Arte com Papapel

mesa com materiais para aula de artesanato

7 Dicas Para Quem Deseja dar Aulas de Artesanato

7 Dicas Para Quem Deseja dar Aulas de Artesanato
5 (100%) 1 vote

 

 

Por meio da arte as pessoas expressam seus sentimentos e emoções mais profundos. É uma forma de relacionamento entre pessoas. Assim, no caso do artesanato, esse contato pode ser feito através de exposições e vendas ou através de ministrações de aulas.

Infelizmente não é todo mundo que possui essa sensibilidade e talento para passar adiante. Mas se você possui esse dom e não está mais aguentando guarda-lo com você e deseja transmiti-lo ao mundo, confira só essas 7 dicas para dar aulas de artesanato.

#Dica 1: Domine a Técnica Que Você Deseja Ensinar

É praticamente impossível dar aulas de algo sem ter o mínimo de conhecimento sobre o que se quer ensinar. Com o artesanato não é diferente. Você deve analisar o que sabe e só então pensar em lecionar. Descubra qual é a técnica em que você se sai melhor e especialize-se nisso. Até porque se você não conhecer muito bem o assunto, de alguma forma seus alunos saberão. E imagina só que chato perder os alunos por não dominar a própria área?!

#Dica 2: Aposte nas Apostilas de Artesanato

Por não ser obrigatório o uso de apostilas, vai a critério do professor. Alguns gostam de utilizar por acharem uma ferramenta eficaz de aprendizagem. Outras já nem tanto e preferem mais a prática a anotações. No entanto, independente das preferências, estudos comprovam que fazer alguns registros durante a aula podem ser benéficos para absorção do conteúdo.

Com isso, você pode até não instituir a utilização de apostilas como regra em suas aulas. Mas seria interessante se você orientasse seus aprendizes a levar algum material para fazer alguns registros do que está sendo dito. Como a maioria das pessoas não conseguem absorver tudo o que um professor diz, as anotações podem ser fundamentais para dar continuidade dos estudos em casa.

#Dica 3: Se Comunique de Forma Didática

Se seus alunos forem iniciantes no mundo do artesanato, você deve ter em mente que eles vão precisar de uma explicação bem clara. Procure passar o conteúdo de forma mais didática possível. Faça comparações, gesticule durante as aulas, pratique junto,… Torne o ambiente mais descontraído. Busque sempre novas formas de ensino para que as técnicas sejam bem compreendidas por eles.

Mas não abra mão de termos técnicos. Os aprendizes precisam se habituar a linguagem própria do artesanato. Independente do motivo de cada aluno, o seu objetivo deve ser o de formar artesãos profissionais e não apenas curiosos com um mero conhecimento sobre o assunto. Eles precisam fazer a diferença no mercado e demonstrar que foram muito bem ensinados por um profissional.

#Dica 4: Escolha um Bom Lugar para Ministrar as Aulas de Artesanato

Você pode escolher uma loja, casa ou ateliê para ministrar suas aulas. Mas a atenção deve ser redobrada quanto à estrutura do ambiente. A iluminação deve ser adequada para visualização do que está sendo feito. Arejado para que seus alunos fiquem confortáveis. E aconchegantes para estimular a criatividade deles. A instalação de um banheiro também se faz necessário.

#Dica 5: Saiba Lucrar

Há quem pense que dar aulas de artesanato não gera um bom lucro. Mas estão completamente enganados. A partir do momento que você domina bem o assunto, explica de forma clara em um bom ambiente, suas aulas terão um sucesso incrível. Mas para isso você deve também conquistar os alunos.

Um professor não é só alguém que transmite o que sabe. Ele deve se tornar um amigo do seu aluno. É claro que cada um possui suas especificidades. Portanto, você tem que se atentar para o perfil de cada um. E só então, depois de possuir a permissão para se aproximar, mantenha certo nível de amizade e preocupação. Isso ajuda a estreitar os laços e construir uma boa reputação.

Dessa forma, o dinheiro será uma consequência prazerosa do seu trabalho. Dinheiro este que, poderá ir além de uma renda extra e tornar a renda principal de sua casa. Mas saiba que para chegar a esse nível, é preciso muita dedicação e amor pelo seu trabalho.

#Dica 6: Avalie o Preço que Deseja Cobrar

Geralmente os artesãos cobram em média um valor entre R$50,00 e R$150,00 em cada aula de 3 a 4 horas. Porém, esse preço varia muito de região para região e se o material está incluso ou não. Normalmente em lojas as aulas costumam ser um pouco mais baratas. No entanto, os alunos ficam totalmente influenciados a comprar o material. Por isso, avalie muito bem toda sua estrutura para cobrar de forma justa e evitar possíveis constrangimentos aos alunos.

#Dica 7: Pode Valorizar os Certificados mas Priorize o Conhecimento

Como são cursos livres, não há nenhuma exigência para o professor ter e emitir certificado. O que importa e o que vai valer para o exercício eficiente do aluno são a experiência e habilidade do instrutor. Mas é importante que você sempre busque novas informações e técnicas dentro de sua área.

Também não há problema algum em fazer uso de diplomas. Alguns artesãos utilizam esse documento quando promovem exposições ou ministram algum curso com temas específicos. Nesses casos, basta inserir o tema da exposição ou curso, nome do aluno, duração e assinatura do professor.

Não há nenhum mistério em dar aulas de artesanato. Seguindo essas dicas e incrementando com uma bela divulgação, suas aulas serão as mais badaladas de sua cidade. E aí, bora começar?!

Arte Com Papel: Acreditamos Que Com Arte o Mundo Pode Ficar Ainda Melhor. Por Isso Compartilhamos Ideias Simples Que Podem Ser Feitas Em Sua Casa.

22 comentários sobre “7 Dicas Para Quem Deseja dar Aulas de Artesanato

  1. Muito bom!
    Prático, rápido, e eficiente.
    Sem rodeios.
    Sou artesã, conheço várias técnicas.
    E recebi uma proposta para dar aulas, mas nunca dei aulas e não fazia a menor ideia de como começar e quanto é como cobrar.
    Sempre ensinei sem cobrar nada.
    Mas agora já sei como proceder.
    Obrigada pelas dicas foi de grande valia.

  2. ola Lucas , eu já sou instrutor técnico em uma área,na construção cível, junto a ODEBRECHT e SENAI, mas este mercado por enquanto esta desativado , mas eu sou artesão autônomo na área de reciclagem de garrafas de vidro , madeiras, cerâmica, e artes plásticas (telas) e estou aberto au mercado de trabalho para o ensino a esta área do artesanato..

  3. oi lucas queria como forma de renda, Sou professora de artes na rede estadual do rs. e com bem sabe, recebemos o nosso salario parcelado, sou formada em artes visuais, mas dar aulas particulares ainda não. Minhas aulas são pinturas em madeiras, todos os tipos com decoupage, colagem. gostaria alem destas dicas como se faz para postar na internet, e se tem que pagar algo para isto. sei que se ganha algum dinheiro também. adorei as dicas.

  4. OBRIGADO PELA DICA MUITO PRODUTIVO, PARABÉNS PELAS INFORMAÇÕES, SOU AUTODIDATA, SEI ALGUMAS TECNICAS, APRENDO FACÍL, NÃO TENHO NENHUM CURSO, MAS MEUS TRABALHO SÃO SHOW!

Deixe um comentário