artigo, como todos que vc elabora. Passei quase três anos sem poder costurar devido a uma sério problema na lombar, cheguei a entrevar duas vezes. Isso devido as horas intermináveis na máquina de costura e crochetando. Hoje já aprendi a pegar leve, fazer pausas e os alongamentos precisam ser incorporados no nosso dia-a-dia. Abraços

    • Lucas A C disse:

      Obrigado Cláudia, procuro sempre publicar conteúdo pra ajudar quem faz artesanato.

      Obrigado por compartilhar a sua experiência e pelo comentário. =)

      Abraços!

  21. maria gaio disse:

    voçes foram muito bem com este artigo gostei demais.Em fevereiro fez 1 ano que fiz a cirurgia da sindrme do tunel do carpo,justamente por esforço repetitivo,foi um ano que fiz muitas pulseiras.hoje faço meus artesanatos e faço estes exercicios que vcs indicão.Tenho medo que volte a sindromepor isto sou bem disciplinada .otimo artigo parabens;;;;;;;

    • Lucas A C disse:

      Que bom que você gostou, Maria.

      As vezes é difícil, mas temos que respeitar os nossos limites. Mesmo desacelerando um pouco as vezes temos que pisar no freio, mas é pro nosso bem. =)

      Abraços!

  22. Vilma disse:

    Ótimo vídeo, os exercícios são necessários para nossa saúde e nosso trabalho, Tenho Síndrome do Túnel do Carpo, alguns problemas na coluna, teria ajudado muito se tivesse corrigido postura e feito alongamentos.As dicas são importantes

  23. Glimanis Dias disse:

    Eu sou professora, então o movimento repetitivo é inevitável. Quando faço trabalhos artesanais, tenho que interromper muitas vezes por causa da dor, achei as dicas ótimas. Eu já tive até que fazer fisioterapia, Melhor prevenir do que remediar!

  24. ester dutra disse:

    obrigada por compartilhar tantas coisas importantes,q deixamos passar pela correria do dia dia.como disse na mensagem ,sempre com pressa de terminar logo o trabalho esquecemos de nos,mesmos.muito obrigada pelo alerta.

    • Lucas A C disse:

      Oi Ester,

      Realmente as vezes acabamos dando prioridade a outras coisas e esquecemos de nós mesmos. Temos que ficas de olho. =)
      Obrigado pelo comentário.

      Abraços!

  25. rosangela disse:

    É bom saber. Em algum momento já fiz todos os movimentos errados e já senti todos os sintomas.
    obrigada.

  26. Neuli Cota disse:

    o brigado pela mensagem

  27. kyacrudo disse:

    Obrigada elas dicas,são bastantes úteis! abraços

  28. Nossa! estas Dicas são muito importantes para nós Artesãs e que nos ajudará e à não se ferir ( ter desgastes ), em nosso corpo no futuro; e sendo assim seremos mais Felizes em poder continuar a fazer coisas Lindas. Amo Artesanato!.

  29. Fátima Zuba disse:

    Agradeço pelas dicas! Colocarei em prática.

  30. Luciene disse:

    Ótimo texto. A saúde em primeiro lugar, afinal, de que adiantaria realizar um trabalho que amamos se isso no futuro estaria nos impossibilitando de continuar? Quem já teve dores por esforço repetitivo sabe que quando elas se instalam o tratamento é demorado e doloroso. É preciso observar o corpo e tomar as providências logo no início. Às vezes bastam mudanças pequenas como ajustar a altura de uma cadeira, fazer pequenas paradas e alongamento, usar o instrumento adequado ou mudar o jeito de pegá-los.

  31. Marillac Melo disse:

    Muito proveitoso! Sempre é bom renovar numa leitura como essa o que já sabemos. O artesanato é mesmo tão envolvente que esquecemos de conservar a máquina humana fazendo manutenção para prevenir maiores danos. Obg pelas dicas.

  32. Dicas muito importante, para que não fiquemos doentes, eu sei o qto é triste ficar sem fazer artesanoto, passei um ano sem poder pegar numa agulha por conta de “tendinite” e de quebra “ombro congelado” e foram os dois lados ao mesmo tempo. Meninas se cuidem e levem a sério estes conselhos pq hj eu sei o qto é importante fazer alongamento. Abraços Lucas

    • Lucas A C disse:

      Oi Angela,

      Deve ter sido realmente um momento muito difícil, mas obrigado por compartilhar essa sua experiência, sei que vai ajudar muita gente a perceber seriedade do assunto.

      Abraços!

  33. lucia disse:

    EXCELENTES DICAS! OBRIGADA MESMO!

  34. Noemi Munhoz disse:

    obrigada gostei muito pelos suas dicas e cuidados com o proximo bjão

  35. Erissandra Pinheiro disse:

    Obrigada ,Pela dica esses passos eu já sabia tudo meu e adaptado conforme minhas possibilidades,e quando uma encomenda grande faço por partes ,Por isso o tempo de entrega e maior ,por que sou uma pessoa limitada.

  36. maria ana disse:

    obg pela dica (deolho)

Deixe Um Comentario

[icegram campaigns="2713"]
  • Encadernacao-album-artesanato

O Que Dizem Alguns dos Nossos Clientes:

Aprenda Tudo Sobre Encadernação Artesanal 

Conheça o Livro "O Passo a Passo da Encadernação Artesanal" e aprenda todos os segredos.
Quero Saber Mais
Aprenda Como Cálcular Preço de Artesanato
Saiba Mais Aqui