Como combinar cores no artesanato

Como combinar cores no artesanato

Como combinar cores no artesanato
5 (100%) 1 vote

 

cores-no-artesanato-como-usar

 

As cores presentes em peças artesanais fazem toda a diferença para o apreciador, mesmo que este não perceba. São graças a elas que as obras artesanais são capazes de transmitir sua delicadeza ou ferocidade de maneira mais singela.

Quando as cores são escolhidas e aplicadas de maneira harmônica, estas têm a capacidade de deixar as peças trabalhadas manualmente mais bonitas e podem agregar mais valor a este material, sendo assim, de vital importância para o resultado final.

Porém, a criação de uma paleta de cores pode não ser fácil para muitas pessoas e, por isso, existe a teoria das cores, que é uma forma mais simples para trabalhar a distribuição dos tons. Essa teoria serve para diferentes formas de artesanato, desde pinturas em porcelanas até contas para bijuterias.

Apesar disso, muitos artistas não sabem trabalhar com as combinações perfeitas de cores, e isso afeta diretamente na qualidade da sua obra. Se você tem dúvidas sobre como trabalhar a harmonia perfeita dos tons, acompanhe as dicas nesse artigo para aplicar no seu artesanato de forma eficaz e bonita.

 

#A teoria das cores

 
O que é?
 
A teoria das cores é o resultado de vários estudos relacionados à luz em contato com os diferentes tons. Este sistema procura organizar todo esse estudo para tornar mais fácil trabalhar com a escolha de cores.
 
O estudo da difração consistia, antigamente, na decomposição da luz solar em várias cores. Essas cores foram, então, trabalhadas de melhor forma como um espectro.
Esse espectro é formado, respectivamente, pelas cores laranja, amarelo, verde, azul, anil, violeta e vermelho, que são as que compõem o arco íris.

Cores no artesanato

O círculo cromático.
 
O círculo cromático, que é o espectro apresentado anteriormente, contém os 12 tons que cada uma dessas cores pode apresentar inicialmente. O círculo nos ajuda a visualizar as cores primárias, secundárias e terciárias, como se pode perceber.

 

  •  Cores primárias: São as cores puras, como o vermelho e o azul e o amarelo.
  • Cores secundárias: As cores secundárias são à união dessas cores primárias, como o laranja (amarelo e vermelho) e o verde (Amarelo e azul).
  • Cores terciárias: As terciárias, seguindo o exemplo das outras combinações de cores, é a mistura das cores secundárias com primárias. Por exemplo, a cor vermelho-arroxeado e o amarelo verde.

 

Preto e branco.
 
As cores preto e branco, apesar de não estarem visivelmente expostas no círculo monocromático, ambas fazem parte dele. A cor branca é uma reflexão total das setes cores, ou seja, é a luz pura. O preto é a ausência total dessa luz, já que estas não serão refletidas e sim, absorvidas.

 

#Como usar a teoria das cores no seu artesanato

 
A teoria das cores é a melhor forma para criar uma boa combinação de cores e aplica-las em diferentes peças artesanais. Com esse método e um pouco de criatividade, é possível transmitir, através dessas combinações, diversos sentimentos que o próprio artista deseja que o observador da peça sinta.
 
Seguindo algumas regras de combinações do círculo cromático, fica mais fácil provocar inspirações, reações fisiológicas e mudança no estado de espírito.

 

 

  • Cores acromáticas: As cores acromáticas são geralmente utilizadas com o intuito de transmitir calma e discrição. São as que possuem tons pasteis, como o cinza, marfim, bege e o preto.
  • Tríade: A combinação tríade é quando são escolhidas três cores distintas do círculo cromático. O método utilizado para escolher as cores ideais é através de um triângulo “imaginário” dentro do círculo. Por exemplo, se você quiser usar este método, e a cor que não pode faltar no seu artesanato é o azul, então as outras duas cores que deverão ser escolhidas serão o amarelo e o rosa.

 

nas cores triadicas o amarelo rosa e azul combinam

  •  Cores análogas: As cores análogas são as que estão uma do lado da outra no círculo. Dão uma impressão de decomposição da cor, quando utilizadas no artesanato e, por isso, parecem bastante alegante

 

cores como o laranja e amarelo são analogas

  • Cores complementares: As cores complementares são encontradas, no círculo cromático, sempre opostas umas às outras. Esse método é utilizado para criar maior contraste na combinação de cores que serão adicionadas ao artesanato. Neste caso, quando se quer dar destaque a alguma cor, é necessário usar sua cor oposta.

o vermelho e verde são complementares

  • Cores complementares decompostas: Esta segue o mesmo raciocínio das cores complementares, pois também tem o intuito de fazer um contraste. Mas, nesse caso, são utilizando três cores para isso.

o laranja, roxo e verde são complementares decomposto

Com as técnicas apresentadas, já será possível trabalhar de maneira mais objetiva e com melhor resultado na escolha das cores que deverão fazer parte das peças artesanais.

 

#Temperatura das cores

O conceito de “temperatura das cores” afirma que as cores podem ser separadas em duas temperaturas: quentes e frias.
 
As cores quentes são as que podem ser associadas ao fogo, que no caso são as cores vermelho, amarelo e laranjas. E as frias são as associadas à água, como o azul, violeta e verde.
 
As cores quentes e frias também serão separadas dentro de suas características quando se tornarem terciárias, como o vermelho-alaranjado, por exemplo.
 
Representação das cores.
 
Essas denominações influenciam, inclusive, nas representações das cores. Veja respectivamente a representação de cada uma delas, para que seja mais eficiente a influencia e sentimento que deseja transmitir através das obras artesanais.

 

  • Vermelho: Está relacionada a sentimentos intensos, representa ação, raiva, paixão e rebeldia.
  • Amarelo: Criatividade, otimismo e felicidade.
  • Laranja: Vitalidade e energia.
  • Roxo: Nobreza, mistério e magia.
  • Azul: Inteligência, paz e pureza.
  • Verde: Frescor e renascimento.

 

#Característica das cores

 

Além de todas essas técnicas e estudos relacionados a melhor maneira de utilizar as cores e o que cada uma pode transmitir, existem algumas curiosidades interessantes que devem ser levadas em consideração.

 

As três importantes características das cores são:

 

  • Matiz: O matiz é o que define a tonalidade das cores. Como o amarelo e o roxo, não importando se estas são primárias secundárias ou terciárias.
  • Tom: O tom é a quantidade de luz que está presente em cada cor, quanto mais luz esta cor refletir, mais clara essa tonalidade será. Como no caso do preto e branco.
  • Intensidade: A intensidade se refere ao brilho presente na cor, isto é, se é uma cor forte ou baixa. A cor amarela, por exemplo, apresenta uma forte tonalidade, devido ao seu alto brilho Diferente da cor marrom, que é bastante opaca.

 

 Quer aprender mais sobre o uso das cores, textura e mais dicas sobre artesanato? Confira o nosso E-book abaixo disponível na Amazon (Clique Aqui)
 
guia-completo-do-artesanato

 

Gostou do Artigo? Deixa um comentário Abaixo:

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

6 Responses to Como combinar cores no artesanato

  1. Adorei o artigo Lucas, vou salvá-lo para pesquisas futuras. Parabens!

  2. Ana Denise disse:

    Adorei o artigo, muito didático e útil! Parabéns mais uma vez, Lucas!!! Abraço.

  3. Josinaldo Castro do Nascimento disse:

    gostei muito da dica, vai servi para os meus trabalhos futuros.

Deixe um comentario

[icegram campaigns="2713"]
  • Encadernacao-album-artesanato

O Que Dizem Alguns dos Nossos Clientes:

Aprenda Tudo Sobre Encadernação Artesanal 

Conheça o Livro "O Passo a Passo da Encadernação Artesanal" e aprenda todos os segredos.
Quero Saber Mais
Aprenda Como Cálcular Preço de Artesanato
Saiba Mais Aqui
Paste your AdWords Remarketing code here